A comprovação de renda é uma das partes mais importantes do seu processo de solicitação de visto ao Canadá. A imigração quer ter a certeza que você possui fundos suficientes para manter-se no país durante a sua estadia e não tentará, de alguma maneira, trabalhar ilegalmente no país.

A dúvida que sempre surge é: Qual a quantia realmente é necessária e indicada para apresentar durante a aplicação?

shutterstock_138057101

Antes de tudo vale explicar que você não necessita possuir toda comprovação financeira em um só lugar, como por exemplo, em uma conta bancária, e o aplicante poderá usar um custeador (ou patrocinador), onde esta pessoa, perante a imigração, se torna a responsável (financeiramente falando) do solicitante do visto. Abaixo listamos algumas opções:

1)      Extrato Bancário oriundo de um Banco Canadense no nome do aplicante ou custeador, se a quantia tiver sido transferida diretamente para o Canadá;

2)      Comprovação de empréstimo “Educacional” oriundo de uma Instituição Financeira;

3)      Extratos bancário em nome do Aplicante e/ou Custeador dos últimos 3 ou 4 meses;

4)      Comprovação de pagamento do curso e acomodação (caso o aplicante ficará em Casa de Família, por exemplo);

5)      Carta-custeio assinada pela pessoa que irá ser a responsável financeira do solicitante;

6)      Comprovação de pagamento do curso oriundo de dentro do Canadá, caso o aplicante virá com bolsa de estudo ou por meio de programa de estudos canadense financiado.

Na tabela a seguir apresenta os valores mínimos exigidos pelo CIC (Citizenship and Immigration Canada):

tabela_financeiro

 

 

Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/study/study-how-documents.asp#doc3 

Comentários Facebook