Quebec quer que mais estudantes cheguem à Residência Permanente

O Governo de Quebec nunca escondeu sua intenção de aumentar o número de imigrantes que queiram viver na província por meio de programas para estudantes estrangeiros, e pretendem seguir promovendo esta via de imigração.

Nesta última terça-feira, 04 de Outubro, durante uma coletiva de imprensa em Montreal, o Ministério da Imigração de Quebec, juntamente com o Montreal International, anunciaram um novo programa para convidar aos estudantes estrangeiros a permanecerem na cidade como residentes permanentes.

São pessoas que possuem um diploma proveniente de uma instituição em Quebec, falam francês e que conhecem a sociedade local”, disse a Ministra Kathleen Weil  durante o anúncio, no qual também participaram a Ministra de Cultura, Hélène David ,e a Ministra de Relações Internacionais, Christine St-Pierre ,assim como Hubert Bolduc, Presidente da Montreal International.

Mudança no formato

O anúncio não representa uma mudança radical em matéria de imigração, senão em promoção. O Governo de Quebec outorgou um orçamento de CAD$1,6 milhões para que a Montreal International (MI), um órgão criado em 1996 sob um formato público-privado que se encarga de promover o desenvolvimento econômico de Montreal, promova aos estudantes internacionais as opções que possuem para permanecerem nesta região de país.

Este investimento se traduzirá em sessões de informações para os estudantes estrangeiros, organizadas entre MI e o Ministério da Imigração de Quebec. No local darão informação sobre as opções para chegar à Residência Permanente no Canadá, assim como das realidades do Mercado de Trabalho na região da Grande Montreal.

Também é previsto outro tipo de atividades para estudantes estrangeiros, assim como campanhas promocionais.

Estudar para Imigrar

Já há alguns anos existe em Quebec o Programa de Experiencia Quebequense  (PEQ), o atual permite aos estrangeiros que tenham um diploma na província em obter a residência permanente.

A Ministra Weil destacou o feito que leva somente 20 dias para uma pessoa, que cumpra os requisitos, receber o Certificado de Seleção de Quebec (CSQ), o primeiro documento necessário para poder conseguir a residência permanente.

Entre os outros quesitos está a questão de completar um curso de Diploma, assim como ter um nível específico de francês. No caso dos trabalhadores estrangeiros, são exigidas certas condições para poder solicitar a Residência Permanente.

Alguns números

Hubert Bolduc, presidente da Montreal Internacional, disse que apesar de todos os esforços, o número de estudantes estrangeiros que chegam à Residência Permanente é muito baixo.

A cada ano, cerca de 30.000 estudantes vindos de outros países realizam cursos pós-secundários nas Universidades e Institutos da Região. Desses, 50% (Ao redor de 15.000) manifesta o desejo de permanecer na cidade, mas apenas 3.000 completam o processo.

Entre as razões está o domínio do idioma (ou dos idiomas), assim como a pesada burocracia que complica os processos.

A meta para este novo programa de promoção é elevar à 9.000 o número de estudantes estrangeiros que permaneçam nesta região do Canadá.

A nível provincial, a Ministra Weil frisou o anúncio na sua mais recente política de imigração: O governo busca aumentar a 40% a proporção dos imigrantes que chegam a Quebec por meio de programas de estudo e trabalhadores estrangeiros.

A cada ano, 50.000 imigrantes chegam à província. A Ministra da Imigração também anunciou que os estudantes e trabalhadores estrangeiros agora poderão se beneficiar de dois programas de transição em seu processo de imigração: O programa de francisation por meio da Internet, assim como o serviço de atendimento online de integração. Até agora esses programas estavam limitados às pessoas que já haviam chegado à Residência Permanente.

Para mais informações, acesse AQUI.

Fonte: http://nmnoticias.ca/175328/inmigracion-quebec-estudiantes-extranjeros-promocion-montreal-international/

Texto: Tradução e Adaptação – Immi Canada (A cópia e/ou reprodução deste conteúdo, sem prévia autorização, está proibida)

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.