Grupo 1
Grupo 1
Live-in Caregiver Program - O tempo de espera pela Residência Permanente está a cada dia maior

Live-in Caregiver Program - O tempo de espera pela Residência Permanente está a cada dia maior

22 de Outubro de 2014

O número de pessoas à espera da Residência Permanente sob o programa que traz cuidadores e babás estrangeiros para o Canadá (Live-in Caregiver) cresceu para mais de 60.000, de acordo com documentos oficias publicados. Sendo que mais da metade dos indivíduos à espera de residência são os cônjuges e filhos desses cuidadores estrangeiros que já vivem no Canadá.

Os Cuidadores estrangeiros são elegíveis para aplicar para a residência permanente depois de dois anos de trabalho no Canadá, mas pode demorar mais de três anos para processar suas aplicações. Uma vez que é concedida a Residência à eles, é permitido, então, aplicar-se para trazer seus filhos e/ou cônjuges.

shutterstock_178949132

O tempo de processamento longo é bastante criticado, já que o distanciamento entre as famílias é algo que causa danos, principalmente aos filhos. Mas há outra razão para esta demora e se é discutido também uma reforma no Programa, já que muitos processos estão sendo realizados pelos próprios membros da família do cuidador, ou seja, contrato um parente por meio do programa, para que o mesmo tenha a possibilidade de receber a Residência Permanente Canadense.

Segundo relatos de vários funcionários da imigração que datam de 2006 até recentemente, em 2011, assinalaram a preocupação de que os membros da família já no Canadá estão contratando parentes no exterior como cuidadores para trazê-los ao país. A maior parte dessas aplicações são para os cuidadores das Filipinas.

Esses relatórios internos, obtidos pela CBC News, sugerem que desta maneira o programa está beneficiando, em maior parte, famílias filipinas que vivem no Canadá, e não está oferecendo a outros canadenses que sim possuem a necessidade de ter um cuidador e de acordo com as regras do Live-in Caregiver Program.

O Ministro do Emprego, Jason Kenney, disse em junho que programa Live-in Caregiver havia se transformado em um “programa de reunificação familiar”. Mas Teresa Agustin, presidente do Migrante Canada, uma organização nacional que representa os imigrantes filipinos, diz que a afirmação é falsa.

Ela aponta para um estudo nacional publicado no início deste ano de 631 cuidadores antigos e atuais, onde mostra  que a grande maioria foram recrutados para o Canadá através de agências de emprego.

De acordo com o levantamento da GATES, apoiada pelo Social Sciences and Humanities Research Council, mostra que apenas um em cada 10 cuidadores recentes foram contratados por parentes.

Manuela Gruber Hersch, presidente da Associação das Agências dos Cuidadores e Babás do Canadá, diz que o Canadá deve-se considerar a adoção de um sistema semelhante aos dos EUA ou da Holanda, onde as agências são responsáveis ​​por encontrar os cuidadores e babás para as famílias canadenses.

E-mails internos de imigração mostram que o governo contratou temporariamente mais funcionários para área de limpeza, o que pode ser o motivo do atraso de mais de 9.000 aplicações entre 2006-2007.

Segundo especialistas no assunto, os atrasos poderiam ser evitados se o governo impor limites no número de autorizações de trabalho, emitidas anualmente para o Live-in Caregiver Program.

Mudanças podem ocorrer com o início do Express Entry (Novo sistema de imigração)

O Ministro da Imigração Chris Alexander disse que 17.500 aplicações serão processadas a partir da carteira de residência permanente neste ano.

Alexander também sinalizou que, com a implantação em 2015 do Express Entry, o novo sistema de imigração canadense,  está pensando em mudar o Live-in Caregiver.

Com o Sistema Express Entry, apenas um número limitado de postos de trabalho estarão disponíveis sob qualquer ocupação e a residência permanente só aos mais qualificados candidatos será “oferecida”.

Durante uma reunião, o Ministro disse que uma das mudanças no Live-in Caregiver Program, poderá ser em tornar facultativo a obrigação dos cuidadores e babás viverem com seus empregadores.

Kenney, atual Ministro do Trabalho, que era o Ministro da Imigração antes de Alexander, disse ao comitê Commons sobre a imigração em abril de 2013, que o número de aplicações de cuidadores estrangeiros foi de 45.000, com um tempo de espera de cinco anos.

O número atual ultrapassa as 60.000 aplicações, o que não inclui cuidadores estrangeiros que estão no sistema, mas ainda tem de cumprir os seus dois anos de trabalho na área antes de se classificar para a residência permanente. Kenney disse na época que o número foi de 35.000.

Fonte: http://www.cbc.ca/news/politics/foreign-caregivers-backlog-grows-as-families-wait-for-residency-1.2778317

 

Comentários Facebook
Categorias
Posts mais acessados
Siga-nos!
120 mil
likes
+600
seguidores
53 mil
seguidores
13,9 mil
inscritos
+20 mil
cadastrados
Grupo 1
CONTATO
contact@immi-canada.com
VANCOUVER: +1 (604) 684-0530
TORONTO: +1 (647) 351-5800
Redes sociais
Caminho 139
cartmagnifiercrosslist