BIOLOGIA – PROFISSÕES REGULAMENTADAS NO CANADÁ

Assim como ocorre com todas as profissões regulamentadas no Canadá, cada província possui uma série de requisitos que devem ser atendidos para que o profissional possa se qualificar para obter a licença. Nosso objetivo com essa nova série é informar alguns desses requisitos, para oferecer uma ideia geral sobre como se dá a prática profissional.

A Immi Canada aconselha você a buscar as informações completas a respeito do processo de registro na província onde pretende atuar diretamente com o órgão regulador, através dos links que sempre oferecemos ao final do post!

 

Como regra geral, é necessário que o profissional possua no mínimo um bacharelado para atuar com Biologia no Canadá, sendo que um mestrado é um requisito caso o candidato deseje trabalhar como pesquisador, e experiência de pesquisa pós-doutorado é um requisito para trabalhar no ambiente acadêmico.

Biologia é a primeira profissão abordada em nossa série até agora que não é regulamentada em todas as províncias que estamos abordando. É regulamentada na Colúmbia Britânica e em Alberta, mas não em Ontario ou em Manitoba. Vamos falar mais sobre isso durante o texto, confira!

 

Colúmbia Britânica

Segundo o site Work BC, que oferece informações relevantes sobre todas as profissões e ocupações na província, Biologia é uma área com expectativa de crescimento da demanda em 1,2% de acordo com o que é previsto para o período que compreende desde o ano de 2012 até 2022. Isso significa cerca de 2.900 novas vagas para os biólogos, segundo a expectativa provincial.

O College of Applied Biology é o órgão regulador para a profissão na Colúmbia Britânica, e oferece em seu site uma ferramenta de autoavaliação destinada aos candidatos que obtiveram sua educação e experiência profissional fora do Canadá, para que cada candidato possa avaliar se realmente possui as qualificações necessárias para fazer parte do College, como um profissional regulamentado, ou se será necessário ainda um período de educação continuada, adaptada aos padrões canadenses aceitos pelo College.

O College em si requer que o candidato possua sete competências acadêmicas, comprovando que possui habilidades, teinamento e conhecimentos necessários em cada uma delas. Caso o candidato não possua alguma dessas competências, a autoavaliação irá auxiliá-lo a encontrar os cursos ou as matérias eletivas que será necessário perseguir para então poder se registrar junto ao College. As competências-chave desejadas pelo College são:

  • Systematics or Classification
  • Cellular Biology
  • Organismal Biology
  • Ecology
  • Applied Biology
  • Statistics
  • Communications

Para os futuros membros do College, é importante saber que existem cinco categorias de registro possíveis. São elas:

1) Registered Professional Biologist: dentro dessa categoria estão os biólogos propriamente ditos, chamados nesta província de RPBios.

2) Registered Biology Technologist: tecnólogos, ou RBTechs, trabalham em equipes que incluem RPBios e outros profissionais, e podem também trabalhar de forma independente, de acordo com o que for exposto pelo College.

3) Biologist in Training: estes profissionais são os que já possuem os critérios para serem admitidos ao College, porém ainda não possuem toda a experiência profissional necessária. É possível permanecer nesta categoria por 6 anos no máximo, até poder obter a licença para atuar como RPBio.

4) Registered Biology Technologist in Training: muito similar à categoria acima, mas focada na categoria de Biologist Technologists.

5) Student: esta categoria é destinada a quem ainda não recebeu seu diploma universitário e que está matriculado em no mínimo 3 matérias (courses) por semestre em um programa na Colúmbia Britânica que seja adequado aos requerimentos do College.

Vamos falar um pouco agora sobre o 8 passos necessários para aplicantes internacionais, para aplicar para a categoria Professional Biologist (RPBio).

Primeiro, é necessário preencher o formulário de aplicação e, em seguida, é preciso ter suas credenciais reconhecidas pelo WES ou ICES.

Para o College, é necessário também enviar as descrições das matérias que você teve durante o seu curso universitário, e não somente os títulos do histórico acadêmico.

O terceiro passo diz respeito a construir um resumo cronológico da experiência de trabalho. Aqui novamente é preciso fornecer uma descrição das atividades, e não somente o título do cargo, e existe um formulário específico para isso, chamado de Work Experience Worksheet.

Já o Professional Experience Worksheet se trata do quarto passo, e aqui o candidato irá demonstrar os requerimentos descritos através da submissão de 1 a 3 publicações.

O quinto passo diz respeito ao fornecimento de dados de professores ou colegas que possam ser referências para a sua aplicação. É importante notar que são necessários 3 profissionais diferentes como referências.

O sexto e o sétimo passos dizem respeito ao pagamento das taxas necessárias (que podem ser encontradas aqui) e à tradução de documentos para o inglês, sendo que as publicações a serem apresentadas devem ter no mínimo o resumo inicial (abstract) em inglês.

Por fim, o oitavo passo diz respeito à conclusão de um seminário em ética profissional, aprovado pelo College.

Ao todo, o College pode levar de 8 a 10 semanas para processar a aplicação do candidato, se todos os documentos estiverem em ordem, e se o candidato obedecer a todos os requisitos.

biologia3

Alberta

Os governos de Alberta e da Colúmbia Britânica possuem um acordo mútuo que busca reconhecer os standards de prática profissional entre os biólogos das duas províncias, e, assim, os profissionais que possuem certificação e licença de atuação em uma dessas províncias será reconhecido como qualificado para praticar na outra. Isso não necessariamente significa que ele estará isento de se registrar junto ao órgão provincial responsável; significa apenas que o processo de registro será simplificado, uma vez que ele já seja reconhecido na outra província.

