Já pensou em trabalhar no “varejo” do Canadá?

“Chegando no Canadá com a minha permissão de trabalho, gostaria de encontrar uma oportunidade de atuar como vendedor, estoquista ou caixa”. Se isso em algum momento passou pela sua cabeça, saiba que no mercado de varejo canadense existem muitas vagas como estas, sendo este setor responsável por empregar milhares de pessoas, desde os cargos considerados como “entry level”, ou seja, que exigem menos qualificação, até os mais altos níveis de gerência. Até mesmo os estudantes que são autorizados a trabalhar “part-time” (20 horas semanais), também encontram chance de prestar esses serviços.

Ser comunicativo é importante e quanto mais domínio do idioma local você tiver, mais chances terá de obter sucesso nesta área, principalmente pelo fato de que várias funções exigem ter contato direto com os clientes. Trabalhar como caixa em uma loja, por exemplo, vai requerer habilidades matemáticas, bem como a capacidade de atender com rapidez e eficiência mesmo sob pressão, quando o estabelecimento estiver cheio.

É comum também que o profissional seja contratado para exercer diferentes postos durante a jornada de trabalho, por exemplo, passando um período arrumando as mercadorias e o outro como responsável pela área do provador de roupas, ou seja, um multitarefa. De acordo com o Conselho de Varejo do Canadá, os varejistas já representavam mais de 2 milhões de pessoas em 2006, espalhados por todo o país em mais de 227.000 lojas e estabelecimentos comerciais: dez anos depois os números aumentaram e a tendência de crescimento continua.

Mais detalhes sobre esse mercado de trabalho

Na matéria que fizemos anteriormente, chamada “Profissões de destaque no Canadá” trouxemos a lista dos setores que mais anunciaram vagas de trabalho, e o segmento de vendas e varejo aparece na segunda posição, segundo dados do site “Monster.ca” (especializado em recrutamento e carreira). Portanto, nesta mesma fonte coletamos os dados apresentados neste texto a respeito deste aquecido mercado do país, e que podeser uma porta de entrada para os que chegam pela primeira vez.

De acordo com as estatísticas, a previsão é que os trabalhos no segmento varejista cresçam cerca de 10% nos próximos dez anos. A taxa de volume de negócios para posições de vendas é considerada elevada, e isto significa que neste momento existem posições a serem preenchidas em todo o território canadense. Vale reforçar que oportunidades para gerente de loja, por exemplo, podem não apresentar um crescimento tão grande, pois há menos vagas disponíveis dentro de um estabelecimento, e nesta função geralmente se destacam aqueles que tem mais experiência na área.

Mas outro ponto bastante positivo é o fato de que os empregadores canadenses não fazem restrições quanto a idade dos candidatos, portanto no varejo existe um grande espaço tanto para os jovens que estão começando a vida profissional, quanto para as pessoas mais velhas que já atuaram neste mercado ou estão em transição de carreira. Então, eis mais um campo bem democrático de atuação!

shutterstock_2023352441

A média salarial

Ainda de acordo com o site Monster Canadá, de um modo geral a taxa de remuneração média por hora para um vendedor no varejo no início de carreira está entre $9,40 e $14,25 CAD (lembrando que há variação, principalmente pelo fato de que cada província tem um salário mínimo diferente).

Já um gerente de uma rede de lojas e com um bom nível de experiência pode ganhar um salário médio anual de mais de $ 41.000 CAD (o que pode variar devido ao porte e segmento da empresa, bem como província). É preciso considerar ainda que geralmente para esta posição se remunera com salário fixo mais bônus com base no desempenho da equipe. Há empresas que oferecem atrativos adicionais como a participação nos lucros.

Pesquise sobre as oportunidades que estão abertas agora!

Segundo o Instituto Canadense de Varejo, os empregadores locais estão sempre à procura de candidatos que tenham iniciativa, muita energia e grandes habilidades interpessoais como a facilidade em se comunicar e resolver problemas. Diversas lojas realizam feiras de emprego, principalmente quando estão para inaugurar uma unidade, o que sempre é uma excelente chance de se conseguir uma vaga.

Selecionamos cinco empresas do segmento, com os links direitos das páginas de “carreiras”, para que você possa verificar algumas oportunidades que existem neste momento. Quem sabe uma dessas posições de trabalho pode ser sua? Confira:

Hudson’s Bay Company – esta é a maior rede de lojas de departamento do Canadá, que foi fundada no ano de 1670 e é a empresa mais antiga da América do Norte; atualmente conta com mais de 460 unidades e 66 mil funcionários em todo o mundo (veja a matéria sobre uma das lojas localizada bem no centro de Toronto, clicando aqui).

Clique e veja as vagas disponíveis!

 

Le Château – este é um fabricante e varejista canadense do segmento de vestuário de moda contemporânea, acessórios e também calçados. Hoje, a marca é vendida exclusivamente em mais de 210 lojas em todo o Canadá. A empresa possui cerca de 2500 profissionais nos mais diversos cargos.

Clique e veja as vagas disponíveis!

 

Wine Rack – a empresa conta com mais de 160 lojas (consideradas verdadeiras boutiques no segmento), sendo especializada na venda de vinhos na província de Ontário. Nas unidades são oferecidos mais de 150 tipos diferentes da bebida.

Clique e veja as vagas disponíveis!

 

Town Shoes – este varejista de calçados tem mais de 60 anos de mercado, possui cerca de 60 lojas e faz parte da empresa Town Shoes Ltda que conta com 200 unidades em todo o Canadá, e é composta ainda pelas marcas The Shoe Company, Shoe Warehouse, Sterling e Canadian DSW.

Clique e veja as vagas disponíveis!

 

Best Buy Canadá – esta famosa loja americana que atua na venda de eletrônicos e iniciou suas atividades em terras canadenses no ano de 2002, e hoje conta com quase 200 unidades espalhadas pelo país, empregando centenas de profissionais.

Clique e veja as vagas disponíveis!

Extra!! Além dos sites oficiais das lojas e as feiras de carreiras realizadas ao longo do ano, muitos locais aceitam receber o currículo pessoalmente, o que facilita muito para quem já está no Canadá. Se esta for a sua estratégia para conseguir um trabalho, aproveite para pedir para falar com o gerente: alguns deles atendem com simpatia e às vezes até realizam uma pequena entrevista na hora.

Boa sorte ☺!

 

Comentários Facebook