Os canadenses votaram, e o Partido Liberal de Justin Trudeau entra em cena como o novo governo majoritário, deixando o Partido Conservador de Stephen Harper como oposição.

 

Com a campanha “Real Change Now” os Liberais, liderados por Justin Trudeau, conseguiram retirar Stephan Harper após três mandatos consecutivos do poder e levaram as eleições canadenses de 2015.

Momentos após a liberação dos resultados das eleições, Justin Trudeau diz que os canadenses “mandaram uma mensagem clara hoje – é tempo de mudança”. (http://www.bbc.com/news/world-us-canada-34578213). Ontário foi a província mais importante para a vitória dos liberais (http://www.cbc.ca/news/politics/canada-election-2015-voting-results-polls-1.3278537.

Essas eleições foram repletas de feitos históricos, começando pelos três meses de campanha política, a mais longa no Canadá desde o século 19. Além disso, Trudeau ganhou o voto da maioria não apenas em toda a parte inglesa, mas também em Quebec, um fato que não ocorria desde 1980 quando o seu pai, Pierre Elliott Trudeau ganhou a eleição.

 

Propostas sobre imigração

O governo liberal do agora primeiro ministro Justin Trudeau propôs introduzir um novo plano para consertar o sistema de imigração do Canadá (https://www.liberal.ca/liberal-immigration-plan-focused-on-family-reunification-middle-class-growth/), focando na reunificação das famílias. O acesso dos aplicantes à imigração que possuem parentes canadenses será facilitado através da concessão de mais pontos no sistema do Express Entry. Além disso, cônjuges em processo de imigrar para o Canadá poderão receber a residência permanente imediatamente, sem precisar esperar pelo período de 2 anos de acordo com as regras atuais.

Justin

 

Pessoas que desejam imigrar com a família podem ser muito beneficiadas com o novo governo, que pretende dobrar o orçamento atual para o processamento de aplicações de famílias, além de dobrar o número de novas aplicações permitidas anualmente, passando das 5.000 atuais para 10.000. Dependentes legais voltarão a ter a idade máxima de 22 anos como requisito para serem aceitos junto a um aplicante principal, o que substitui a atual idade de corte de 19 anos. Isso pode permitir que mais famílias possam trazer seus filhos para o Canadá.

O plano de governo dos liberais para o sistema de imigração do país leva em conta expandir a recepção de refugiados da Síria e do Iraque para 25.000 vagas, através de patrocínio imediato e direto do governo do Canadá. Patrocinadores privados também poderão fazer parte dessa mudança.

Quanto à polêmica proposta de lei C-24, que cria a categoria de cidadãos de segunda classe para pessoas não nascidas no Canadá, a proposta do governo liberal é “revogar os elementos injustos” (https://www.liberal.ca/files/2015/09/A-new-plan-for-Canadian-immigration-and-economic-opportunity.pdf), revogação que, na prática, facilitaria o processo de cidadania para novos imigrantes no país.

Para estudantes internacionais, o novo governo propõe reduzir barreiras e facilitar o acesso às aplicações para a residência permanente e a cidadania.

Para caregivers, o governo propõe trabalhar junto às províncias e territórios a fim de desenvolver um sistema de empresas regulamentadas que contratem cuidadores (caregivers), o que hoje é de responsabilidade das próprias famílias. A nova regra permite maior segurança para os cuidadores, permitindo que mudem de empregador (família) em caso de maus tratos ou abuso, e também permite maior tranquilidade para as famílias, que não precisarão mais passar por complexa burocracia para contratar cuidadores.

  

Demais propostas

De acordo com o National Post (http://news.nationalpost.com/news/canada/canadian-politics/everything-you-need-to-know-about-the-parties-platforms), algumas das propostas do Partido Liberal do Canadá focam em benefícios para a classe média, reduzindo, por exemplo, as taxas aplicadas sobre a renda dos canadenses.

Para o meio-ambiente, o partido pretende investir consideravelmente em tecnologias “limpas” ou ecológicas, para sistemas de produção como silvicultura, pesca, produção de energia e agricultura.

Para empregos, existe a proposta de investir cerca de CAD$1,5 bilhão durante um período de 4 anos para implementar uma estratégia de empregabilidade para jovens. A previsão é de que cerca de 125.000 jovens sejam beneficiados.

Outra proposta interessante é oferecer maiores fundos para que as províncias invistam em treinamento e aperfeiçoamento profissional para seus residentes, auxiliando também os cidadãos das nações indígenas a aperfeiçoar suas qualificações para o mercado de trabalho.

Para os estudantes, existe um plano de aumentar as bolsas de estudo em 50% ao ano, permitindo que os estudantes possam esperar obter um trabalho que lhes proporcione uma renda mínima necessária antes de precisarem iniciar os pagamentos dos empréstimos estudantis.

Por fim, pode haver um grande investimento em centros de pesquisas, beneficiando a competitividade do país em termos de infraestrutura acadêmica e desenvolvimento industrial.

 

Entenda como funcionam as eleições no Canadá

Apenas cidadãos canadenses a partir dos 18 anos de idade podem votar nas eleições nacionais, e o voto não é obrigatório. No entanto, cada vez mais pessoas estão votando, devido a uma maior conscientização por parte dos eleitores.

As eleições nacionais são governadas pelo Canada Elections Act, e são administradas por uma agência independente, a Elections Canada. O Canadá possui um sistema de votação plural, diferentemente do Brasil, e isso significa que o único vencedor é o candidato com maior número de votos, embora não tenha necessidade de que vença por maioria absoluta.

O vencedor das eleições, ou aquele que possui um maior número de assentos na Câmara dos Comuns, se torna o primeiro ministro do país, e o partido que fica em segundo lugar, com o segundo maior número de assentos na Câmara dos Comuns, se torna a oposição oficial.

Com esse sistema, não é necessário votar para cada cargo independentemente, pois o partido vencedor será encarregado de preencher os assentos disponíveis com seus próprios membros. Por meio desse sistema, não é preciso estudar as proposições de cada candidato, mas sim as ideologias dos partidos.

Historicamente, os dois partidos mais predominantes no Canadá são o Partido Conservador do Canadá e o Partido Liberal do Canadá, que têm se revezado no governo ao longo dos anos, desde 1867. Cada parlamento possui um mandato máximo de 5 anos, sendo que, desde uma ameda de 2006 ao Canada Elections Act, as eleições para o termo seguinte ocorrem no mês de Outubro do quarto ano.

A votação em si é realizada por meio de cartões, em que cada eleitor marca o partido que deseja ver no governo. A contagem dos votos é um tanto demorada, mas esse sistema fornece uma menor probabilidade de fraudes do que sistemas com urnas eletrônicas.

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Deborah Calazans

Deborah Calazans, Graduada e Pós-graduada em Jornalismo, é membro da equipe da Immi Canada desde 2013 e atualmente atua como a Gerente Geral dos escritórios da Empresa no Brasil, sendo responsável por todo acompanhamento nos processos dos Vistos de Residência Temporária.