No próximo mês os canadenses vão às urnas, para eleger um novo governo federal. Portanto, o Canadá vive agora um período de campanha eleitoral e  no dia 21 de outubro acontece a 43ª eleição geral do True North.  

O atual primeiro-ministro, Justin Pierre Trudeau, do Liberal Party of Canada, definiu o próximo pleito como uma escolha entre “avançar ou voltar às políticas fracassadas do Conservative Party of Canada”. Atualmente, as pesquisas indicam uma ligeira vantagem da ala conservadora. 

Os dois partidos são a favor da imigração econômica para o território, mas existem diferenças na abordagem de cada um e, estas divergências, podem trazer novidades para os processos que levam estrangeiros para as terras do True North no próximo ano. Portanto, a questão imigratória pode, sim, ser um fator importante nessas eleições e a definição do primeiro-ministro canadense gerar algumas mudanças nos programas de imigração no Canadá. 

eleicao-canada

No True North, as empresas canadenses apoiam amplamente a promessa de Trudeau de aumentar o número de imigrantes e refugiados permitidos no país todos os anos para cerca de 1% da população. “Não queremos que a imigração seja usada como arma política aqui, como tem sido nos Estados Unidos”, disse Goldy Hyder, chefe do Business Council of Canada, cujos membros empregam 1,7 milhão de pessoas. Segundo Hyder, as metas do governo federal precisam ser cumpridas e o Canadá precisará de imigrantes para ajudar no crescimento da economia do país. 

No governo Trudeau, o número de novos residentes permanentes aumentou 12% em 2018, para 321.035, o número anual mais alto desde 1913, eclipsando a meta do governo de 310.000.

Para o líder do People’s Party of Canada, Maxime Bernier – que se separou dos conservadores, esse número é muito alto. Ele quer reduzir os níveis de imigração. Até o momento, no entanto, o líder conservador Andrew Scheer reconheceu que “a imigração, feita corretamente, é boa para a economia e boa para a geração de empregos”.

Segundo especialistas no assunto, a escassez de mão de obra em todo o país e o apoio dos canadenses ao sistema de imigração econômica significa que, provavelmente, os processos serão mantidos. A grande questão será como os sistemas serão modificados e a maneira que isso afetará o processo como um todo.

Para Celina Hui, diretora da Immi Canada e consultora de imigração, é importante que, quem é elegível ou precisa de pouco para aplicar para o atual sistema de imigração, o faça o quanto antes. “Como ainda não temos o plano detalhado dos partidos no que diz respeito à imigração, quem já pode aplicar ou precisa de somente melhorar algum detalhe que possa ser alcançado ainda neste ano, é aconselhável se antecipar para evitar possíveis mudanças, caso o partido conservador seja eleito”, aconselha a profissional.

partidos-canadenses

Liberais

Um dos principais focos de Justin Trudeau foi elevar o número de imigrantes que chegam ao país, traçando planos para ter mais de um milhão de novos residentes permanentes até 2021, impulsionando assim o crescimento da população.

Durante o seu mandato, os liberais também introduziram importantes mudanças no programa que mais leva estrangeiros qualificados ao país, o Express Entry (EE). Que é o sistema que gerencia o grupo de candidatos para três das principais categorias de imigração econômica do Canadá: a Federal Skilled Worker Class, a Federal Skilled Trades Class e a Canadian Experience Class.

Saiba como imigrar pelo Express Entry clicando aqui.

Desde 2015 – ano em que o partido assumiu -, o governo vivenciou um aumento dramático no número de Invitations to Apply (ITA’s), emitidos pelo EE: de 33.782 em 2016, para 86.023 em 2017 e 89.800 em 2018. Os liberais também realizaram outras mudanças no sistema de imigração, como a redução do tempo para a cidadania canadense, a concessão de pontos adicionais no EE para quem conclui um curso de um ano ou mais no país e a redução da pontuação no EE para os que tem uma oferta de emprego.

partidos-canadenses

Conservadores

Caso os conservadores vençam o pleito de outubro, as mudanças nas políticas de imigração do Canadá são possíveis. O partido já declarou que considera um sistema justo, organizado e compassivo, que atenda tanto a capacidade de um estrangeiro se tornar autossuficiente no país, quanto às necessidades econômicas das terras canadenses. Uma das medidas, segundo o partido, é vincular diretamente o número de habilidades das pessoas que querem se tornar residentes no Canadá por razões econômicas às necessidades da economia canadense.  

Além disso, um ponto muito criticado pelo partido conservador são as metas de imigração estabelecidas pelo governo liberal.

Quer viver no Canadá? A Immi Canada está sempre disposta a te auxiliar da melhor maneira possível Agende sua consulta de imigração. Entre em contato conosco pelo site www.immi-canada.com/loja-virtual/ ou mande um email para contact@immi-canada.com.

Fontes: 

https://www.reuters.com/article/us-canada-politics/canadian-businesses-have-a-message-ahead-of-the-election-we-need-foreign-workers-idUSKCN1TR2GM

https://www.reuters.com/article/us-canada-election-party-factbox/factbox-canadas-political-party-positions-ahead-of-october-21-election-idUSKBN1W12N9

Maria Augusta Brandt

Comentários Facebook