Pois bem, na atual crise política e instabilidade econômica em que o país se encontra, tentar a vida fora do Brasil têm sido o plano, objetivo, destino e sonho de muitas famílias brasileiras e, na imensa maioria dos casos, o Canadá é um dos países mais bem vistos para imigrar, por diversos motivos, confira alguns deles abaixo, já discutidos e explicados por aqui:

Caso estes dados maravilhosos e a invejável qualidade de vida canadense ainda não tenham convencido, acesse o nosso blog clicando aqui e veja mais sobre as terras do True North. Porém, o que poucos falam é que recomeçar a vida em outro país não é tão simples e nem tão fácil. Embora o resultado e o esforço valham a pena, temos que estar preparados para os possíveis desafios que enfrentaremos.

O conselho principal, tanto para os que ainda estão pensando e pesquisando qual será o melhor destino, quanto para aqueles que já passaram por toda a fase de planejamento e tomada de decisões e estão com suas passagens e vistos, permissões ou residências em mãos, é: pense, planeje, pesquise e não desista de seus sonhos. Por maiores que sejam os desafios, eles dependem de um bom plano de ações, foco, perseverança e atitudes. Portanto se o seu sonho é morar no Canadá, não desista. O país é incrível e um dos que mais bem recebe imigrantes no mundo, nada é impossível.

canada

Pensando nos desafios que enfrentamos quando mudamos de país, preparamos uma lista com os quais invariavelmente você vai se deparar. Não é fácil mudar, principalmente quando o destino é um local com a língua diferente, clima atípico, costumes estranhos a nós, etc. Mas o que é fácil na nossa caminhada? Pois é, quase nada. Enfrentamos dificuldades todos os dias e nosso sucesso está diretamente ligado em como encaramos e decidimos adentrar nestes momentos de nossas vidas.

Tomada de decisões

Ok, a decisão está tomada e a família quer mesmo embarcar rumo ao desconhecido. Mas aí chega o turbilhão de perguntas: para onde vamos? Como é o procedimento para tirar o visto? Qual país me dá a possibilidade de trabalhar? Qual localidade pode me proporcionar uma imigração futura? Minha família pode ir comigo? Qual tipo de visto os membros do meu núcleo familiar têm direito? Qual é o custo médio de todo o processo? Ai meu Deus, por onde eu começo?

Pois é, são muitos os questionamentos e decisões necessárias. O que pode ter dado certo e sido excepcionalmente bom para aquele seu primo que mudou para a Tailândia, pode não ser o melhor para você. Nesta fase é importante ter calma, pesquisar muito, conversar e tomar decisões em conjunto com a família e avaliar sempre a melhor opção de acordo com o perfil de cada um. Outro aspecto importantíssimo: ter a ajuda de um profissional de imigração e vistos é altamente recomendado. Primeiramente é importante fazer uma consulta que analisará seu perfil e de sua família, para então seguir pelo melhor caminho. Nós, da Immi Canadá, temos profissionais qualificados que podem indicar uma das dezenas de formas de imigrar, com base em suas características. Para mais informações, acesse www.immi-canada.com/consulta/ ou mande um email para [email protected].

canada

Processo de ida e desapego

Deixar a vida que se tem no Brasil, na maioria das vezes, não é fácil. Isso inclui família, amigos, emprego, bens móveis e, por vezes, imóveis, objetos particulares, roupas, etc. Enfim, uma vida toda já construída em solo brasileiro. Este processo de desapegar de tudo isso pode ser um desafio, dependendo do estilo de cada um. Por vezes as pessoas são mais desprendidas e em outros casos mais apegadas com coisas materiais e com a família. O importante aqui é ter em mente que no Canadá você vai construir tudo novamente, em menos tempo e descobrirá que em um país onde saúde, segurança e educação são direitos básicos do cidadão, você não precisa, necessariamente, ter um carro, colocar grades em suas janelas, utilizar Uber por uma questão de segurança, optar por morar em um apartamento para se sentir mais seguro, dentre muitas outras mudanças, entre elas se preocupar durante muitos anos em economizar dinheiro para seu filho ter um ensino de qualidade.

Se você está certo de que é isso que quer, deixe para trás tudo o que deve ser deixado e mergulhe de mente aberta no novo e no desconhecido. Com o tempo e a experiência de se viver fora aprendemos que realmente precisamos de muito menos do que pensávamos e aqueles que realmente importam na nossa vida e os que amamos estarão conosco independentemente da distância, pois hoje a tecnologia encurtou milhares de quilômetros. A saudade dos entes queridos é uma constante, mas o tempo nos ensina a lidar com ela.      

canada

Além disso, o processo de ida, coleta de documentos, planejamento, organização, preenchimento de formulários, visitas aos amigos e familiares, venda de objetos, encerramento de trabalhos, contratos e todos os trâmites burocráticos no Brasil e mais o que precisará ser feito no Canadá, é um longo procedimento cansativo. O ideal é ter um período de descanso após a correria nos dois países. Uns poucos dias para relaxar, conhecer a cidade onde vai morar, visitar lugares novos com a família e curtir a nova vida pode ser uma boa pedida antes de entrar na rotina e se recolocar no mercado de trabalho.

Língua, costumes, clima e processos

Por mais que seu inglês seja ótimo, você não está habituado a pensar e falar a língua o tempo todo. E se o idioma não for tão bom assim, os primeiros meses requerem mais esforço no que diz respeito a língua, pois você terá que aprender, se adaptar e saber se virar em solo canadense.

Os costumes são outros, diferentes do que estamos habituados no Brasil. O canadense, por natureza, é um povo mais fechado no que diz respeito à amizade e troca de informações pessoais. Isso não quer dizer que eles não sejam educados e solícitos. Porém, a cultura é outra e, como nós somos os estrangeiros, é nossa obrigação se inserir e adaptar-se a forma de viver do país. A diferença vai desde os hábitos alimentares (confira aqui algumas das particularidades) até horários de trabalhos e processos.

canada

Por falar em processos, no Brasil, por exemplo, existe um procedimento para alugar ou comprar um imóvel, correto? Também existe uma declaração anual de imposto de renda. No Canadá não é diferente. Os trâmites se tornam mais complicados para nós pois não os conhecemos da forma como sabemos no Brasil. No Canadá somos recém-chegados, portanto não possuímos credit score (saiba como construir um bom histórico de crédito clicando aqui), conhecidos, fiadores, na maioria das vezes ainda não temos emprego e não possuímos conta bancária. Então o ideal é dar um passo de cada vez. No período de seis meses a um ano, em alguns casos até em menos tempo, tudo já estará acertado e os processos já serão naturais.                                                                                                     

Por fim, mas não menos importante, esteja preparado para um inverno rigoroso. Não, ninguém foge do país durante o inverno pois não é plausível viver em temperaturas tão negativas (algumas áreas mais ao Norte do país podem chegar aos -50º C no pico da estação mais fria). Pelo contrário, se vive muito bem em temperaturas negativas. Recentemente fizemos um artigo para desmistificar o inverno canadense e você pode acessá-lo clicando neste link. No mais, aproveite o país incrível que é o Canadá e tenha a mente e coração abertos para novas experiências, você vai se surpreender positivamente!

*Consulte a página do Immigration, Refugees and Citizienship Canada neste link para maiores informações sobre imigração.

Fabíola Cottet       

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet