PGWP, eTA para brasileiros, Tax Return... a Immi Canadá explica!

Todos os dias recebemos perguntas por intermédio de diferentes canais de comunicação da Immi Canadá, como o facebook, o email oficial contact@immi-canada.com ou diretamente em nossas unidades de atendimento, e assim respondemos a pessoas de diferentes partes do mundo! Ficamos muito felizes em interagir com cada um de vocês, sabiam? Baseados nestas questões, selecionamos informações a respeito de três das dúvidas bem comuns para auxiliar aqueles que estão neste momento pesquisando sobre esses assuntos: PGWP, eTa para brasileiros e o Tax Return.

PGWP – Post Graduation Work Permit

Depois de concluir um curso de nível superior numa instituição de ensino do Canadá credenciada, e que atende todos os requisitos da Imigração, os estudantes internacionais tem o direito de solicitar um Post Graduation Work Permit (PGWP). Desta forma, é possível trabalhar legalmente no país por um período de 8 meses a 3 anos, dependendo do tempo de duração dos estudos.

Por exemplo, quem realizar um programa de 12 meses pode receber o documento com a validade de até um ano. Já quem finaliza a partir de 2 anos de estudos, pode receber no máximo 3 anos de PGWP. É muito importante saber que a aplicação deve ser feita no máximo até 90 dias depois de terminar os estudos, e ainda estando com o status de estudante válido.

Saiba mais detalhes em duas matérias que preparamos sobre o tema:

PGWP – Prazos e Documentos Necessários – Entenda melhor

Chegou o momento de aplicar ao PGWP – Como ficam os meus acompanhantes?

Confirmado o eTA para brasileiros

Finalmente, o governo canadense anunciou que irá incluir o Brasil entre os países beneficiados com a Autorização Eletrônica de Viagem, o Electronic Travel Authorization (eTA), a partir do dia 1º de maio de 2017. Vale saber, que isso não significa que todos brasileiros estão dispensados de visto, pois somente será beneficiado com o eTA as pessoas que possuem o visto americano válido ou ainda que tenham recebido um visto canadense nos últimos 10 anos.

Portanto, quem atende aos critérios estabelecidos pelo governo a partir da data estipulada, deverá acessar o site oficial (http://www.cic.gc.ca/), preencher o formulário de solicitação do eTA e pagar o valor de $7,00 dólares canadenses. Somente depois de autorizado (o que pode demorar minutos ou um tempo maior a critério da Imigração), basta imprimir o documento e apresentar no momento de embarque, juntamente com o passaporte. Esta autorização tem validade de 5 anos ou irá expirar na data do passaporte, o que ocorrer primeiro.

Confira um vídeo sobre o assunto feito pela nossa consultora de Imigração e CEO da empresa Immi Canadá, Celina Hui, junto com o diretor educacional da 3RA Intercâmbio, Francisco Zarro:

 

Imposto de Renda e Tax Return

No Canadá o sistema de declaração de imposto de renda funciona de forma parecida com a do Brasil, e é preciso preencher formulários com os dados do que foi recebido e as despesas de todo o ano anterior. Depois o governo confirma os devidos cálculos dos impostos e taxas, e notifica o declarante se ele terá direito de receber ou terá que pagar algum montante: este é o chamado “Tax Return”.

Cada província do Canadá possui a independência de ter determinadas legislações e regras próprias, portanto os valores relativos aos “Tax Return”, o que inclui a possibilidade de ter acesso ou não a determinados benefícios, se diferenciam de acordo com o lugar de residência. Saiba mais dados a respeito deste assunto no texto “O Tax Return e o Imposto de Renda”.

Atenção estudantes! Para quem está no país como estudante internacional de uma instituição de ensino superior credenciada junto ao governo, tem o direito de solicitar para a unidade escolar o documento T2202 e assim incluir na sua declaração de impostos, mesmo que não tenha trabalhado no período. A regra não vale para quem faz somente um curso de idiomas no país. Entenda especificamente sobre esse tema na matéria “T2202 – Imposto de Renda Canadense para Estudantes de nível superior”.

 

 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Monica

Muito prazer! Eis aqui uma jornalista que ama viajar, conhecer novas pessoas e compartilhar experiências: vivendo e aprendendo, sempre. A primeira conexão São Paulo - Toronto ocorreu em maio de 2014.