Já escrevemos alguns artigos sobre o inverno no Canadá, tentando desmentir alguns mitos, dando dicas e, principalmente, passando alguns cuidados para se ter nas baixas temperaturas. Porém, o inverno do país iniciou recentemente (21 de dezembro) e vai até o dia 20 de março do próximo ano. Então o que fazer nesses três meses? Se fechar em casa e esperar a primavera chegar? Não! Pelo contrário, a temporada de festas, juntamente com o clima, propicia diversos programas diferenciados, que os brasileiros não estão acostumados a fazer e muita coisa legal para se divertir.

Neste artigo traremos algumas dicas e também atividades que só o clima gelado e temperaturas baixas ou negativas proporcionam. A primeira dica é: esteja preparado e verifique previamente a temperatura média da região para a qual você pretende ir ou quantos graus farão no dia, caso você já esteja morando no país. O Canadá, embora tenha um inverno bem mais rigoroso que o Brasil em toda a sua extensão territorial, possui grandes variações de temperatura. Em Vancouver, por exemplo, a temperatura média do mês de janeiro varia entre 2 e 7 graus celsius. Já em Winnipeg, cidade localizada mais ao Norte, no mesmo período do ano, a média fica entre -12 e -20 graus.

*Clique aqui e acesse o nosso artigo “Desmistificando o inverno canadense”.

Outro conselho importante é investir em roupas adequadas. Caso você chegue ao país no pico do inverno, leve blusas e algumas térmicas para passar os primeiros dias, vestindo-se em camadas e, assim que possível, adquira roupas adequadas: casaco impermeável para o frio da região onde vai visitar ou morar, meias grossas térmicas, blusas térmicas, botas para neve, calça para neve (caso necessite), segunda pele para colocar por baixo da calça e acessórios como luvas, toucas, protetores de ouvido, cachecóis, etc.

inverno

O primeiro cuidado com relação à pele quando vivemos invernos bem frios é cobrir o máximo possível do corpo que fica exposto ao sair às ruas. Fazendo isso já se evita-se problemas como windburn e frostbite. O primeiro é uma queimadura da pele ocasionada pelo vento gelado. Já o segundo é uma lesão ocasionada pelo congelamento da pele e tecidos, sendo mais comum nos dedos dos pés, mãos, nariz, orelhas, queixo e bochechas. Ambos podem trazer incomodo e complicações à saúde. O segundo cuidado é não esquecer de utilizar um bom hidratante.

*Veja mais cuidados necessários no inverno clicando aqui.

Atividades e programas

No inverno se fica mais em casa, isto é um fato. Principalmente quando as temperaturas marcam graus abaixo de zero. Isto não quer dizer que no inverno não tenha nada para fazer, muito pelo contrário! Elaboramos abaixo uma lista de programas e atividades imperdíveis para se fazer na época. Aqui cabe um alerta: verifique sempre a previsão do tempo quando for fazer atividades ao ar livre. As prefeituras locais emitem alerta de frio extremo e, quando estes alertas estiverem ativos, o melhor é limitar as atividades ao ar livre e proteger-se com roupas adequadas.

*Saiba mais sobre como são as quatro estações do ano no Canadá clicando neste link.

  • Patinação no gelo

Não precisa ser especialista em patinação e muito menos atleta olímpico para se arriscar em uma pista natural. Sim, eu disse natural mesmo, no rio congelado. Em algumas cidades como Winnipeg e Ottawa existem lagos que congelam durante um período do inverno e a prefeitura, com toda a manutenção e cuidado, abre pistas de patinação que possibilitam, além de patinar, caminhar, jogar curly e fazer brincadeiras. A maioria destes locais são gratuitos e você só paga se não tiver seu próprio patins e precisar alugar. Mas os preços são em conta: cerca de CAD$ 6 sem limite de tempo.

Além disso, em quase todas as cidades, é possível encontrar um lugar para patinar. Mesmo que não seja sobre as águas, a região sempre terá uma praça ou local onde se é possível praticar o esporte e se divertir muito!

inverno

  • Esquiar

Como a quantidade de neve no inverno é grande, experimente esquiar nas colinas em Whistler, Mont Tremblant ou em Alberta, próximo ao famoso destino de Banff. Mesmo sem saber, vale a pena! Existem aulas gratuitas na estação de esqui, locais para alugar os equipamentos e diversão garantida! Ademais, as estações não se limitam somente a isso. Os seus centros comerciais são super charmosos e vale a pena ir nem que seja somente para almoçar e apreciar a paisagem

*Veja mais locais para praticar o esporte clicando aqui.

  • Aproveitar os festivais, feiras e esculturas de gelo

Em todos as cidades eles existem: Ottawa, Vancouver, Toronto, Winnipeg, Calgary, etc. Os festivais de inverno são comuns, com feiras e muita comida gostosa para provar. Artistas canadenses e também internacionais fazem suas esculturas de gelo em competições e elas ficam expostas nas regiões da cidade. Algumas regiões ganham, inclusive, um bar de gelo. Fique atento ao site e programação da sua cidade e não perca!

inverno

  • Cataratas de Niagara Falls

Elas não ficam congeladas por muito tempo e nem em sua totalidade, mas quando isso acontece é um espetáculo de beleza que enche os olhos. O passeio por trás das quedas, que se chama Journey Behind the Falls, também pode ser feito com neve. Obviamente que você pode ir até lá durante o inverno e não ver as quedas d’água congeladas, mas acredite: somente a vista com toda a paisagem branca de fundo, ocasionada pela neve, já vale a visita. Aproveite também para curtir a cidade e visitar Niagara On the Lake, uma região charmosa e cheia de encantos ao lado das cataratas, com festivais, restaurantes, bares e programações.

inverno

Aquecimento e informações

Todos os estabelecimentos, prédios e casas, sem nenhuma exceção, possuem aquecimento. A recomendação governamental é de que no inverno o ideal é manter a temperatura dos aparelhos a 21 graus. Consulte aqui o site oficial com mapa e todos os alertas meteorológicos em vigor, em tempo real, no Canadá.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet