Grupo 1
Grupo 1

Você concluiu seus estudos no Canadá e está na hora de aplicar para o Post-graduation Work Permit (PGWP). Como fazer? Quais são as exigências? Meu cônjuge também tem direito a estender sua permissão? Qual é o tempo de aplicação? Quais são os documentos necessários? Essas e muitas outras dúvidas passam pela cabeça de quem precisa e vai enfrentar mais esta etapa. Pensando nisso fizemos este artigo, para esclarecer as dúvidas e também falar sobre a nossa promoção de PGWP que está acontecendo no mes de Abril. Confira as informações da promoção no final do post.

PGWP: O que é e quem tem direito

O Post-graduation Work Permit nada mais é do que uma permissão de trabalho que o aluno tem direito de pedir ao final de um curso pós- secundário, full-time, com duração mínima de oito meses em uma instituição elegível ao processo. Este direito é uma oportunidade de ficar mais um período em terras canadenses, desde que sejam cumpridas todas as regras vigentes, sendo algumas relativas à instituição de ensino e outras ao aluno. O cônjuge do estudante também pode ter direito a este benefício, porém, para isso, existem algumas restrições que vamos explicar ao longo do artigo.

Um estudante internacional, depois de formado em uma instituição de ensino pós-secundária e que estão na lista de Designated Learning Institutions (DLI) do governo federal (clique aqui para saber quais são elas), tem direito de aplicar ao PGWP, desde que aluno e instituição cumpram as normas estabelecidas na legislação vigente. Lembrando que, caso o estudante opte por cursar um degree em uma universidade privada, ele também terá direito a permissão de trabalho após a conclusão. 

*Atenção: uma escola que deseja receber estudantes internacionais deve ser uma DLI. As instituições fora da lista não podem receber alunos do exterior, independentemente do curso: inglês, bacharelado, vocacionais, etc. Se o curso escolhido vai ou não dar o direito ao PGWP depende de outros requisitos que a escola, programa e aluno precisam cumprir.

O PGWP é um visto de trabalho aberto, dando a permissão ao portador de trabalhar por um período de oito meses a três anos, variando conforme o tempo do curso. Porém, ele deve ser full-time, com duração mínima de oito meses, em uma instituição de ensino pública (ou um programa de degree caso o curso seja realizado nas particulares). Portanto, após a conclusão dos estudos, esta é uma excelente oportunidade para buscar colocação na área, pois é permitido trabalhar em período integral, visto que durante os estudos o concedido é de, no máximo, 20 horas semanais, ou seja, part-time no período das aulas e full-time (a partir de 30 horas semanais) apenas durante os breaks oficiais previstos no programa de estudo.

*Para saber mais informações sobre como estudar e trabalhar no Canadá, clique aqui

Tempo de validade do PGWP

aplicação-visto

Isto vai depender do período de duração do seu curso. Segundo o site do Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC), que estabelece este tipo de norma. Para estudantes de línguas, independentemente do período, não é permitido o trabalho part-time durante o curso e o aluno não é elegível ao PGWP após o término, não importando o tempo de duração do programa. Também não é apto a aplicar quem fez um curso de menos de oito meses de duração, mesmo que seja uma pós-graduação em uma DLI.

Os que fazem um programa de oito meses ou um ano receberão um PGWP equivalente ao período de estudos. O IRCC dá o exemplo de que, se seu curso foi de oito meses, o visto de trabalho pós-término deve ser emitido com a validade de oito meses. Já para aqueles que escolhem um programa de dois anos ou mais, o PGWP será de até três anos de duração. O departamento de imigração do território ainda ressalta que o tempo máximo para o visto de trabalho aberto é de três anos, mesmo que o aluno tenha cursado mais anos de estudo no país. 

Mas aqui cabe um detalhe: leve em consideração que este período não é 100% fechado. A partir da análise dos seus documentos, o oficial de imigração pode dar mais ou menos tempo, desde que não excedam os três anos máximos, baseado em análises pessoais e justificativas encontradas no processo.

*Importante destacar também, que nenhum visto ou permissão do Canadá é concedida com tempo superior à validade do seu passaporte. Portanto, tenha certeza que o seu passaporte cobre o tempo de permissão solicitado ou providenciar a renovação deste documento antes da sua aplicação.

