Grupo 1
Grupo 1
Quero imigrar para o Canadá, e agora?

Quero imigrar para o Canadá, e agora?

15 de Julho de 2022

Os imigrantes têm papel fundamental no fortalecimento da economia e na geração de emprego no Canadá.

Segundo dados oficiais do site de estatística do país, em 2021, 21,5% da população do país é formada por imigrantes do mundo inteiro.

E o objetivo do país é receber em média 400 mil novos residentes no país por ano.

Atualmente, o sistema de imigração do Canadá consiste em mais de 80 programas imigratórios, dentre eles o Express Entry que é a principal ferramenta utilizada pelo Governo do Canadá para selecionar e convidar candidatos qualificados.

Também existem os programas de imigração feitos em cada uma das províncias do país.

Nesse post vamos falar, de maneira resumida, como funciona o sistema de imigração para o Canadá.

Tipos de Visto

Para desembarcar no Canadá, por meio terrestre ou aéreo, é necessário um visto de visitante. Caso a pessoa tenha um visto americano válido ou já tenha tido um visto canadense nos últimos dez anos, é possível solicitar uma autorização eletrônica de viagem, conhecida como Atip.

Para saber mais sobre os documentos oficiais para entrar no Canadá, acesse aqui!

Caso a pessoa deseje realizar um curso no qual a duração seja maior do que 6 meses, será necessário aplicar para uma permissão de estudo, o conhecido visto de estudante

Veja aqui como obter uma permissão de estudo no Canadá

Se o objetivo for trabalhar, também será necessário aplicar para uma permissão de trabalho. Podendo ser uma permissão fechada, caso o trabalho esteja vinculado a uma oferta de emprego, ou a permissão aberta, que permite a realização de qualquer cargo no país.

Para cada tipo de visto e permissão, terá uma regra de elegibilidade específica. O perfil do aplicante também é analisado. A decisão final é feita pelo agente de imigração que estiver encarregado de analisar o processo.

Saiba Mais: Visto de trabalho para quem está como visitante no Canadá

1º Passo! Inicie sua pesquisa

O primeiro passo para imigrar para o Canadá é a pesquisa! É fundamental entender como funciona o sistema de imigração do Canadá.

Não só os programas imigratórios, assim como pesquisar sobre o país, a cultura, o estilo de vida, as províncias, o mercado de trabalho e etc...

Para se manter completamente atualizado sobre o Canadá, em particular a imigração, você pode seguir o perfil da Immi Canada no Instagram. Temos atualizações diárias por lá!

www.instagram.com/immicanada

Para saber como imigrar pelas províncias do Atlântico, clique aqui!

2º passo - A consulta

Após estar um pouco mais informado sobre o país e a imigração, chegou a hora de você buscar assessoria de profissionais regulamentados pelo Governo do Canadá e membros do RCIC (Regulated Canadian Immigration Consultants.

O Consultor de Imigração é especialista no assunto, está sempre passando por cursos de reciclagem, importantes para mantê-lo sempre informado sobre as mudanças nas leis e programas. Ele poderá ser o seu representante perante à imigração, entrando em contato, solicitando notificações, informações, além de auxiliar em todo o processo, seja ele de Visto ou Imigratório.

Aqui na Immi Canada nossa consultora Celina Hui é regulamentada  pelo RCIC sob o registro R507191.

Durante a consulta, você terá seu perfil analisado para saber em qual programa imigratório do Canadá melhor se encaixa. Atualmente, o Canadá possui mais de 80 programas de imigração. Por isso, essa análise inicial é importante para começar a traçar um planejamento de sucesso.

O tempo da consulta é de 20 minutos. Durante esse tempo, você terá seu perfil analisado e juntos irão traçar uma estratégia para a sua aplicação de acordo com o seu perfil. Ao contratar o serviço de consulta, nossa equipe entrará em contato previamente enviando um questionário completo que deve ser preenchido pelo cliente, dessa forma, ao iniciar a consulta com nossa consultora, ela já terá estudado as principais informações sobre o seu perfil, podendo focar diretamente em estruturar um planejamento em conjunto com o cliente.

Portanto, a consulta é um passo fundamental para aqueles que desejam conquistar um visto ou permissão para o Canadá. Para agendar uma consulta com nossa consultora, entre em contato com nossa equipe pelo e-mail: contact@immi-canada.com

Ou acesse o nosso site e faça o agendamento online: ww.immi-canada.com/consulta-online

Idade para imigrar

Alguns programas imigratórios do Canadá levam em consideração a idade do aplicante. Por exemplo, o Express Entry tem em seu Comprehensive Ranking System (CRS) critérios para pontuação no quesito: entre 20 e 29 anos o aplicante tem a pontuação máxima atribuída ao fator age (idade), que é de 100 pontos. Já com 30 anos, a pontuação cai gradativamente até zerar, na idade de 45 anos.

Confira abaixo a tabela oficial:

Veja como Funciona as 3 categorias do Express Entry

Mas o que fazer caso o candidato interessado em imigrar e tenha mais de 40 anos?

Há formas do candidato melhorar o seu perfil e fortalecer alguns requisitos que possam balancear os pontos perdidos pela idade. A proficiência nas línguas nativas do país pode ser um desses fatores. Caso o candidato, por exemplo, consiga comprovar NCLC 7 (b2-7) em francês pode agregar mais de 40 pontos ao candidato. Conseguir uma pontuação CLB 7 em inglês também ajuda o candidato. Em alguns casos, como no Canadian Experience Class (CEC), a depender do NOC aplicado pelo candidato, o CLB exigido pode ser CLB 5 ou 7.

O fator de experiência de trabalho (high skills) dentro do Canadá, com duração de pelo menos 1 ano em NOCs 0 - A ou B, também pode ser um diferencial importante para aqueles que vão aplicar e já estão acima dos 40 anos de idade. Os candidatos com formação acadêmica canadense conseguem somar entre 15 a 30 pontos a esses candidatos.

Outra forma de imigração seria através dos programas provinciais específicos de cada província, sendo que a exigência de muitos deles é menos rígida e alguns sem restrições de idade para aplicação. O nível de proficiência de inglês exigido costuma ser menor também. 

Teste de proficiência

Existem dois testes de língua inglesa cujas as notas são aceitas pela imigração como comprovação do conhecimento, são o IELTS e o Celpip (ambos precisam ser o General Training). 

Vale lembrar que as pessoas que possuem o conhecimento em Francês devem fazer os exames do TEF ou o TCF para obter os devidos pontos.

O IELTS avalia as habilidades de ouvir (listening de 30 minutos), ler e interpretar (reading de 60 minutos), escrever (writing de 60 minutos) e falar (o speaking dura em média de 11 a 14 minutos) em Inglês, numa prova cujo tempo total é de 2 horas e 45 minutos.

O CELPIP também atribui notas para as mesmas competências do IELTS (escutar, leitura, escrita e fala). Neste caso, os candidatos realizam todos os componentes do exame através de um computador, no tempo máximo de três horas. Desta maneira, a interação é feita via máquina, com um fone de ouvido e tudo sendo gravado.

Para saber mais, veja aqui!

Comprovação de renda

Se você vai estudar, será necessário comprovar que você possui renda suficiente para pagar o curso e se manter no país durante a sua estadia.

Para cursos com duração superior a 1 (um) ano, será necessário comprovar, pelo menos, o valor referente ao primeiro ano do curso + despesas.

Não, não é necessário que você tenha toda a quantia em conta. O valor necessário a ser comprovado pode ser feito por meio de uma combinação de contas e documentos, como: Extratos Bancários de uma Conta-Corrente, Saldos de um Investimento e/ou Poupança, Imposto de Renda, Contracheques/Holerites e afins.

*Importante ressaltar que é solicitado os 3 últimos extratos e Contracheques/Holerites.

Caso você não tenha comprovado por meios próprios a quantia necessária, você poderá inserir uma pessoa que será totalmente ou parcialmente responsável financeiramente pelas suas despesas. Pode ser pai, mãe, tio, tia e, muitas vezes, até mesmo um amigo.

Essa pessoa terá de enviar toda a documentação financeira solicitada, além da cópia de um documento de identificação e uma carta atestando que ela será a sua custeadora.

Exame Médico

Uma das fases dos processos de visto e imigratório é a realização dos exames médicos solicitados pela imigração canadense. Qualquer estadia que supere as 24 semanas, obrigatoriamente os solicitantes terão de realizar os exames São raros os casos que não se solicitam os exames médicos.

Os exames médicos são realizados com os médicos que estão devidamente cadastrados com a imigração canadense, já que eles terão de ter acesso ao Sistema do CIC para inserir os resultados, esses que serão analisados por um oficial da imigração.

Normalmente é solicitado, além de um check-up geral (Medição da pressão, escuta dos pulmões e coração), são feitos exame de urina, sangue e RX do tórax.

O valor médio é de R$600 por aplicante.

Quer imigrar para o Canadá? Entre em contato conosco por e-mail:contact@immi-canada.com

O atendimento inicial com nossa equipe é totalmente gratuito.

Comentários Facebook
Categorias
Posts mais acessados
Siga-nos!
120 mil
likes
+600
seguidores
53 mil
seguidores
13,9 mil
inscritos
+20 mil
cadastrados
Grupo 1
CONTATO
contact@immi-canada.com
VANCOUVER: +1 (604) 684-0530
TORONTO: +1 (647) 351-5800
Redes sociais
Caminho 139
cartmagnifiercrosslist