Remembrance Day: Um dia para homenagear o passado

Já ouviu falar em Remembrance Day? Talvez ainda não: a data só é celebrada nos países que fazem parte da Commonwealth britânica (52 países, a maioria sendo antigas colônias inglesas). Entre eles, o Canadá. E celebrada com todo o respeito que a data merece!

poppiesO Remembrance Day é comemorado no dia 11 de novembro, e é um dia para relembrar todos os combatentes que morreram em guerras pelo mundo. Nos Estados Unidos, a mesma data recebe o nome de Veteran’s Day, e tem o mesmo propósito: homenagear os soldados que defenderam o país. A data se refere ao fim da Primeira Guerra Mundial, pois foi nesse dia que o armistício foi assinado, encerrando finalmente o conflito (e enterrando uma multidão de soldados de várias nacionalidades).

No Canadá, Remembrance Day é um feriado, mas não em todas as províncias. New Brunswick, Ontario, Quebec e Northwest Territories reconhecem a data, mas não consideram como feriado, ou seja, empresas e escolas no ganham o dia de folga — diferente do resto do país. Mesmo assim, as homenagens e celebrações em respeito ao Remembrance Day acontecem por todo o Canadá, sendo feriado ou não.

O maior símbolo da data é a poppy, ou papoula, uma florzinha vermelha que é associada aos veteranos militares desde o começo do século passado. Nos dias que antecedem o Remembrance Day, é comum ver pessoas pela rua usando uma poppy (artificial) presa na lapela (recomenda-se prendê-la o mais próximo do coração possível). É uma maneira dos canadenses mostrarem seu respeito.

remembrance_day_event

Cerimônia na semana do Remembrance Day

Segundo a história oficial, a poppy foi adotada como símbolo por causa do poema “In Flanders Fields”, sobre a Primeira Guerra. O poema menciona que as poppies foram as primeiras flores a brotarem nos túmulos dos soldados mortos, e a alegoria pegou. Essas pequenas florzinhas de plástico com um alfinete nas costas são distribuidas gratuitamente em vários estabelecimentos — pelo menos aqui em Edmonton é bem fácil de encontrar!

A cidade também prepara cerimônias oficiais na prefeitura, abertas a toda a população, assim como outras instituições de Edmonton. A Universidade de Alberta e algumas igrejas, por exemplo, organizam eventos para a data. E acredite, muitos canadenses participam de tais cerimônias super emocionados. Afinal, nas Primeira e Segunda Guerra, foram cerca de 100 mil canadenses mortos.

high-level-bridge

High Level bridge iluminada

Outra prática comum é oferecer produtos e serviços gratuitamente para veteranos do dia 11 de novembro, como um reconhecimento pelos serviços prestados ao país. Algumas cafeterias podem oferecer café gratuito para veteranos identificados (com a carteirinha do exército, por exemplo), e o sistema de trânsito de Edmonton também oferece transporte de graça nesse dia para militares aposentados. Restaurantes e lojas concedem descontos e alguns lugares podem dar entrada gratuita para veteranos de guerra. Também é praxe visitar cemitérios para deixar lá sua homenagem respeitosa aos combatentes enterrados, colocando as famosas poppies em cima dos túmulos. E a High Level Bridge, uma ponte que passa sobre o rio da cidade, fica toda iluminada de vermelho e branco.

Sim, o Canadá tem muito orgulho do seu passado e dos milhares que defendem o país. Aqui o Remembrance Day é muito mais do que um simples feriado para descansar em casa, e isso fica evidente em toda a parte. E claro, fica também a reflexão sobre a necessidade de guerras e das inúmeras perdas de vidas do mundo todo — e como a humanidade ainda tem muito a aprender.

no_stone_left_alone2

(Foto: Edmonton Journal)

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.
Jornalista, mãe de cachorro, nerd assumida e curiosa de carteirinha. Membro honorário da Associação de Leitores Compulsivos Anônimos. Jogando a vida em Hard Mode desde 1986 e finalmente entendendo o significado de “The Winter is comming”. Autora do blog Edmonton Feelings.

Latest posts by Juliana (see all)