Quando devo aplicar?

Aqui vai uma informação importantíssima: a aplicação para o PGWP precisa, necessariamente, ser realizada em até 180 dias após o recebimento do documento oficial de conclusão do curso (que pode ser o diploma, o transcript ou a graduation letter emitida pela instituição). Cada pessoa pode solicitar o PGWP somente uma vez na vida. Por isso é importante pensar bem após o término do curso. Caso o aluno vá ao Canadá para um programa de um ano e, após o término, decidir aplicar para um outro curso, é aconselhável solicitar a permissão de trabalho somente ao final dos estudos do segundo curso e, para que o PGWP seja dado pelo tempo de duração dos estudos acumulando os dois programas cursados, o segundo programa deve ser realizado na sequência do primeiro. Ou seja, caso o término do primeiro college seja em maio, o próximo curso deve vir logo a seguir no período letivo. Neste caso, provavelmente será necessário pedir uma extensão do seu visto de estudo para cobrir o período do novo programa.

Além da carta de conclusão, fornecida pela escola, o candidato precisa de documentos básicos como passaporte e cópia da permissão de estudos. Como já dissemos, mas é sempre bom frisar que a decisão final, tanto quanto ao recebimento do documento como quanto a prazos de validade, é de inteira responsabilidade do oficial de imigração que irá avaliar a aplicação. O mesmo pode, inclusive, pedir documentos adicionais que achar necessário para avaliação.

aplicação-visto

O estudante pode continuar trabalhando part-time após ter concluído o curso, porém deve deixar o trabalho no momento em que recebe o documento oficial de conclusão, podendo retornar ao emprego, com permissão full-time, somente após solicitar o PGWP (para mais informações acesse este link).

E meu cônjuge, também têm direito?

Tem, mas para que seja possível o pedido de extensão da permissão de trabalho do cônjuge do aplicante principal, o recém-formado deve ter um contrato de trabalho firmado em uma empresa, para um emprego permanente, classificado na National Occupational Classification (NOC’s) como NOC 0, A ou B (clique aqui e veja quais são as profissões que se enquadram nesta lista), e também apresentar os três últimos paychecks (que são os “holerites” canadenses) que podem ser de uma outra posição de emprego que não a da job offer atual. Não é necessário ter uma empresa como sponsor e nem um processo envolvendo LMIA, somente a comprovação da oferta de trabalho para solicitar a extensão ao cônjuge.

Caso isto não ocorra, é possível sim pedir o visto de trabalho do parceiro(a) posteriormente, quando o estudante e aplicante tiver a oferta de emprego em mãos. Cada caso deve ser analisado individualmente, porém é importante que o acompanhante não permaneça ilegal (sem status) no país. Por isso, se o trabalho vier depois, uma atenção especial deve ser dada a solicitação de permissão de visitante para o cônjuge e, após ter a oferta de trabalho nos NOC’s especificados, aplicar para uma permissão de trabalho.

*Atenção: é importante frisar que cada caso deve ser analisado e que a concessão do visto depende da análise do oficial de imigração. Também é necessário verificar, em alguns casos, as observações descritas na permissão de trabalho vigente do cônjuge, dentre outros aspectos.

Quanto tempo o PGWP demora para sair?

Segundo o site oficial do governo do Canadá (consulta realizada no mês julho de 2019), o prazo para esta permissão está, para aplicações online, em 95 dias corridos. Já para as enviadas em papel o estimado é de 118 dias. Para a aplicação, o estudante recém-formado deve pagar uma taxa de CAD$ 255. Com relação ao tempo de espera para qualquer período de processamento de vistos e permissões, o IRCC mantém um site atualizado que pode sempre responder, com mais precisão, quanto vai demorar para sair determinado visto. Para acessá-lo basta clicar aqui

*Leia mais sobre as concessões e vistos para a família durante o PGWP clicando neste link

*A província de Quebec possui suas exceções e exigências para concessão de PGWP, que podem ser acessadas clicando aqui.   

