O Canadá busca profissionais e comemora seu recorde absoluto da menor taxa de desemprego de todos os tempos: 5,6%. Desde que a Statistics Canada começou a monitorar os números, há 40 anos atrás, o percentual de pessoas sem trabalho nunca foi tão baixo.

O Statistics Canada, também chamado de Stacan, é a agência governamental responsável por tabular e mensurar os mais diversos dados sobre o país, da mesma forma que o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), realiza este trabalho no Brasil. O mesmo órgão aponta que, nas terras sul americanas, esta taxa de desemprego chega a quase 12% e atinge 12,5 milhões de pessoas (dados de novembro de 2018). Vale lembrar que o número foi maior no decorrer do ano passado. Especialistas afirmam que a quantidade de desempregados diminuiu no decorrer do período no Brasil devido ao trabalho informal do final de ano e ao empreendedorismo.

A notícia ainda fica melhor com relação ao território canadense, pois revela um aumento na taxa de empregos: foram 94 mil novas vagas somente em novembro, espalhadas por todo o país. O relatório do Stacan revelou que esse aumento provém de posições de trabalho estáveis e em período integral, ou seja, contratos de emprego não temporários.

As oportunidades aumentam em diversas áreas, porém o setor de TI está sempre em alta nos últimos anos (clique aqui e saiba mais). Para esta área as vagas estão nos mais diversos setores: analistas, desenvolvedores, programadores e consultores SAP. Além disso, existem diversas posições para soldadores, mecânicos e operadores de máquinas. Outro setor que sempre possui demanda é o de saúde, principalmente cuidadores de pessoas debilitadas, idosos e no serviço social.

canada busca

*Confira 10 bons motivos para morar no Canadá clicando neste link.

No que diz respeito a distribuição das vagas pelo país, o emprego ficou estável no mês de novembro nas províncias do Atlântico e também em Quebec, com um crescimento forte em Ontario, British Columbia, Alberta, Saskatchewan e Manitoba. Outro fator curioso apontado pelo relatório é que um dos motivos para o boom de trabalho foi a legalização da maconha, ocorrida no dia 17 de outubro do ano passado (saiba mais detalhes neste artigo). A movimentação maior para este mercado se deu no plantio, onde o agronegócio enfrenta uma forte demanda por profissionais para lidar com o cultivo da cannabis.

Outras posições que impulsionaram o crescimento de jobs foram as relacionadas aos negócios, a construção e serviços de suporte. As áreas científicas e de logística também tiveram novas posições durante o período.

*Clique aqui e confira os mitos e verdades sobre a vida em solo canadense.

Brasileiros no país

Segundo o Consulado-Geral do Canadá no Brasil, a quantidade de vistos de residência permanente (ou Permanent Resident – PR) emitidas no ano passado bateu um recorde: o país deu 2.800 documentos a brasileiros entre janeiro e agosto (2018).

canada busca

Para se ter uma ideia, em 2015 o número total de PRs expedidas durante os 12 meses do ano foi de 1.750. Esta quantidade se manteve estável no ano seguinte, 2016, com 1.730 residências dadas a brasileiros que foram morar nas terras do True North. Já em 2017, o número cresceu 62% em relação ao período anterior, quando 2.760 permissões foram concedidas. Em 2018, o número de 2.800 PRs já é recorde e a contagem final ainda não foi tabulada, pois o balanço foi somente até agosto. Segundo o Consulado, se a média for considerada, as residências permanentes emitidas chegaram a cerca de quatro mil ao fim do ano.

Muitos destes brasileiros que conseguiram o tão sonhado cartão de residente no Canadá trilharam o caminho de estudar no país. Prova disso é que a quantidade de vistos de estudo liberados os nascidos no Brasil também aumentou com o passar dos anos. Em 2015 foram 5.370 permissões de estudo. Já em 2016 a quantidade aumentou para 5.962 cidadãos brasileiros que foram estudar por mais de seis meses nas mais diversas localidades canadenses. Em 2017, o número saltou para 6.887 vistos de estudo concedidos pelo Canadá aos  brasileiros, representando um crescimento de 16% em relação ao ano anterior.

O setor de serviços e imigração do Consulado-Geral atribui este aumento a vontade que os brasileiros possuem de morar no Canadá, além do acesso a informação sobre o sistema de imigração que mais leva novos imigrantes ao país: o Express Entry. O país, baseado em seu plano de imigração plurianual, divulgado em 2017 e revisado no ano passado (clique aqui para saber mais detalhes), quer aumentar o número de imigrantes que chegam para viver em seu território. Nos últimos anos esta quantidade tem sido de cerca de 280 mil residências para as mais diversas nacionalidades do mundo todo.

canada busca

As maneiras de imigrar, estudar e trabalhar no Canadá são várias. Para saber qual delas se encaixa no seu perfil e da sua família, entre em contato conosco! Temos consultores de imigração regulamentados que podem e vão te ajudar a realizar o sonho canadense. Acesse www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou mande um email para contact@immi-canada.com.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet