O Canadá, sem dúvida, é um dos países mais procurados por brasileiros que desejam estudar fora do Brasil. E não é difícil de entender porque isso acontece, afinal, este país da América do Norte é um dos melhores do mundo para se viver, oferecendo segurança, boas escolas e uma excelente qualidade de vida. Se estudar em terras canadenses é o seu sonho também, confira as dicas que daremos a seguir sobre os principais programas de estudos existentes e qual a melhor forma de ingressar em cada um deles. 

Antes de tudo, precisamos ressaltar que: o melhor programa de estudos é aquele que corresponde ao seu propósito e que está alinhado com o seu objetivo de vida. Desta forma, os cursos vocacionais são mais indicados para aquelas pessoas que querem apenas ter uma experiência por tempo determinado para, depois, regressar ao Brasil.

Já aqueles alunos que querem tentar imigrar futuramente, os programas mais populares são certificados, diplomas e pós-graduações em instituições públicas ou programas de degree (bacharelado e mestrado, por exemplo), que podem ser realizados tanto em instituições públicas quanto privadas. 

estudar-no-canada

Explicaremos um pouco mais sobre cada um deles:

Cursos vocacionais

Como já explicamos, estes cursos são mais procurados por estudantes que desejam ter uma experiência internacional de estudo e trabalho, mas por um período determinado. Este tipo de curso pode ser comparado  aos cursos profissionalizantes que existem no Brasil e são bastante indicados para quem ainda um curso de nível superior. Por isso, se o estudante já possui um mestrado, por exemplo, a escolha por um curso vocacional pode não ser tão interessante ao aplicar para o visto de estudo.

Os cursos vocacionais possibilitam que o estudante vivencie a cultura local e são uma excelente oportunidade de melhorar a proficiência no inglês. Além disso, em um curso vocacional, o estudante também terá uma experiência prática de estágio em uma empresa canadense e isso, com certeza, é um ponto importante para o currículo profissional.

Este tipo de curso, normalmente, tem um componente de estudos e um de trabalho. No de estudos, o aluno pode trabalhar até 20 horas na semana. Já no de trabalho, será necessário fazer um estágio na área para garantir o certificado ou diploma. Nesta segunda etapa do programa o aluno é autorizado a trabalhar full-time. Este tipo de programa pode ter duração de seis meses, um ano e até dois anos. 

Normalmente, estes cursos são oferecidos por instituições privadas, em diversas áreas, entre elas: business, hotelaria e comunicação.

É importante lembrar que os programas vocacionais não oferecem a possibilidade de conseguir uma permissão de trabalho após a graduação – programa conhecido como PGWP (Post Graduation Work Permit). A única experiência de trabalho possível, neste caso, é o estágio obrigatório que integra o curso vocacional. Portanto, logo após o término do curso, o aluno deverá retornar ao Brasil – a menos que busque outra forma de se manter legalmente no Canadá. 

study permit

Outro ponto a ser considerado na decisão ou não por um curso vocacional é que o trabalho realizado durante o curso não conta absolutamente nada para os processos de imigração. Ou seja, o aluno não receberá pontos extras por ter uma experiência de trabalho canadense caso resolva aplicar para a imigração, pois o trabalho do curso vocacional não é considerado neste quesito. 

*Saiba mais sobre estes programas neste link.

Diplomas e certificados | Colleges públicos

Geralmente, os programas de certificados e diplomas são oferecidos nos colleges. A duração destes cursos em instituições públicas varia muito de acordo com o curso, podendo ter entre oito meses e dois anos. Este tipo de curso não tem um equivalente no Brasil. Na prática, eles seriam como os dois primeiros anos de um curso de bacharelado, por exemplo. No entanto, eles são muito focados na parte prática de cada profissão e muitas pessoas que já são formadas buscam um programa de college para se especializar ainda mais. Os colleges são uma ótima oportunidade de trocar experiências, conhecimento e, também, fazer networking.