The Alberta Society of Professional Biologists é o órgão regulador para a província de Alberta, conferindo aos biólogos registrados o título de Professional Biologist, ou “P. Biol.”. Existe também a categoria de Biologist in Training, cuja sigla é “BIT”.

Assim como para todas as províncias e para todas as profissões regulamentadas, os requisitos  para a admissão junto ao órgão regulador incluem educação, experiência de trabalho e comprovação de boa prática profissional.

Em Alberta existe um total de 10 categorias para o registro, sendo que 7 delas são principais, das quais vamos falar a seguir. As outras 3 dizem respeito aos profissionais não praticantes e aos profissionais honorários.

1) Professional Biologist: para adquirir o título de P. Biol., o candidato precisa obedecer aos requerimentos quanto à educação, experiência profissional e good character, que nada mais é do que profissionalismo, o que pode ser comprovado com cartas de referência. Para isso, é preciso que o candidato possua no mínimo um bacharelado (undergraduate degree), equivalente ao de uma universidade canadense. Quanto à experiência, é necessário possuir no mínimo 3 anos de prática, adquiridos após a graduação, sendo que é esperado que essa experiência tenha ocorrido dentro dos 10 anos anteriores à aplicação junto ao órgão regulador.

2) Biologist in Training: assim como ocorre na Colúmbia Britânica, biologists in training possuem as credenciais acadêmicas mas ainda não possuem a experiência profissional necessária para aplicar para o registro completo. Uma vez dentro desta categoria, basta completar os 3 anos de experiência requeridos para aplicar para Professional Biologist.

3) Registered Biologist: embora algumas profissões usem a designação “registered” para se referirem ao profissional que pratica sob a mais alta categoria de registro, este não é o caso para os biólogos em Alberta. Aqui, “registered” significa que o candidato está em uma posição transitória, pois ainda não possui todos os requerimentos acadêmicos para ser um Professional Biologist, e também não possui toda a experiência necessária (6 anos), que possibilite se adequar à categoria de P. Biol. Mesmo sem a educação necessária. Os candidatos podem permanecer nesta categoria somente até conquistarem todos os créditos necessários para então poderem aplicar para o registro como Professional Biologists. Um R. Biol., como é chamado este profissional, precisa ter de 12 a 14 matérias (courses) em um bacharelado em Biologia (undergraduate degree), já que no Canadá é possível escolher as matérias na universidade e, assim, formar os tão falados majors e minors.

4) Registered Biologist in Training: RBIT, como é chamado, refere-se ao profissional que não possui os requerimentos acadêmicos para ser um Biologist in Training. Essa categoria é transitória, e através da experiência profissional e acadêmica adquirida sob esse título será possível aplicar para o registro como P. Biol.

5) Registered Technologist in Biology: o profissional tecnólogo deve possuir um diploma de um curso de 2 anos, de uma instituição post-secondary­, além de 2 anos de experiência após a graduação.

6) Registered Technologist in Training: esta categoria é para os profissionais que possuem o diploma necessário mas que ainda não possuem os 2 anos de experiência necessários para que possam se adequar à categoria acima.

7) Student Biologist: a última categoria diz respeito aos estudantes que estão matriculados em uma universidade ou outra instituição em Alberta, aprovada pelo órgão regulador.

No caso dos aplicantes que obtiveram sua experiência profissional e sua educação fora do Canadá, é necessário ter suas credenciais avaliadas pelo International Qualifications Assessment Service (IQAS), que compara as credenciais do candidato com o que é esperado em termos de educação no Canadá. Existem duas possibilidades, dependendo dos planos do candidato, e cujos detalhes você pode encontrar seguindo os links a seguir: avaliação para imigração e avaliação para emprego, educação ou licenciamento.

O site do órgão regulador de Alberta oferece uma página detalhada a respeito das taxas a serem pagas, nas diferentes categorias de registro, referentes tanto às anuidades quanto às aplicações de novos membros. Você pode encontrar essa tabela aqui.

O órgão regulador de Alberta também disponibiliza um flowchart muito interessante, que explica todo o processo da regulamentação. O flowchart também mostra outras profissões possíveis que fazem fronteira com a Biologia, no caso de o candidato não ser aceito para atuar como biólogo em Alberta.

 

Ontário

De acordo com o serviço fornecido através do site Ontario Immigration, que mostra uma lista das profissões regulamentadas nesta província, Biologia não é uma profissão regulamentada.

Para saber mais sobre cursos e especializações em Biologia em Ontário, o site da Universidade de Toronto oferece explicações sobre vários programas de estudos.

 

Manitoba

Em Manitoba, de acordo com o site do serviço para imigrantes Immigrate Manitoba, Biologia não é uma profissão regulamentada nesta província.

Para saber mais sobre cursos e especializações em Biologia em Manitoba, o site da Universidade de Manitoba oferece explicações sobre vários programas de estudos.

 

Mesmo que a profissão de interesse não seja regulamentada na província para onde você pretende imigrar, vale a pena pesquisar sobre a existência de associações profissionais, que podem ser muito úteis no que diz respeito tanto a networking profissional quanto a oportunidades de educação continuada.

 

A seguir, na série Profissões Regulamentadas no Canadá: Arquitetura!

 

Órgãos reguladores e informações para contato:

College of Applied Biology – BC
Suite #205 – 733 Johnson St.
Victoria, B.C. V8W 3C7
TEL (250) 383-3306
Email: [email protected]
Website: https://www.cab-bc.org

Alberta Society of Professional Biologists
370, 105 12 Ave SE
Calgary AB T2G 1A1
Email: [email protected]
Phone: +1 403-264-1273
Website: https://www.aspb.ab.ca

Comentários Facebook