Minha experiência de vida em Toronto

Por Alexandre Braga

Eu acredito que todos nós temos em algum momento da vida aquele “insight” que nos leva a tomarmos decisões que podem nos marcar para o resto da vida. Completarei 40 anos aqui em Toronto dia 28 de Dezembro, e isso não poderia ser um presente melhor para aqueles que acreditam que a vida de fato começa aos 40.

Sou Engenheiro Químico, trabalhei 15 anos praticamente na mesma empresa, e sempre tive o desejo de ter essa experiência de viver em outro país. Então, no início desse ano quando tive o “insight” comecei a pesquisar sobre o possível destino, pois decisões como essa precisam ser muito bem planejas, de modo que cada momento possa ser de fato inesquecível e enriquecedor. Depois de muita pesquisa e mil dúvidas, enfim decidi, o Canadá seria o destino. Mas muitos perguntam, por que o Canadá e por que Toronto?alexandre braga

Imagem: Alexandre Braga/Arquivo Pessoal

Esta é uma questão muito particular, cada pessoa tem um ponto de vista, mas vamos lá! O Canadá é um dos países mais lindos do mundo, com uma beleza natural exuberante e um mix cultural muito interessante. Aqui vivem pessoas dos cinco continentes. Essa característica multicultural torna o país muito atrativo, hoje é considerado o país das grandes oportunidades.

No Canadá vivem 36 milhões de pessoas em uma área muito similar a do Brasil, onde vivem 200 milhões de pessoas. A escolha por Toronto foi basicamente por ser a maior cidade do país, além de estar próximo a Nova Iorque, sempre quis conhecê-la. Estamos a 12 horas de viagem de NY se optarmos pela viagem de ônibus ou 1:30 se a opção for aérea. ( Conselho, antes de vir providencie o visto americano! )

Uma questão muito interessante para aqueles que estão vindo aprender inglês no Canadá é que o inglês canadense é o “inglês do mundo”, ouvi esse dito popular, mas fui entender depois de estar aqui. A razão é essa do parágrafo anterior, o mix de pessoas permite que tenhamos experiências de ouvir “vários sotaques diferentes” todos os dias, o que a princípio às vezes incomoda, mas depois você vê que na verdade é um grande diferencial.

Outro ponto que me trouxe para Toronto foi ouvir que o custo de vida aqui fosse mais em conta que outros destinos, onde normalmente muitas pessoas vão para estudar inglês. Esse talvez tenha sido até agora a única situação que de fato tenha me surpreendido ao contrário do que imaginava, viver aqui não é nada barato. Mas, se bem planejado, como te sido meu caso, é possível sim aproveitar bastante.

Cheguei aqui dia 9 de setembro, ainda estava calor, pude andar quase 30 dias sem blusa. O verão aqui começa em junho e vai até agosto, épocas que são bem quentes. Não é novidade para ninguém que o frio do Canadá é cortante, este é um dos motivos que me trouxe para cá, gosto do frio e ainda não tinha tido a oportunidade de viver a experiência da neve. O frio sim é intenso, mas a cidade é preparada para isso, ambientes fechados aquecidos, transporte público aquecido, enfim, o incômodo do frio é apenas quando se está ao ar livre. O que se vê nas ruas é uma elegância diferenciada pela moda inverno, eu praticamente aprecio bastante.

Nesse curto período pude ir a muitos lugares interessantes aqui no Canadá, como: CN Tower, Casa Loma, Toronto Island, 1000 Island, Esportes Locais ( basebol, Basketbal, Hockey ), Niágara Falls, Ottawa, Montreal e Quebec. Minha primeira experiência de neve foi em Quebec, aliás, que cidade linda, encantadora. Um dos cinco lugares mais lindos do mundo para prática de Ski está em Quebec. Para os noivos que estão em dúvida de um perfeito lugar para lua de mel, segue a dica, vocês não irão se arrepender.

Aqui está um pouco da minha história e da minha impressão sobre esse exuberante, lindo e acolhedor país, espero que possa inspirá-lo nas suas decisões.
Eu aqui fico e estendo meu visto para outros seis meses!

Se você se interessou pela história do Alexandre e quer saber como imigrar, conte com a nossa consultoria!

Comentários Facebook