Pós-graduações | Instituições públicas

Os programas de post-degree são equivalentes aos cursos de pós-graduação brasileiros e para entrar, geralmente, é necessário ter uma formação prévia em universidade. Assim como os certificados e diplomas de colleges, esses cursos são mais focados no mercado de trabalho e também são uma ótima forma de fazer networking e conhecer pessoas que já estão inseridas em empresas canadenses. Eles também têm duração variável, normalmente de oito meses a dois anos. 

estudar

*Tem dúvidas sobre o sistema educacional e vistos de estudo para o Canadá? Tire suas dúvidas no artigo completo que fizemos com as respostas! Você pode acessar clicando aqui.

Bachelor degree e Masters degree | Instituições privadas e públicas

O bachelor degree é bem semelhante ao curso de bacharelado brasileiro e, geralmente, tem duração de quatro anos. Como é um  curso mais longo, poucos brasileiros optam por essa modalidade. 

O masters também é equivalente ao mestrado no Brasil. Nesta modalidade há aqueles mais focados no mercado de trabalho, que são os mestrados profissionais, e aqueles mais direcionados à atividade acadêmica, de estudo e pesquisa. 

College x Universidade

Essa é uma dúvida bastante comum entre os brasileiros que pretendem estudar no Canadá. A principal diferença entre o college e a universidade está no foco do ensino. Nos colleges os alunos são orientados e treinados para encarar o mercado de trabalho e ingressar rapidamente nele. Já as universidades têm como foco maior a área acadêmica e os estudantes se dedicam mais a pesquisas e projetos de extensão. 

*Veja detalhes da LOA e study permit clicando aqui.

Questões importantes

Sabemos que a decisão por um determinado programa é uma escolha muito importante. E que muitas coisas irão ajudar a tomar essa decisão. Por isso, no momento de decidir, avalie todas as possibilidades e não esqueça: cursos de idiomas não dão direito ao estudante de trabalhar, em nenhuma hipótese.

estudar no canada

Analise todos os prós e contras de cada opção e, antes de fechar a instituição, procure saber se ela cumpre os requisitos para que você possa alcançar os seus objetivos. E outra questão muito importante, que deve ser levada em consideração: se, após a conclusão do seu programa de estudos, você deseja imigrar para o Canadá, busque fazer um curso que seja afim à sua área de formação ou à sua experiência de trabalho no Brasil. 

*Mais informações sobre como estudar e trabalhar no Canadá podem ser acessadas aqui.

Muitas pessoas, quando resolvem estudar no Canadá, querem mudar completamente de área. Isso é possível, claro. No entanto, nos casos de pedidos de vistos temporários, a imigração nem sempre vê com bons olhos essa mudança tão drástica de carreira. Nestes casos em que ocorre essa mudança e o curso escolhido não tem qualquer ligação com a experiência profissional do aluno, será necessário explicar detalhadamente à imigração o motivo que levou a pessoa a fazer essa escolha, apontando os benefícios que a mudança trará, a prospecção de emprego na nova área, etc. Essa recomendação, é claro, não é uma regra. Cada caso é um caso e, se o aplicante quer imigrar via Express Entry, por exemplo, o fato da formação em um curso canadense ser em uma área diferente da carreira profissional não é levado em consideração pela imigração. 

De qualquer forma, é sempre recomendável fazer uma consultoria educacional personalizada, para que o perfil do estudante seja analisado e seja indicado o melhor formato de programa. A Immi Canada não oferece suporte na área acadêmica, mas a 3RA Intercâmbio, nossa parceira educacional, realiza este tipo de consultoria. Aqui na Immi Canada podemos te ajudar com todo o processo de visto de estudos para atingir os seus objetivos. Entre em contato conosco pelo site www.immi-canada.com/loja-virtual/ ou mande um email para contact@immi-canada.com.

Maria Augusta Brandt

Comentários Facebook