Quem é elegível ao Post Graduation Work Permit?

Após se formar em uma instituição de nível superior (Post Secondary), o estudante poderá aplicar para um Post Graduation Work Permit (PGWP), o que o dará direito a adquirir experiência profissional na área de estudo.

shutterstock_172077230

Qual a duração do Post Graduation Work Permit?

O PGWP terá uma duração mínima de oito meses e um máximo de três anos, dependendo do tempo total do curso.  O Post Graduation Work Permit não poderá ser válido por um período maior que o do programa de estudo do aluno, sendo que para ter direito a essa autorização de trabalho, o programa deverá ser de no mínimo oito meses.

Por exemplo, se o estudante se formou em curso com duração total de quatro anos, ele será elegível a um PGWP de três anos, claro se cumprirem todos os critérios. Agora, se o estudante se formar em um programa de certificação (algo como curso técnico) de oito meses o mesmo terá direito a uma permissão de trabalho de oito meses.

Quem se qualifica para o PGWP?

Antes das mudanças impostas pela Imigração Canadense no último 1º de Junho de 2014, a lei dizia que os estudantes internacionais que haviam se formado em uma das instituições reconhecidas e presentes em uma lista da Imigração teriam o direito de aplicar para o PGWP.

Já de acordo com a lei atual, aos que desejam aplicar para o Post Graduation Work Permit é necessário que se enquadrem dentro das seguintes regras e, assim, terem acesso à esta permissão:

  • Possuir uma permissão de estudo (Study Permit) válida no momento da aplicação ao PGWP;
  • Deverá ser enviada a solicitação do PQWP no prazo de 90 dias da data que a instituição de ensino informou que você completou todos os requisitos do seu programa de estudo;

Seja um graduado em:

  • Uma instituição de nível superior pública;
  • Uma instituição de nível superior privada que opera sob as mesmas regras e regulamentos de uma instituição pública e que recebe pelo menos 50% do seu financiamento a partir de subsídios do governo (atualmente, de nível universitário instituições educacionais privadas somente em Quebec são qualificadas);
  • Uma instituição privada canadense que está autorizada por lei provincial de oferecer graduações (somente se o aluno está matriculado em um programa de estudo que leva a uma graduação, tal como autorizado pela província/território);

Uma instituição de nível superior, pública ou privada em Québec, por meio de um programa de formação profissional ou vocacional aprovado, no qual você adquiriu:

  • Um Diploma de Estudos Profissionais (DVS);
  • Um Atestado de Especialização Profissional (AVS).

Ou

Uma instituição de nível superior privada em Québec, por meio de um programa profissional ou vocacional aprovado, no qual você adquiriu:

  • Um Diploma de Estudos Técnicos (College) (DCS);
  • Um Atestado de Estudos Técnicos (College) (ACS).

 

  • Ter concluído com êxito um programa de tempo integral de estudo (Full Time), por um período de, pelo menos, Oito (08) meses;
  • Fornecer um documento original emitido pela instituição acadêmica, onde é confirmado que o estudante completou todos os requisitos para o programa de estudo (transcrição final, carta da instituição e/ou notificação formal de graduação);

E

  • Não ter sido emitido um visto de trabalho no âmbito desta categoria (PGWP) anteriormente.

 

OBS. Estudantes que possuem um diploma de pós-graduação de um ano ou diploma de uma instituição de formação provincial/territorial credenciada de nível superior de ensino no Canadá, após ter obtido, nos dois anos anteriores, um diploma ou diploma de uma instituição de formação pós-secundária credenciada educacional no Canadá, poderão ser beneficiados de um PGWP de três anos. Esta exceção aplica-se também aos alunos que deixaram o Canadá temporariamente entre os programas de estudo.

Todas as informações estão disponíveis no site Oficial da Imigração Canadense: www.cic.gc.ca

 

 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Deborah Calazans

Deborah Calazans, Graduada e Pós-graduada em Jornalismo, é membro da equipe da Immi Canada desde 2013 e atualmente atua como a Gerente Geral dos escritórios da Empresa no Brasil, sendo responsável por todo acompanhamento nos processos dos Vistos de Residência Temporária.