Cerca de cem mil estudantes internacionais vêm para o Canadá anualmente para fazer o ensino superior. A fim de manter a família unida e aproveitar a experiência da melhor forma, a política de imigração canadense permite que cônjuge e filhos menores de idade acompanhem o estudante para também trabalhar e estudar.

estudante-internacional-familia-canadaO estudante internacional deve estar matriculado em uma instituição de ensino superior em tempo integral, sendo ela pública ou privada. O cônjuge ou companheiro pode aplicar para um visto de trabalho aberto, que permite atuar em qualquer emprego no país e não precisa ter uma oferta de trabalho prévia.

Desta forma, não apenas os cônjuges ou parceiros de estudantes internacionais podem adquirir não só uma grande experiência de trabalho canadense, mas também podem ajudar a sustentar a família financeiramente.

Filhos menores de idade que já estão no Canadá, com pelo menos o pai ou a mãe com permissão de estudar ou trabalhar legalmente no país, não precisam de uma autorização para frequentarem a escola. No entanto, quando a criança atinge a maioridade na sua província, deve solicitar uma permissão para continuar os estudos no Canadá.

A maioridade varia de acordo com a província candense. Em Alberta, Manitoba, Ontário, Ilha do Príncipe Eduardo, Quebec e Saskatchewan, a maioridade é de 18, enquanto na British Columbia, New Brunswick, Newfoundland e Labrador, Territórios do Noroeste, Nova Scotia, Nunavut e Yukon é 19.

O estudante pode trazer seu cônjuge e filhos para o Canadá de duas formas. A primeira é solicitar o seu visto junto com seus dependentes e a segunda é esperar receber a permissão de estudo para, em seguida, apresentar o pedido de seus acompanhantes.

Ao solicitar um visto de estudante, as informações devem ser fornecidas para todos os membros da família que acompanharão o estudante para o Canadá. Para que a aplicação seja aprovada, o aluno e sua família devem mostrar que possuem fundos suficientes para bancar a estadia no país.

Dependendo do país de origem dos requerentes, um Visto de Residente Temporário (VRT) pode ser necessário além do visto de trabalho ou estudo. Veja a lista completa de países que exigem VRT.

O compromisso do Canadá em juntar a família significa que os estudantes internacionais e seus dependentes têm a oportunidade de experimentar a vida canadense juntos. “O Canadá é o lar de algumas das faculdades e universidades mais ilustres do mundo”, disse o advogado e consultor de imigração David Cohen.

Ainda de acordo com o consultor, além de colocar dinheiro na economia canadense enquanto estudam, muitos alunos permanecem no país após a formatura e se tornam membros valiosos da força de trabalho e na sociedade em geral imigrando para o país. Confira o post sobre o assunto! 

Se você quer imigrar para o Canadá e não sabe como, conte com a nossa consultoria!

Comentários Facebook