Assim como ocorre com todas as profissões regulamentadas no Canadá, cada província possui uma série de requisitos que devem ser atendidos para que o profissional possa se qualificar para obter a licença. Nosso objetivo com essa nova série é informar alguns desses requisitos, para oferecer uma ideia geral sobre como se dá a prática profissional.

A Immi Canada aconselha você a buscar as informações completas a respeito do processo de registro na província onde pretende atuar diretamente com o órgão regulador, através dos links que sempre oferecemos ao final do post!

 

O site Architecture Canada oferece informações muito valiosas para quem está pensando em seguir (ou continuar) uma carreira na profissão de Arquitetura no Canadá.

A Canadian Architectural Certification Board oferece um serviço conhecido como Academic Certification, que é o primeiro passo para ser um arquiteto licenciado no Canadá. Através desse passo, é possível ter o seu histórico acadêmico avaliado e comparados aos padrões canadenses. No caso de aplicantes estrangeiros, existem duas categorias mais prováveis nas quais os aplicantes possam se encaixar para obterem a avaliação de suas credenciais. A primeira delas diz respeito a um Accredited Professional Program, no caso de o candidato ter estudado em uma universidade canadense reconhecida pela CACB, Canadian Architectural Certification Board, ou pela NAAB, National Architectural Accrediting Board. A segunda categoria é para um Professional Program Not Accredited by CACB, ou seja, é o caso de candidatos que obtiveram a sua educação fora do Canadá.

No site da CACB é possível encontrar todos os formulários para aplicação, assim como as taxas que devem ser pagas para cada categoria de avaliação .

Para quem tem interesse em saber mais informações, é possível encontrar um livreto em PDF cominformações detalhadas aqui.

arquitetura2

Colúmbia Britânica

Na Colúmbia Britânica, o órgão regulador para a profissão de Arquitetura é o Architectural Institute of British Columbia (AIBC).

Existem três grandes categorias sob as quais é possível se obter uma licença para atuação nessa profissão na Colúmbia Britânica:

  • Arquitetos,
  • Associados, e
  • Licenças temporárias

Vamos falar um pouco sobre cada uma delas, e também sobre os requisitos para admissão.

Architects

Existem quatro principais possibilidades para se tornar um arquiteto registrado na Colúmbia Britânica. A primeira delas é completar um programa de prática profissional conhecido como Internship in Architecture, ou IAP. Esse programa é conhecido como o “ramo doméstico” para o registro como um arquiteto no Canadá, ou seja, é reservado àqueles profissionais que obtiveram sua educação no Canadá. Essa informação pode ser de grande valia caso você esteja pensando em deixar para fazer a sua graduação em Arquitetura aqui no Canadá.

O site do IAP oferece um road map necessário para se tornar um arquiteto registrado junto à AIBC. É importante notar que, assim como acontece com todas as profissões regulamentadas, o candidado só pode ser considerado um aplicante completo para o recebimento de sua licença após comprovar certas horas de trabalho. Neste caso, a quantidade exigida é de 3.720 horas de experiência, que idealmente podem ser divididas em 1 ano e meio de trabalho.

No caso dos candidatos que já possuem educação em Arquitetura e experiência de trabalho, mas fora no Canadá, existe um programa de certificação chamado de Broadly Experienced Foreign Architects (BEFA) Program, para que estes profissionais se tornem licenciados também no Canadá. Esse programa tem como objetivo avaliar as credenciais e a experiência dos arquitetos educados em outros países, comparando essas qualificações aos padrões que são aceitos pelos profissionais da mesma categoria no Canadá. O órgão responsável por este programa é a a Canadian Architectural Certification Board. Para ser elegível, o candidato deve ter praticado como arquiteto regulamentado em uma jurisdição estrangeira, possuindo no mínimo 7 anos comprovados de experiência após a obtenção dessa licença no país de origem. Essa experiência deve estar contida dentro dos últimos 10 anos. Além disso, é preciso obter no mínimo 6 meses de experiência canadense relevante em Arquitetura, sendo que essa experiência deve ter sido conquistada dentro dos 3 anos que precedem a entrevista de avaliação do programa.

A segunda das quatro possibilidades mencionadas ali em cima é a conclusão de Alternate Qualifications Programs, como o BEFA, do qual já falamos. A terceira e a quarta possibilidades são reservadas a arquitetos canadenses atuantes em outras províncias ou a arquitetos dos EUA.

Associates

O conselho da AIBC pode admitir associados, que são profissionais que se adequam às categorias deIntern Architect, ou estagiário em Arquitetura, Arquitectural Technologist, ou tecnólogo em Arquitetura, e Retired Architect, ou arquiteto aposentado. Você pode saber mais sobre cada uma dessas categorias, assim como encontrar os formulários de aplicação, acessando os links sobre os títulos das categorias.

