A última rodada de convites do Express Entry (EE), ocorreu no dia 9 de maio e enviou Invitatios to Apply (ITA) a 3,5 mil candidatos já cadastrados no pool e com perfis ativos. Como de costume, os participantes com maiores pontuações são convidados. Porém, nas duas últimas chamadas o programa atingiu a menor pontuação de corte do ano, sendo que a nota chegou aos 441 pontos do Comprehensive Ranking System (CRS).

Nos últimos dois sorteios o número de pessoas chamadas foi o mesmo e a nota de corte também, sendo a mais baixa de 2018. Em janeiro e fevereiro o menor score foi de 442, chegando a 456 em março e caindo para 441 na última rodada em abril e na primeira ocorrida neste mês.

* Para saber como imigrar para o Canadá pela maneira mais famosa e que leva mais newcomers ao país, o Express Entry, acesse www.immi-canada.com/como-imigrar-canada-express-entry/ e clique aqui.

Com este último draw, o número de ITA’s emitidos até agora, somente neste ano, chega aos 28 mil. Além do menor corte, os sorteios também apresentaram o maior número de convites. Em nove rodadas até agora, sete delas variaram entre 2.750 e 3 mil chamados, somente as duas últimas chegaram a este montante de convites enviados.

draw

Segundo dados e metas divulgadas pelo Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC), em novembro do ano passado, quando fez público seu plano de imigração plurianual, estes números tendem a aumentar. Em 2017, no mesmo período, sete dos nove primeiros sorteios tiveram mais do que 3,5 mil convites. Por isso a expectativa é que os próximos draws tenham mais chamados e a nota de corte baixe alguns pontos, para que o governo canadense possa atingir a meta de imigração deste ano.

Como vem fazendo, o IRCC também estabeleceu o critério de desempate pela data e hora de entrada no pool do sistema. Neste draw de chamadas, a data e hora empregadas foram 12 de dezembro de 2017, às 01:51:38 UTC. Isso significa que todos os candidatos com pontuação acima de 441, bem como os inscritos que entraram no draw antes da data e hora com estes pontos, receberam seu convite para aplicar.

Celina Hui, diretora da Immi Canadá e consultora de imigração registrada, declarou que os números são bons presságios. “Estamos ansiosos com os próximos sorteios, mas este último foi o maior deste ano, para atingir a meta estipulada do governo canadense, temos a expectativa que nos próximos o número de convites para aplicar aumentem”, declara a profissional.

* Saiba mais informações a respeito da reserva financeira necessária para imigrar pelo EE clicando aqui.

Um milhão de imigrantes até 2020

Em novembro do ano passado, o governo canadense divulgou um plano plurianual de imigração, que pretende aumentar o número de imigrantes anuais que entram no país para 340 mil até 2020, totalizando um milhão no período de três anos, o que é uma ótima notícia para quem está planejando imigrar. Para este ano a previsão é de 310 mil, já no ano que vem o país irá receber 330 mil novos habitantes e, finalmente, em 2020, 340 mil.

draw

As razões da busca por novos moradores é a crescente falta de mão de obra e a baixa taxa de natalidade. Em 2016 a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) elegeu a região da América do Norte como uma das cinco melhores do mundo para se viver. Além disso, outro motivo é a idade da sua população. A The World Factbook, com pesquisa e dados de 2015, estimou a idade média de homens canadenses em 41,6 anos, enquanto a de mulheres é de 43,1 anos. Para se ter ideia de como este número é alto, no Brasil o número de anos da maioria da população fica em cerca de 31,2, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Outro dado importante é que a quantidade de pessoas com mais de 65 anos no Canadá é de 18% da população total, enquanto as crianças entre 0 e 14 anos somam somente 15,5%. O país é o segundo maior do mundo, um padrão de vida considerado acima da média, uma grande quantidade de recursos da natureza, belas cidades mas, em contrapartida, falta gente. Para se ter uma ideia, segundo o Statistics Canada, no território inteiro vivem cerca de 3,5 pessoas por quilômetro quadrado. Nos EUA vivem 29,1 no mesmo espaço e no Japão, 334 habitantes ocupam a área.

Segundo o governo, estes são os níveis mais ambiciosos de imigração da história recente. Ahmed Hussen, Ministro da Imigração canadense, declarou que serão criados novos sistemas e incentivos para receber os recém chegados. “Trazer um recém-chegado para o Canadá é metade do trabalho. Temos de ter a certeza que são dadas a estas pessoas as ferramentas necessárias para serem bem-sucedidas”, afirma. Os valores divulgados vão representar 1% da população nacional o que, segundo o Ministro, será fundamental para que o país continue tendo uma economia competitiva.

draw

Segundo dados disponibilizados pelo IRCC é claro que eles focarão nos profissionais qualificados. Somente para as categorias de Federal Skilled Worker (FSW), Canadian Experience Class (CEC) e Federal Skilled Trades (FST) o aumento acumulado aguardado para os próximos três anos é de 19,7%. Estas são as categorias principais que passam pelo crivo do Express Entry. Outra categoria que irá crescer nos próximos anos é a imigração provincial, ou o Provincial Nominee Program (para saber mais sobre o processo de cada localidade, clique aqui). Para 2018 a estimativa é que o número de imigrantes que entrem no país pelas províncias cresça 7,8%, ou seja, vá de 51 mil em 2017 para 55 mil em 2018. Já em 2020 a meta é atingir o número de 67.800, o que representa um crescimento acumulado de cerca de 33%.

Fonte: https://www.canada.ca/en/news.html

Fabíola Cottet

Comentários Facebook