Curso no exterior: sonhar, economizar e realizar!

Passar uma temporada de estudos no exterior é o sonho de muita gente. Fatores como a alta do dólar, o preço pouco convidativo das passagens aéreas e até mesmo a dificuldade de juntar dinheiro podem ser decisivos na realização desta meta. Mas antes que passe pela cabeça a palavra “desistir”, é legal lembrar que algumas mudanças diárias de atitude ajudam a dar aquele empurrãozinho para economizar, tirar a ideia do papel e partir para a prática.

Se você está no grupo daqueles que já conseguiram acumular o valor suficiente para embarcar ou ainda conta com o patrocínio de alguém, está dentro de um cenário mais tranquilo. Sabemos que esta não é a realidade de todos, mas é fato de que a partir de um período de trabalho aliado a um planejamento, é possível sim chegar lá. A prova disso são as centenas de histórias felizes que acompanhamos de pertinho e começam diariamente, bem antes do desembarque, especialmente entre os que optam pelo Canadá.

Pensando então na dificuldade que diversas pessoas enfrentam sozinhas, em casal ou em família, selecionamos algumas dicas para ajudar neste processo que vai desde o amadurecimento da ideia até a viagem, propriamente dita. Está mesmo preparado? Leia com atenção, depois respire fundo e mãos à obra!

Faça o planejamento de “A a Z”

Definir com antecedência o país que pretende conhecer, curso que quer fazer, período de estadia, documentações necessárias (inclusive comprovação financeira) indicam o norte o qual deve seguir. A internet é forte aliada para pesquisas e será necessário investir algumas horas para ler e entender mais sobre os passos necessários. Preveja os gastos de antes, durante e depois. Quanto dinheiro você terá que juntar? Faça as contas!

Optando por realizar um programa de estudo, geralmente é preciso que este seja pago antes da chegada ao país. Portanto, a compra bem antecipada garante facilidades na hora de negociar, entre elas, a chance de realizar o pagamento por intermédio de parcelas. Durante o ano há escolas que realizam promoções com descontos que também representam uma boa economia, além de agências que praticam o câmbio mais baixo do que o mercado.

Esse caminho fica mais curto quando se procura um profissional ou empresa com serviços especializados, que disponibilize os anos acumulados de experiência, por exemplo, em educação no exterior ou com o foco nos pedidos de vistos. Assim é possível personalizar o projeto a partir de suas reais necessidades, bem como buscar uma fonte confiável para tirar todas as dúvidas e dar o próximo passo com mais segurança.

Unique pink ceramic piggy bank isolated, Canada

Reveja todos os seus gastos

Sabe aquela história de colocar todas as despesas numa planilha? Esta é sim uma saída bastante utilizada, além do uso de aplicativos específicos, para se saber exatamente como o salário está sendo gasto. Tem despesas fixas que são difíceis de reduzir drasticamente, claro. Mas geralmente neste momento se descobre que alguns reais podem seguir para a poupança, sem tanto sofrimento. Afinal de contas, o sacrifício tem um ótimo objetivo, não é mesmo?

Aquela pessoa que gosta de sair todos os finais de semana, não precisa ficar em casa se lamentando. Mas talvez seja necessário cultivar hábitos mais simples como trocar o jantar no restaurante badalado por um menos caro, ou substituir compras no shopping pelo passeio no parque. Antes de fazer um pagamento pare e pense: “eu realmente preciso disso?”. Deixar de gastar R$ 20,00 ali ou R$ 50,00 aqui com certeza fará diferença com o passar dos meses.

Pense nessas possibilidades abaixo:

A sua operadora de celular, serviço de internet e TV oferecem planos mais baratos? Verifique e negocie!

 

Pegue aquele jogo de videogame que você deixou de lado há anos ou o sapato que usou apenas uma vez e ficou apertado, e venda em um bazar entre amigos ou até mesmo divulgando na internet.

 

Se tiver carro, faça os trajetos menos distantes a pé (inclusive é bom para a saúde), economizando gasolina; e considere vendê-lo, principalmente se o objetivo for ficar um período mais longo fora do país.

 

Tente conseguir um dinheiro extra, por exemplo, dando aula de reforço escolar para as crianças do bairro (escolha aquela matéria que você é fera) ou aceitando a encomenda daquele brigadeiro elogiadíssimo por todos que só você sabe fazer.

 

Pergunte ao gerente do banco o qual você tem conta qual a aplicação que está rendendo mais que a poupança, para que você possa deixar o seu dinheiro enquanto junta. Mas não se esqueça de confirmar os prazos para retirada, assim evita pagar taxas extras.

 

Avise os mais próximos que vale-presentes são ótimos para as datas comemorativas, assim você compra o que precisa e não corre o risco de ficar com algo que não irá usar e ainda gastar com o que realmente necessita. Ah! E fique de olho nas milhas e pontos acumulados do cartão de crédito e de demais lojas as quais é cliente.

Ajustes no projeto

Durante a jornada, é possível sim fazer alguns ajustes neste projeto de ir para o exterior, principalmente quando se tem tempo. E é preciso correr atrás de metas possíveis, ajustando o sonho à realidade. Esse cuidado se dá principalmente pelo fato de que imprevistos acontecem, por isso todo o orçamento precisa ter uma margem de segurança.

Alugar um apartamento inteiro como estadia durante os meses da viagem, por exemplo, representa uma grande porcentagem do investimento total. Neste caso, existem boas alternativas como o homestay, em que uma família local recebe o estudante, disponibiliza um quarto e é possível incluir facilidades como refeições e roupa lavada. Existe também opção de dividir as despesas de moradia com outras pessoas.

Mantenha o foco!

Pode ser que às vezes falte um pouco de paciência ou bata aquela vontade de não resistir ao vestido incrível que está na vitrine da loja, mas lembre-se do seu propósito e mantenha o foco. Desta forma você terá certeza se realmente é isso o que quer e se não vai ficar sofrendo com a escolha. Não tem uma mágica, mas aos poucos cada pessoa encontra a sua fórmula ideal.

Envolver a família e os amigos (que pensam positivamente, claro!), também ajuda muito neste processo. Aliás, pode acontecer que mais alguém se anime e embarque junto na aventura, o que torna o caminho de poupar até mais fácil. Enfim, acreditar e se motivar com o sonho, fazer um planejamento real e minucioso, com uma pitada de disciplina, é uma receita possível sim e capaz de fazer você chegar exatamente no lugar que quer!

E você, tem alguma dica de economia? Se sim, compartilhe conosco!

 

Comentários Facebook