Temporary Licences

Licenças temporárias podem ser concedidas a arquitetos que são licenciados em outra jurisdição – outra província ou outro país – mas que não são ainda registrados na Colúmbia Britânica. É importante notar que essa licença tem caráter temporário, e mais detalhes e informações podem ser encontrados neste documento em PDF, disponibilizado pela AIBC.

 

Alberta

The Aberta Association of Architects, também conhecida como AAA, é o órgão regulador que é responsável pela concessão da licença profissional para arquitetos e designers de interiores em Alberta. Assim como ocorre com todas as profissões regulamentadas, o título de “arquiteto” e “designer de interiores” é reservado somente aos profissionais que possuem essa licença.

Em Alberta, existem nada menos do que 9 categorias dentro das quais é possível obter uma licença, sendo que as duas principais seriam Registered Architect e Licensed Interior Designer. Vamos falar brevemente sobre cada uma delas, mas você pode encontrar o texto completo aqui:

  • Registered Architect: é o profissional que pratica a Arquitetura em seus conceitos mais amplos.
  • Licensed Interior Designer: é o profissional que pratica Design de Interiores, que aqui é compreendido como uma seção dentro da profissão de Arquitetura, e, como tal, apresenta certas limitações quando comparado à licença acima.
  • Intern Architect: o estagiário em arquitetura deve possuir uma graduação na área.
  • Intern Interior Designer: o estagiário em Design de Interiores deve possuir um diploma na área, que seja recohecido pelo órgão CIDA/FIDER.
  • Restricted Practitioner: o praticante restrito é um profissional da engenharia que, por razões históricas, possui o direito de praticar certas modalidades da profissão de Arquitetura. Essa categoria, porém, estava disponível apenas para profissionais que aplicaram anteriormente a 1982.
  • Student Member: para estudantes de Arquitetura ou Design de Interiores, matriculados em um curso reconhecido pelo conselho da AAA.
  • Retired Member: o membro aposentado pode ser tanto um arquiteto quanto um designer de interiores.
  • Honorary Member: o conselho da AAA pode eleger um profissional que tenha se destacado em sua carreira em Arquitetura para ser um membro honorário.
  • Life Member: esta última categoria diz respeito aos arquitetos ou designers de interiores que praticaram a profissão com distinção e contribuíram para o avanço da profissão.

Para arquitetos treinados em território internacional (ou seja, qualquer país que não seja o Canadá), como é o caso da grande maioria das pessoas que leem a nossa série, a AAA informa sobre um programa chamado The Broadly Experienced Foreign Architects (BEFA), para que estes profissionais se tornem licenciados também no Canadá. Esse programa tem como objetivo avaliar as credenciais e a experiência dos arquitetos educados em outros países, comparando essas qualificações aos padrões que são aceitos pelos profissionais da mesma categoria no Canadá.

Como falamos anteriormente, a Canadian Architectural Certification Board é o órgão que oferece esse programa. Lembramos que são necessários no mínimo 7 anos comprovados de experiência profissional, sendo que deve estar contida dentro dos últimos 10 anos. Também lembramos da necessidade de se obter no mínimo 6 meses de experiência canadense relevante em Arquitetura, sendo que essa experiência deve ter sido conquistada dentro dos 3 anos que precedem a entrevista de avaliação do programa.

De acordo com a AAA, caso o candidato estrangeiro não possua todos os requisitos para se tornar um membro do Broadly Experienced Foreign Architects, será necessário realizar o registro como um membro proveniente de escolas canadenses. A lista de escolas de arquitetura pode ser encontrada aqui.

Em suma, para ser elegível para se registrar como Intern Arquitect, ou Intern Interior Designer, é preciso primeiro possui um diploma nessas áreas, e depois receber a certficação de suas qualificações acadêmicas pela Canadian Architectural Certification Board.

Para Intern Architects, será preciso possuir 2 anos de experiência de trabalho, o mesmo para Intern Interior Designer, e cada categoria possui requisitos adicionais, que podem ser encontrados seguindo os links a seguir:

 

Ontário

Em Ontário, a Ontario Association of Architects, ou OAA é o órgão regulador para a profissão de Arquitetura.

De acordo com a OAA, atualmente existem 3.528 arquitetos, 78 tecnólogos licenciados em Arquitetura, 1.366 estagiários em arquitetura, 276 estudantes associados, somando um total de mais de 5.200 profissionais na província. Além disso, existem 1.661 empresas de arquitetura em Ontário, podendo ser grandes empresas ou proprietorships, algo correspondente ao micro-empreendedor individual no Brasil.

A OAA oferece informações específicas para profissionais treinados fora do Canadá, no que diz respeito à regulamentação e à necessidade de requisitos adicionais, como cursos e experiência profissional canadense.