O PGWP é uma excelente oportunidade para você se qualificar para um futuro processo de residência permanente no Canadá. Por isso, fique atento a todas as regras do programa para não comprometer esta etapa decisiva do seu plano Canadá. A nossa promoção já começou e encerra no dia 30 de Abril de 2021, confira as condições exclusivas:

Envie um e-mail para contact@immi-canada.com ou entre em contato pelo nosso formulário. O atendimento inicial é gratuito, e falando com a nossa equipe durante o mes de Abril você garante o seu desconto,

O Statistics Canada divulgou seu relatório com o balanço da imigração anual e o número de 2018 representa um crescimento de 41% com relação aos imigrantes admitidos em 2017: 92 mil. O resultado foi publicado no documento em parceria com o Immigration, Refugees and Citizienship Canada, no início de julho deste ano e essa quantidade é somente dos que entraram no país pelo Express Entry (EE).

Segundo o governo canadense e o departamento de imigração, o crescimento está de acordo com a previsão do plano plurianual (para acessar o artigo completo que fizemos a respeito do tema, clique aqui), que quer admitir mais imigrantes a cada ano, principalmente pelo programa federal do Express Entry, que gerencia as três principais categorias de imigração econômica do país: Federal Skilled Worker, Federal Skilled Trades e Canadian Experience Class, além de muitos programas provinciais possuírem uma categoria que passa pelo pool do processo.

Embora 92 mil tenha sido o número total de admitidos, convites para aplicação por meio do processo foram 89,8 mil e a profissão mais comum entre eles foi a de engenheiro de software. Veja abaixo no gráfico a evolução do EE ao longo dos anos, desde 2015.

gráfico-imigrantes

A meta de admissões no Canadá aumentou em 2018 no Express Entry e está programada para continuar a curva crescente também neste ano e até 2021. A expansão de convites também acontecerá nos Provincial Nominee Programs (PNP’s). Ela subiu para 55 mil em 2018 e deve continuar aumentando até 2021. Os 92 mil novos residentes permanentes são compostos pelos candidatos principais e seus familiares.

*Para saber mais informações sobre como imigrar pelo EE, acesse este link.

Convites por processo

O Express Entry gerencia as três principais categorias de imigração econômica do Canadá. Os interessados precisam se cadastrar para entrar no pool, onde são ranqueados com base em um sistema chamado de Comprehensive Ranking System (CRS), que atribui pontos por fatores como idade, educação, experiência profissional, nível de proficiência em inglês ou francês, dentre outros. Os mais bem qualificados, ou seja, com maior pontuação, recebem um Invitation to Apply (ITA), que é um convite da imigração canadense para aplicar para a residência permanente.

O relatório anual mostra que o EE recebeu cerca de 280 mil perfis no ano passado, sendo que 70% destes eram elegíveis para entrar no pool, o que não significa que seriam chamados. Os draws geralmente ocorrem quinzenalmente e convidam os que estão no topo do ranking. Os aplicantes da Federal Skilled Worker Class receberam a maioria dos ITA’s: 53%, ou 47.523 convites.

express-entry-admite-imigrantes

O resultado é uma consequência dos ajustes feitos pelo sistema de imigração ainda em 2016, que deu pontos a mais para estudantes que concluíram um programa no país e também baixou de 600 para até 200 a pontuação que quem tinha uma oferta de trabalho no Canadá e eram aptos ao processo da LMIA. A intenção do Canadá era exatamente esta, favorecer os candidatos com experiência de trabalho qualificada.

A Canadian Experience Class ficou em segundo lugar, recebendo cerca de 30,5 mil ITA’s em 2018, enquanto outros 904 convites foram destinados aos inscritos da Federal Skilled Trade Class

Outro dado interessante é que, dos que foram convidados para aplicar, 71% não tinham nenhum fator de pontuação adicional. Dos 29% restantes apenas 5% possuíam oferta de emprego no Canadá.

Convites pelo PNP

Uma nomeação da província é o que, atualmente, mais conta pontos para o sistema federal: são 600 adicionais, além de prioridade na hora do draw. Isto praticamente garante um convite para aplicar para a residência permanente por meio do Express Entry. Em 2018 foram 10.802 aplicantes que tinham uma carta da província e receberam o ITA. Número que ficou acima dos 8.733 de chamados de 2017 na mesma situação.

express-entry-admite-imigrantes

O número equivale a 12% de todos os ITA’s enviados no ano passado. Um dos motivos foi que diversos programas provinciais criaram ou atualizaram seus fluxos alinhados com o programa federal no ano passado ou no final de 2017. Ontario, Nova Scotia, New Brunswick e British Columbia tiveram aumentos significativos nesta categoria.

