Express Entry - Cumprindo as Expectativas?

Menos da metade dos imigrantes para o Canadá este ano serão selecionados por meio do novo sistema Express Entry, introduzido pelo governo conservador canadense em Janeiro deste ano, que prometeu suprir as necessidades dos empregadores locais trazendo imigrantes qualificados ao país.

Até agora, após 6 sorteios, pouco mais de 6.850 imigrantes potenciais foram convidados a aplicar para a residência permanente de acordo com as regras do Express Entry. “Não será até 2017, dois anos após o seu lançamento, que a maioria dos imigrantes terão seus processos finalizados por meio do novo sistema“, disse o Citizenship and Immigration Canada. A mudança referente ao novo sistema de imigração econômica foi anunciada em 2012 e está em vigor desde 1º de janeiro de 2015.

De acordo com o plano de níveis de imigração de 2015, o Ministério da Cidadania e Imigração do Canadá se comprometeu em aceitar entre 260.000 e 285.000 novos residentes permanentes, cerca de dois terços deles imigrantes econômicos. Para cumprir a meta, o governo precisa admitir cerca de 22.500 imigrantes por mês, cerca de 10 vezes o número que são admitidos pelo Express Entry  atualmente. A maioria dos novos imigrantes deste ano terá que ser selecionado através do sistema antigo, que foi criticado porque era lento e funcionava como “primeiro a chegar, primeiro a ser servido”.

CIC está em um período de transição com a recente implementação do Express Entry que terá uma duração de cerca de dois anos“, disse Johanne Nadeau, porta-voz do CIC.

A maioria dos imigrantes econômicos que irão chegar em 2015 é parte de um conjunto de pessoas que se candidataram para entrar no Canadá nos anos anteriores ao Express Entry foi introduzida, disse Nadeau. Não está claro exatamente qual a proporção de imigrantes virá do Express Entry, ou se o ritmo em que os convites são emitidos vai aumentar.

O CIC não quis dizer se ele tem metas anuais ou expectativas para admissões de “entrada expressa” neste momento. O número de novos residentes permanentes que vêm através do programa deverá crescer em 2016 para cerca de metade de todas as admissões. Em 2017, a maioria, se não todas as admissões deverão ser pelo Express Entry, disse a porta-voz.

O governo introduziu Express Entry com muito entusiasmo, como um mecanismo de seleção que faria a imigração econômica mais sensível às necessidades dos empregadores e do mercado de trabalho local. Ele foi anunciado como uma revolução, sendo comparado até mesmo com um site de namoro e descrito como uma maneira para que os empregadores pudessem encontrar o “par ideal”, de acordo com as habilidades que eles necessitam, além de ser a porta de entrada para os imigrantes em potencial.

Sob o novo sistema, os candidatos passam por uma avaliação inicial. Eles são classificados em fatores como idade, educação e habilidades de trabalho e atribuída uma pontuação em uma escala de 1.200 pontos. A nota de corte é selecionada pelo ministério e todos aqueles que a pontuação estiver acima da indicada são convidados a se tornarem residentes permanentes. O CIC espera ter 15 a 25 sorteios este ano. Os candidatos com uma oferta de trabalho canadense ou os nomeados por um programa provincial tem uma vantagem significativa, devido à forma como os critérios são ponderados, já que eles automaticamente somam 600 pontos por tal fator.

O número de pontos necessários para a admissão caiu de quase 900 no início de janeiro, para 453 no final de março. Como a exigência pontos deslizou, o número de convites subiu.

Inicialmente, todos os candidatos selecionados no âmbito do Express Entry tinham ofertas de trabalho válidas ou foram nomeados pelo programa provincial. Aos interessados em imigrar para o Canadá, o novo sistema fez, mais precisamente a necessidade de uma oferta de trabalho, com que os mesmos ficassem mais desesperançosos.

As duas rodadas mais recentes, foram selecionados candidatos que não possuíam nenhuma oferta ou nomeação, o que aliviou um pouco a ansiedade entre os candidatos.

O objetivo do novo sistema é ser rápido, flexível e receptivo à um mercado de trabalho em mutação, além de reduzir o tempo de processamento. No sistema antigo, cada aplicação deveria ser julgada na ordem em que foi recebida, com isso os casos de atraso no processamento cresceu. Sob Express Entry, apenas aqueles com grandes chances de se classificar para a residência permanente precisam de uma avaliação adicional.

O CIC está caminhando para atingir o seu objetivo anual global, mesmo que a maioria sejam de processos anteriores“, disse Naomi Alboim, professor de política pública da Universidade de Queen.

Eles têm um grande inventário de aplicações que estavam em vigor antes de 1 de janeiro, o que significa que estão processando dois sistemas paralelos“, completou.

Fonte: http://m.theglobeandmail.com/news/national/ottawas-new-express-entry-immigration-system-slow-off-the-mark/article23801745/?service=mobile


QUER PLANEJAR SUA IMIGRAÇÃO PARA O CANADÁ? AGENDE UMA CONSULTORIA CONOSCO

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Deborah Calazans

Deborah Calazans, Graduada e Pós-graduada em Jornalismo, é membro da equipe da Immi Canada desde 2013 e atualmente atua como a Gerente Geral dos escritórios da Empresa no Brasil, sendo responsável por todo acompanhamento nos processos dos Vistos de Residência Temporária.