Neste último trimestre de 2017 o governo canadense fez importantes anúncios a respeito das formas de “imigrar para o Canadá”, e entre eles está a previsão de aumento do número de imigrantes até 2020. Somente em 2018, o objetivo é chegar ao montante de 310 mil pessoas, vindas a partir dos diferentes processos que existem. O Express Entry (EE) é uma dessas portas de entrada, por isso trazemos algumas regras importantes a seu respeito.

Antes disso, vale dizer que o EE é um sistema que pontua um candidato à imigração a partir de diversos fatores, como idade, escolaridade, domínio do idioma inglês e/ou francês, etc. Em síntese, o interessado em imigrar que atende aos requisitos mínimos exigidos deve criar um perfil online com todas as informações, cada item receberá uma pontuação específica e no final será atribuída uma nota geral.

Em média a cada três semanas há um sorteio o qual fica definida a nota de corte de quem receberá o convite para aplicar à residência permanente (Permanent Resident, ou PR). Mais detalhes a respeito da dinâmica do Express Entry, que tem como foco os profissionais qualificados, estão no texto “Express Entry: como aplicar e preencher os formulários”, não deixe de ler! E o que vamos destacar hoje são 10 regras importantes e que exigem bastante atenção daqueles que estão de olho nos caminhos necessários para morar no país como “PR”.

1 – Os dados que forem incluídos online para fazer parte do pool do Express Entry são válidos por 1 ano, podendo ser atualizados durante este período caso você mude de endereço, consiga uma nota maior no teste de inglês e/ou francês, tenha um filho, etc.

2 – Nunca adicione uma informação que não seja verdadeira, e é preciso exatidão quanto ao seu período de experiência profissional, o tempo de estudo e devidas certificações, e assim por diante. Qualquer inconformidade ou dado que não seja provado com documentos, pode fazer com que na decisão final do oficial de imigração o seu processo tenha uma resposta negativa.

3 – Se você tem um irmão/irmã que já vive no Canadá como residente permanente ou cidadão do país, com 18 anos de idade ou mais, você poderá obter 15 pontos adicionais no seu perfil do Express Entry.

4 – No último dia 24 de outubro houve uma mudança quanto a idade em que o filho é considerado dependente para pedidos de imigração em família, que antes era de 19 anos de idade e agora passou a ser 22 anos (exceto para a situação de cônjuges/parceiros em união estável).

5 – Quando o aplicante principal inclui os dados do cônjuge mais pontos poderão ser adicionados, como por exemplo, vindos de acordo com o grau de escolaridade, a nota no teste do idioma, entre outros fatores relacionados ao perfil do companheiro (a).

imigracao provincial

6 – Para validar os certificados educacionais obtidos no Brasil é necessário o Educational Credential Assessment (ECA), o documento que descreve o título, duração do curso e outros detalhes. Ele deve ser emitido por instituições autorizadas que irão fazer uma avaliação de equivalência de acordo com as regras do sistema de educação do Canadá.

7 – Quem está no Brasil deve realizar o teste “General IELTS” (International English Language Testing System) como prova da proficiência do idioma inglês, mas quem está no Canadá, tem também ainda a opção de ser avaliado no “Celpip” (Canadian Exam Language Proficiency Index Program). Já quem pretende pontuar em francês precisa realizar a prova do TEF (Test d’Évaluation de Français).

8 – Dentre as comprovações exigidas no Express Entry está a parte financeira, que diz respeito ao valor que o aplicante tem disponível e deverá ser informado na hora de aplicar para a residência permanente. Este montante varia de acordo com o número de membros da família.

9 – Para fazer parte do pool do Express Entry, o candidato pode incluir todos os seus dados e fazer os demais procedimentos sozinho, ou se preferir, fazer a indicação de um representante legal para cuidar do processo, que pode ser um consultor de imigração credenciado ou um advogado.

10 – Depois que você finalmente receber o ITA, o Invitation to apply, ou seja, o seu convite para aplicar para imigrar, começa a contar o prazo de 90 dias para que apresente todos os documentos que provem tudo o que você declarou no perfil.

 Atenção

Os sistemas de imigração canadenses, dos provinciais aos federais, passam por alterações constantemente, ou seja, algumas regras vão sendo alteradas ao longo do tempo. Por isso, existe a necessidade de sempre se atualizar a partir de fontes oficiais e confiáveis, desde o primeiro dia de pesquisa até o momento de finalmente conseguir a tão sonhada residência permanente.

Boa sorte!

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Monica

Muito prazer! Eis aqui uma jornalista que ama viajar, conhecer novas pessoas e compartilhar experiências: vivendo e aprendendo, sempre. A primeira conexão São Paulo - Toronto ocorreu em maio de 2014.