Quando contamos aos nossos familiares, amigos e colegas que vamos visitar, estudar, morar por um tempo ou até mudar para o Canadá, os primeiros comentários que ouvimos, quase que invariavelmente são “nossa, mas lá é muito frio” ou “você tá louco, não há como sobreviver naquelas temperaturas” e ainda “nossa, você vai morrer de frio”. Mas existe sim vida no inverno canadense e ela é muito confortável, adaptada e preparada para temperaturas que podem chegar aos  -45o C em algumas regiões.

Porém, não há como negar que a estação mais fria do ano no Hemisfério Norte do globo é bastante incomum para nós, brasileiros acostumados com o clima tropical, onde as temperaturas mais frias de todo o território, que geralmente acontecem durante o inverno e no Sul, são somente o começo e costumam ser comuns no outono canadense.

Como a estação da neve está chegando, preparamos este artigo com dicas e cuidados importantes que você precisa se for passar o inverno no True North. Antes, é importante frisar que você não terá frio em casa, no metrô ou ônibus, na escola, nos shoppings, enfim, em nenhum ambiente fechado, pois todos são preparados para receber as temperaturas negativas e possuem calefação eficiente, o que faz com que você consiga ver a neve da sua janela de camiseta e bermuda, sem problema nenhum.

inverno canadense

Roupas

Embora todos os lugares fechados tenham aquecimento, você vai andar em ambientes externos e, com certeza, vai querer fazer um boneco de neve, patinar no gelo, brincar de guerra de bolas de neve e participar de toda a magia e espetáculo de beleza que a coberta branca de gelo traz. Para isso, são necessárias roupas e acessórios para se manter aquecido.

Em primeiro lugar, pesquise sobre as temperaturas médias que fazem na região em que você vai estar, pois elas variam muito. Para se ter uma ideia, em Vancouver, por exemplo, os termômetros raramente chegam a -20oC, variando entre -5o e 5o C (lembrando que os números são médias e podem variar para mais ou menos). Já em Winnipeg a média de janeiro é de -20o C, mas chega facilmente aos -40o em dias mais frios. A importância disto está ligada ao tipo de roupa, pois as etiquetas indicam quais são as temperaturas mais negativas que elas suportam e, quanto mais resistente for, mais elevado será o preço.

O essencial, para aproveitar o inverno, é um bom casaco: impermeável, com elástico nos punhos e, de preferência, mais longo para proteger de maneira mais eficaz. Além dele, as segundas peles, tanto para o tronco quanto para as pernas, que também podem ser meias grossas, são indicadas, quentinhas e protegem bem contra o frio e o vento. Uma bota apropriada para a neve é item obrigatório, pois elas são a prova d’água e antiderrapantes, evitando que seus pés molhem e que você tenha algum acidente no gelo escorregadio. A qualidade e o preço dos acessórios dependem de quanto frio cada um sente, mas um bom par de luvas, cachecóis, meias grossas e térmicas, protetores de orelha e de rosto, podem ajudar os mais friorentos. Uma dica: não faça compras no Brasil. É complicado de encontrar peças adequadas e o valor será bem mais alto, portanto é recomendável comprar tudo no Canadá.

inverno canadense

Sites de marcas e lojas que vendem roupas e acessórios de inverno:

www.sorelfootwear.ca

www.thenorthface.com

www.columbiasportswear.ca

www.kamik.com

www.canadagoose.com/ca

www.zara.com/ca

www.thebay.com

Cuidados com a pele

O frio contribui muito para o ressecamento da pele, ainda mais quando aliado ao ar seco, aquecedores e calefação. Por isso é extremamente indicado ter cuidados extras, pois o ressecamento excessivo pode causar coceira, alergia e até eczemas. Alguns produtos brasileiros não são tão eficientes no Canadá pelo simples motivo de que eles são desenvolvidos para o clima do país e não conseguem hidratar tanto na estação mais fria do ano. O uso de um bom hidratante com frequência é essencial, sem esquecer do filtro solar. Além disso, um produto especial para os lábios também se faz necessário, pois eles ficam bastante expostos ao frio e tendem a ressecar mais rápido.

inverno canadense

Vitamina D

A deficiência de vitamina D já é presente no território brasileiro, em algumas regiões que não são frequentemente ensolaradas. Porém, no Canadá, deve-se estar mais atento no inverno. Embora existam vários dias ensolarados na estação, nosso corpo não fica exposto ao sol e, consequentemente, acaba não absorvendo a quantidade de vitamina D que necessita. Somado a isso, os dias são mais curtos e a falta dela pode causar uma série de problemas ao organismo, dentre eles alterações de humor, fraqueza muscular, osteoporose em idosos, dentre outros sintomas (para saber mais a respeito, clique aqui). Faça exames de sangue para verificar os níveis da substância no seu corpo. Em caso de deficiência, consulte o seu médico e peça a suplementação em dose adequada.

Umidificador + tempo seco + ambientes fechados

Além do ressecamento de pele, o clima e ar seco podem causar o mesmo efeito nas narinas e, algumas vezes, dificuldade para respirar. Com relação ao nariz, uma solução nasal hidratante resolve o problema. Na estação costumamos permanecer mais tempo dentro de ambientes fechados, em certas situações é necessário adquirir um umidificador de ar para quebrar o ar seco e dar mais conforto aos pulmões e narinas.

Por mais que ficar quentinho em casa enquanto a neve cai seja uma opção chamativa, não se deixe levar sempre. No inverno diversos moradores locais enfrentam a Winter Blues que é uma espécie de depressão e cansaço, que causa irritação, mau humor e falta de energia. Portanto, sair, exercitar-se, aproveitar a luz do sol e os programas de inverno da localidade onde mora sempre são ótimas opções para a saúde e para a mente. Nesse época a programação cultural diminui, mas ela ainda é abundante com festivais de inverno, temporada de hóquei no gelo, pistas de patinação (muitas delas naturais), curling e diversas outras opções devem entrar no calendário.

inverno canadense

Hidrate-se!

Beber água é mandatório. Nos dias mais frios, tendemos a ingerir menos líquido e isso prejudica nosso corpo, além de não ser correto, pois devemos tomar água sempre, independentemente do clima. Não se esqueça que o líquido precioso é necessário para o bom funcionamento de todos os nossos sistemas, então beba água!

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.