Paralização geral pelos Oficiais de Imigração.
hi-foreign-service-852

Imagem: Internet

 

Foi anunciado pelo CBC News que nessa segunda-feira, dia 29/07, começou a greve geral pelos oficiais de imigração. A paralização atingiu 15 cidades em diversos países, sendo elas: Abu Dhab, Ancara, Pequim, Cairo, Delhi / Chandigarh, Hong Kong, Londres, Manila, Cidade do México, Moscou, Paris, Riyadh, São Paulo e Xangai.

A preocupação do Ministro da Imigração do Canadá é que neste momento, aqueles alunos que querem estudar em uma universidade no exterior, certamente não escolherão o Canadá, devido à demora no processo para aquisição dos seus vistos. Os setores de Turismo e Instituições de Ensino também se preocupam com a situação e o impacto no processamento dos vistos que afetarão os visitantes e estudantes de cursos temporários de inglês.

Pesquisas revelam que entre os meses de junho a setembro 60% dos visitantes do Canadá eram turistas, e 20% deles solicitaram o visto canadense antes de embarcarem ao país. Com a chegada desses visitantes, o Canadá percebeu uma movimentação de cerca de $17Bi na economia.

Com o slogan “Salário igual para trabalho igual”, o sindicato dos Oficiais do Serviço Exterior (PAFSO) já discute o assunto com o governo canadense, porém nenhum acordo foi vetado.

Em sua própria declaração divulgada na sexta-feira (26), Tony Clement, presidente do Treasury Board, disse que o governo canadense está preocupado com a ação dos oficiais de interromperem os negócios internacionais durante a temporada de verão.

“No entanto, queremos tranquilizar nossos amigos canadenses e estrangeiros que, apesar das ações da PAFSO, o Canadá permanece aberto para negócios, e que continuamos a receber os visitantes e estudantes internacionais para viverem no Canadá”, disse Clement.

No Twitter, Clement disse que não poderia comentar sobre as opções futuras, mas que o novo ministro da Cidadania e Imigração Chris Alexander “será capaz de lidar com os recursos necessários.”

Fonte: http://www.cbc.ca/news/canada/ottawa/story/2013/07/26/pol-foreign-service-workers-arbitration.html

Comentários Facebook