Segundo a OAA, uma média de 40% dos arquitetos atuantes na província vem de outros países. Para a obtenção da licença, tudo começa com o IAP, do qual já falamos anteriormente. O que muda aqui são osrequisitos específicos para a província de Ontário. Dentre esses requisitos, e no caso de aplicantes treinados fora do Canadá, podemos destacar o tempo de experiência necessário na província, que é de 940 horas, que devem ser obtidas dentro dos 3 anos imediatamente anteriores à data de aplicação para a licença, sendo que, as horas necessárias segundo o IAP correspondem a um total de 3.720 horas de trabalho. A experiência deve ser comprovada, e deve ser sob um mentor, ou seja, um profissional já licenciado para a atuação na província.

O OAA Admission Course é obrigatório para a licença de atuação nesta província, na categoria de estagiário, ou Intern. O objetivo do curso é apresentar os padrões canadenses e provinciais para a prática da profissão de Arquitetura, assim como apresentar requerimentos de profissionalismo, tópicos e assuntos atuais na profissão, e possíveis problemas decorrentes da prática.

A OAA também oferece em seu site uma seção especialmente dedicada aos Intern Architects, que conta com informações sobre educação, trabalho, e mentorship.

É possível encontrar as taxas necessárias para o registro e sua manutenção aqui.

arquitetura1

Manitoba

Na província de Manitoba, o órgão responsável pela regulamentação da profissão de Arquitetura é aManitoba Association of Architects.

Nesta província, existem sete categorias possíveis para a obtenção da licença, sendo elas:

  • Registered Member
  • Registered Member (Retired)
  • Life Member
  • Associate Member
  • Intern Member
  • Student Member
  • Honorary Member

É também possível obter uma licença temporária, assim como funciona para a Colúmbia Britânica.

A primeira categoria, Registered Members, possui três requisitos principais para novos aplicantes: prova de conclusão de educação, experiência e exames requeridos, uma declaração legal de possuir o conhecimento necessário dos documentos que governam a prática da Arquitetura em Manitoba, e prova de bom caráter profissional.

No caso de novos aplicantes, é preciso, assim como para todas as províncias, fornecer uma série de documentos, assim como cartas de referência de 3 profissionais qualificados. Você pode encontrar a lista completa das exigências aqui.

A categoria de Retired Members é, logicamente, destinada a profissionais aposentados, e a categoria de Life Members é destinada àqueles profissionais que, já aposentados, praticaram a profissão, durante a sua carreira, com distinção, contribuindo para o avanço da mesma.

Associate Members é uma categoria destinada a profissionais que são qualificados para a categoria de Registered Members ou para a categoria de Intern Members, mas que optaram por não participar de tais categorias.

Intern Members são candidatos graduados que estão qualificados para passar pelo Intern Program, também conhecido com IAP, do qual falamos no início do texto, e Student Members são aqueles candidatos que estão atualmente matriculados em uma escola de arquitetura reconhecida pela associação.

Honorary Members, por sua vez, são aqueles profissionais que são reconhecidos por terem contribuído significativamente com o avanço da profissão, seja em design, construção, literatura ou educação.

Temporary Licence, ou licença temporária, é destinada aos profissionais que são licenciados em uma outra jurisdição e que desejam atuar brevemente em Manitoba, sendo necessária a renovação da licença para cada novo projeto que o profissional pretenda fazer.

É possível encontrar maiores informações para aplicantes internacionais aqui. É importante notar que a província de Manitoba não exige cursos preparatórios ou provas de seleção para o processo de registro.

 

A seguir, na série Profissões Regulamentadas no Canadá: Contabilidade!

 

Órgãos reguladores e informações para contato:

Architectural Institute of B.C.
100 – 440 Cambie Street
Vancouver, British Columbia  V6B  2N5
Tel: (604) 683-8588  toll free in BC 1-800-667-0753
Fax: (604) 683-8568 or toll free in BC 1-800-661-2955
Email: [email protected]
Website: http://www.aibc.ca/

The Alberta Association of Architects
Duggan House,
10515 Saskatchewan Drive
Edmonton, Alberta T6E 4S1
Phone: (780) 432-0224
Fax: (780) 439-1431
Befa coordinator: [email protected]
Website: http://www.aaa.ab.ca/

Ontario Association of Architects
111 Moatfield Drive
Toronto, Ontario M3B 3L6
T: 416.449.6898
Toll Free: 1.800.565.2724
F: 416.449.5756
E: [email protected]
Website: http://www.oaa.on.ca/

Manitoba Association of Architects
2nd Floor, 137 Bannatyne Avenue
Winnipeg, Manitoba
R3B 0R3
phone: 204-925-4620
fax: 204-925-4624
e-mail: [email protected]
Website: http://www.mbarchitects.org/

Internship in Architecture Program 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.