Um estudo feito pela empresa norte-americana Gallup revelou que o Canadá é o quarto país que melhor aceita imigrantes no mundo, perdendo somente para a Islândia, Nova Zelândia e Ruanda. As terras canadenses receberam uma pontuação de 8,14 em um total de nove possíveis no Gallup’s Migrant Acceptance Index, que é um índice usado pela empresa para classificar os 140 países que fizeram parte do estudo.

A Gallup afirmou que criou o índice para avaliar a aceitação das pessoas ao que eles chamaram de “grau de proximidade”, baseando a pesquisa em algumas perguntas, como no modo em que os estrangeiros foram aceitos no país, em como foi a recepção da vizinhança e da comunidade e também dos processos em que imigrantes casam com pessoas do país para o qual se mudaram, entre outros parâmetros de avaliação.

A pontuação do Canadá é baseada na resposta de 2 mil canadenses com 15 anos ou mais, que foram entrevistados entre agosto e novembro do ano passado. Segundo a análise, o verão do ano passado registrou um número recorde de requerentes de refúgio, vindo dos Estados Unidos, devido às políticas de imigração e asilo impostas pelo presidente Donald Trump. Os EUA ficaram em nono lugar no mesmo ranking, com uma pontuação de 7,86.

Os autores do relatório afirmam que, tanto os EUA quanto o Canadá possuem um bom histórico como países que recebem bem imigrantes e requerentes de asilo ou refúgio. Porém, nos últimos dois anos, o governo canadense abraçou ainda mais a causa, enquanto o norte-americano tentou se distanciar da tradição. Além disso, o estudo feito revelou que a maioria dos cidadãos da terra do True North possuem opiniões muito positivas a respeito da imigração.

imigrantes

Para reforçar ainda mais a diferente política de recebimento de imigrantes dos dois países, a pesquisa revelou que, no índice de aprovação dos cidadãos do país com relação ao recém chegados, nos Estados Unidos, onde a política governamental é a de que os estrangeiros são uma ameaça a segurança nacional e aos trabalhadores, os que concordam com a teoria de Trump tiveram uma nota de 7,08 dos 9 do índice. Enquanto aqueles que discordam das práticas governamentais com relação ao mesmo tópico ficaram com um score de 8,54.

Em paralelo, o mandato de Trudeau, que é o primeiro ministro do Canadá do partido liberal, que já falou diversas vezes abertamente em favor da imigração, tendo iniciativas para melhorá-la e aumentar o número de residentes do território provenientes de outros países, teve 7,84 dos nove pontos entre aqueles que desaprovam suas políticas e 8,64 dos que concordam com suas ações.

Fatores determinantes 

A pesquisa descobriu que tanto entre os estadunidenses como canadenses, fé, crença, idade e educação foram fatores determinantes entre os residentes e cidadãos do país, nascidos no Canadá, que levou a opinião e proximidade de cada um com relação aos newcomers. Por exemplo, os religiosos obtiveram uma nota mais baixa do que os que declararam não ter religião definida.

Os que aprovam o governo Trump e se declararam religiosos tiveram nota 6,97 no índice Gallup. Por outro lado, os que não são a favor e não possuem religião definida pontuaram 8,61. Os pesquisadores disseram que os americanos altamente religiosos são propensos a se identificar como republicanos. Também no Canadá, aqueles que se declararam com uma religião geralmente se identificam com o Partido Conservador.

Por fim, a pesquisa descobriu que a aceitação de estrangeiros era maior entre os mais jovens, com mais alto grau de educação e que vivem em áreas urbanas. Os níveis de aceitação também foram maiores entre os que estão empregados e declararam estarem satisfeitos com sua renda e padrão de vida.

Por que o Canadá quer imigrantes?

Mas, por que o Canadá quer imigrantes? Bom, a resposta para esta pergunta não é única, ela engloba uma série de fatores e características do país de primeiro mundo. Um dos principais motivos pode ser a equação que envolve uma boa qualidade de vida, uma população envelhecida, demanda por profissionais mais jovens para movimentar a economia e oferta de emprego nas mais diversas áreas.

Em 2016, segundo dados do Statistcs Canada, 1.358 brasileiros viraram residentes permanentes do país. No final do ano passado o governo canadense anunciou que neste ano (2017), o crescimento esperado para o número de imigrantes aceitos no país seria de cerca de 25% se comparado com 2016. O montante deve chegar aos 300 mil, número maior que os cerca de 243 mil admitidos no ano passado.

Além dos brasileiros que tiveram a residência permanente, os números do Citizienship and Imigration Canada (CIC) mostram que 92,4 mil brasileiros, entre janeiro de 2016 e setembro do mesmo ano, deram entrada em algum tipo de visto para residir temporariamente no país. Desse número, cerca de 90% tiveram seus pedidos aprovados. Este número cresceu 10% com relação a 2015, além de estar progredindo pelo terceiro ano consecutivo.

* Confira mais informações clicando aqui.

Fonte:

https://ipolitics.ca/2018/04/26/canada-among-the-most-accepting-countries-in-the-world-for-migrants-poll/

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.