Toronto na província de Ontário é a maior cidade do Canadá e a mais multicultural! Somente este fato já atrai a atenção de quem inicia uma pesquisa a respeito deste país. Mas existem outros fatores que fazem desta localidade um dos destinos preferidos de pessoas de todo o mundo, afinal de contas são mais de 2,8 milhões de habitantes, são faladas cerca de 140 línguas e dialetos distintos, há várias belezas naturais… enfim, está cheia de virtudes.

É claro que como qualquer cidade com uma grande área urbana em que a população cresce a cada ano, existem certas problemáticas, mas ela se mantém como destaque em qualidade de vida e oportunidades. Afinal, estamos falando do maior endereço empresarial e financeiro canadense, o que por si só demonstra a sua força e importância no cenário econômico da América do Norte.

Os famosos pontos turísticos, como por exemplo, o maior deles que é a CN Tower, a torre com mais de 553,33 metros de altura, são sempre bastante enfatizados quando se fala de Toronto. Mas hoje trazemos algumas outras curiosidades para quem quer saber um pouco mais a respeito desta bela parte do Canadá, que tem encantado quem por lá chega.

Nathan Phillips Square 

Estrutura

Imagine que você consiga acessar pontos comerciais (restaurantes, lojas, farmácias, supermercados), além de circular entre mais de 50 edifícios, shoppings, estações de metrô, tudo via túneis? Assim é o PATH de Toronto, um dos maiores sistemas subterrâneos de pedestres contínuo do mundo. Isso mesmo, você acessa vários lugares sem precisar sair na rua, o que mais uma vez demonstra a preparação da cidade principalmente na época de baixas temperaturas.

Pensando na questão do transporte público local, quem administra o setor é o TTC (Toronto Transit Commission). É possível percorrer a cidade utilizando os ônibus, a linha de metrô que tem mais de 60 estações, ou os bondinhos (streetcar) na versão mais antiga e também os veículos mais modernos que atendem alguns bairros.

Para a comodidade da população e alegria principalmente dos estudantes, existem cerca de 100 bibliotecas, com equipamentos modernos, acesso à internet, programações diversas para todas as idades, variados acervos, etc. Somente o serviço prestado de forma online por essa rede é acessado por milhões de pessoas por ano. Há ainda aproximadamente 40 centros comunitários que promovem atividades para as famílias locais.

Um dos mais de 1.500 parques públicos a cidade

Contato com a natureza

Há quem pense que Toronto está somente tomada por edifícios e construções, e nada de natureza. Mas isso não é verdade, pois há centenas de quilômetros de trilhas, rios e riachos que fluem para o Lago Ontário, ilha e grandes áreas verdes. Se contarmos somente os parques públicos ultrapassamos o número de 1.500, com variadas espécies de árvores e plantas, e espaços para relaxar e se divertir.

O High Park, por exemplo, recebe todos os anos mais de 1 milhão de visitantes. Lá é o endereço das cerejeiras (“cherry blossoms”), possui um charmoso zoológico, e dá para fotografar com o jardim que tem a folha de maple, símbolo canadense, como plano de fundo. Mas não é só isso, pois tem o “Dogs Off Leash Area” que é uma parte especial para quem tem bichinho de estimação, há piscina, restaurantes, entre outras atrações.

E lá faz muito frio?

Quando falamos de tempo e clima, cada ano é uma caixinha de surpresas. Mas em geral, considerando o mês de janeiro como o ponto de partida, o ano se inicia em pleno inverno e em Toronto neva. Mesmo sendo frio, as temperaturas oscilam, inclusive tem dias de muita luminosidade mesmo que os termômetros estejam marcando muitos graus negativos. Mas saiba que a cidade está preparada: as residências e meios de transporte tem aquecimento, há um sistema de limpeza das vias públicas, entre outras medidas.

A primavera chega no final de março, cada semana vai ficando tudo mais florido, e as roupas pesadas vão sendo deixadas de lado. Com a chegada do mês de julho, junto vem o verão e o calor vai aumentando. No auge desta estação, pode ultrapassar os 30° C, assim não dá para ficar em casa e perder os festivais, as tardes no Harbourfront, os passeios à beira do lago, curtir os pátios dos restaurantes e bares, e demais agradáveis opções.

Na sequência, finalmente o outono vai chegando no final do mês de setembro e as folhas começam a cair, para preparar o ambiente e recomeçar o ciclo de preparação para o inverno. Quem tem a oportunidade de passar um ano inteiro na cidade, está diante da chance de conferir de perto todas as características marcantes das quatro estações, com a beleza de cada uma delas.

Você sabia?

A Immi Canada também está presente em um espaço bem no coração de Toronto… faça-nos uma visita!

Endereço: 710-44 Victoria Street, Toronto, ON, Canada

 

 

Fonte / adaptação: www1.toronto.ca

 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Monica

Muito prazer! Eis aqui uma jornalista que ama viajar, conhecer novas pessoas e compartilhar experiências: vivendo e aprendendo, sempre. A primeira conexão São Paulo - Toronto ocorreu em maio de 2014.