A porção da América do Norte que pertence ao Canadá, tem muitas belezas naturais, proporciona qualidade de vida e atrai cada vez mais turistas, estudantes e imigrantes. O país é formado por dez famosas províncias, que são Alberta, British Columbia, Manitoba, Ontário, Saskatchewan, Quebec, New Brunswick, Nova Scotia, Newfoundland & Labrador e Prince Edward Island, mas também possui três territórios: Nunavut, Yukon e Territórios do Noroeste.

Além da diferença de fusos horário, quantidade de habitantes e legislação, os territórios possuem características próprias, por isso devem ser considerados quando se pensa em um roteiro em terras canadenses. Quanto aos poderes, eles estão ligados diretamente ao governo do Canadá, inclusive recebendo grande aporte federal de recursos financeiros, enquanto as províncias têm seus poderes incorporados na Constituição canadense.

E com vocês… Yukon!

De acordo com dados recentes, Yukon conta com cerca de 483 km² de extensão, sendo assim considerado o menor dos territórios do Canadá. Por lá é possível fazer diversas atividades, desde conferir no céu o famoso fenômeno da aurora boreal (um espetáculo de luzes da natureza) ou até mesmo ver uma corrida de trenós puxados por cães no evento “Yukon Quest International”.

A localidade faz fronteira com Territórios do Noroeste, a província de British Colúmbia e o Alasca (EUA), sendo de fácil acesso à região de geleiras. A curiosidade é que embora se imagine que se tenha um rigoroso frio durante o ano todo, isso não ocorre de fato. As temperaturas são diferentes dependendo da cidade, por exemplo, em Kobtyen pode-se ter uma sensação térmica de -50 °C no inverno, mas em compensação é possível curtir um verão de mais de 20°C na capital, que é Whitehorse, aonde estão a maior parte dos seus quase 40 mil habitantes.

Há possibilidade de se ter uma experiência única conhecendo as iguarias da culinária local, o rico patrimônio histórico e cultural, bem como a ampla área natural que inclui o Rio Yukon e espaços verdes. Entre as atrações que encantam os visitantes está o Parque Nacional Kluane que foi considerado como um dos patrimônios mundiais pela UNESCO.

Segundo o site “Travel Yukon” uma parte dos turistas chega no período do final de maio até o mês de setembro, quando é verão. E aqueles que buscam o local pensando em ter acesso aos esportes e fenômenos naturais de inverno, já se programam para os meses entre outubro a abril. Quem está na província de Vancouver, por exemplo, pode chegar ao território a partir do aeroporto Erik Nielsen Whitehorse International Airport (YXY), e também há voos para quem está em Calgary e Edmonton.

Sites recomendados/fontes: www.gov.yk.ca/ e www.travelyukon.com

Territórios do Noroeste (Northwest Territories)

Aproximadamente 44 mil pessoas – grande parte de descendência indígena – vivem em Territórios do Noroeste. Esta região canadense que faz divisa com Yukon, Nunavut e com as províncias de British Columbia e Alberta, é destaque também pelo rico patrimônio histórico e cultural.

As baleias, lagos, a beleza do fenômeno natural Aurora Boreal são apenas alguns dos motivos que atraem muitas pessoas para esta área. Dados oficiais do governo retratam que segundo o levantamento relativo ao período de 2016-2017, Territórios do Noroeste recebeu mais de 100 mil visitantes, e existe um planejamento de seus administradores para que esse número cresça a cada ano.

Para quem tem interesse a respeito da temperatura desta região, saiba que a capital Yellowknife experimenta um período de primavera e verão com sol, o que permite explorar várias das diversas atrações naturais. Mas isso não significa que não exista frio: a cidade de Inuvik, por exemplo, tem uma média -16,8°C no mês de julho, e há áreas bem mais geladas!

Inuinnaqtun, Chipewyan, North Slavey… entre as curiosidades do local está o fato de que por lá encontram-se 11 idiomas oficiais, além do inglês e o francês. Vale lembrar que nestas terras há riquezas como diamante e ouro, que impactam diretamente na economia dos seus habitantes.

Sites recomendados/fontes: www.gov.nt.ca/ e www.iti.gov.nt.ca/en

Conheça Nunavut!

Embora não seja o mais populoso, o território de Nunavut é o maior do trio em extensão territorial. De acordo com dados do governo local a população atual é de 37,996 mil habitantes, sendo mais de 80% da etnia Inuit. Dependendo da cidade em que você estiver, no inverno os termômetros podem marcar muitos graus negativos enquanto no verão não ultrapassam dos 11°C. Não existem estradas que conectam as comunidades dentro de Nunavut, ou com a parte sul do Canadá, portanto a opção de mais fácil acesso para quem quer conhecer a área é mesmo por avião.

As línguas oficiais do Nunavut são as originárias Inuit (Inuktitut e Inuinnaqtun), e os idiomas inglês e francês. Além dos recursos recebidos via governo do Canadá, a economia local gira em torno das artes e ofícios, pesca e caça. Nota-se ainda o crescimento da exploração mineral.

O turismo está em constante crescimento, e as atividades para se fazer de destaque são: passeios e roteiros valorizados pela bela paisagem e recursos naturais, observação de ursos polares e geleiras, espaços de patinação e prática de hóquei, culinária e artesanato da população local, festivais.

Sites recomendados/fontes: www.gov.nu.ca/ e nunavuttourism.com/

 

 

 

 

 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Monica

Muito prazer! Eis aqui uma jornalista que ama viajar, conhecer novas pessoas e compartilhar experiências: vivendo e aprendendo, sempre. A primeira conexão São Paulo - Toronto ocorreu em maio de 2014.