O relatório do IRCC também observou que a província de Ontario, que abriga grandes cidades como Toronto e Ottawa, foi o destino de 64% dos imigrantes que entraram no país em 2018 por meio do EE. British Columbia ficou em segundo lugar, seguida por Alberta, Saskatchewan e Nova Scotia. 

Profissões

Os engenheiros de software foram os que mais receberam ITA’s no ano passado, seguidos por analistas e consultores de sistemas de informação, programadores, auditores financeiros e assistentes administrativos. Veja abaixo a tabela com as 10 ocupações mais chamadas.

tabela-profissões

Nacionalidades e capital humano

A pesquisa com dados também revelou que os indianos foram os que mais imigraram em 2018 pelo EE, sendo que 46% de todos os convites foram enviados a eles (41.675), seguidos pela China e Nigéria. 

Já os chamados fatores de capital humano, que incluem idade, experiência de trabalho e educação, entre outros, podem somar até 600 pontos. O relatório mostrou que 51% de todos os chamados em 2018 tinham entre 20 e 29 anos, que é a faixa etária onde se atinge a maior pontuação na categoria.

No que diz respeito à educação, 48% tinham mestrado ou alguma pós-graduação, enquanto 42% possuíam um curso superior. Ademais, a maioria dos candidatos não tinham experiência de trabalho no Canadá, somando 60% do total, destes, 39% aplicaram com cinco anos ou mais de experiência no exterior, em uma das profissões qualificadas.

Para imigrar, é necessário saber detalhes do sistema e em qual das mais de 50 maneiras de viver no país, você e sua família se enquadram. O ideal é fazer uma análise do seu perfil, traçando o melhor caminho ou planejando os próximos passos para alcançar o objetivo. Nós, da Immi Canada, com consultores de imigração especializados, oferecemos a consulta de imigração, que serve exatamente para isso: uma análise minuciosa do seu perfil com os olhos de alguém que entende de imigração. Acesse https://www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou mande um email para contact@immi-canada.com e saiba mais.

Fonte e tabelas: https://www.canada.ca/content/dam/ircc/documents/pdf/english/pub/express-entry-year-end-report-2018.pdf

Fabíola Cottet

O ministro da imigração canadense, Ahmed Hussen, anunciou um novo programa de imigração. Segundo Hussen, o piloto vem para preencher a escassez de mão de obra e alimentar o crescimento econômico nas comunidades rurais, particularmente no processamento de carne e na produção de cogumelos, sendo destinado aos imigrantes que pretendem se estabelecer fora dos grandes centros urbanos do Canadá.

A princípio o processo será piloto e durará três anos, com o nome de Agri-Food Immigration Pilot. Ele vai ajudar o país a atingir suas ambiciosas metas de exportação. A agricultura e a indústria agroalimentar são importantes contribuintes para o crescimento econômico e a vitalidade das terras canadenses, sendo responsáveis por um em cada oito empregos no território. As exportações agrícolas atingiram um novo recorde em 2018, chegando aos US$ 66,2 bilhões. 

O programa visa a retenção de trabalhadores, fazendo com que os mesmos se tornem residentes permanentes no país. Ele também complementa a estratégia de imigração econômica do Canadá, que inclui os processos: Atlantic Immigration Pilot, o Rural and Northern Immigration Pilot, a Global Skill Strategy, um revitalizado Express Entry e expansões nos Provincial Nominee Programs (PNP’s).

imigracao-canadense-comunidades-rurais

*Saiba mais informações a respeito do Rural and Northern Immigration Pilot clicando aqui.

Por hora, as informações passadas pelo governo canadense são que os empregadores que pretendem ser parte do programa piloto serão elegíveis para aplicar aos empregados uma Labour Market Impact Assessment (LMIA) de até dois anos. Além disso, os trabalhadores estrangeiros que cumprirem as qualificações e quiserem se candidatar poderão aplicar ao programa no começo de 2020, sendo que serão aceitos um número máximo de 2.750 candidatos principais por ano, além de suas famílias. Com isso espera-se um total de até 16,5 mil novos residentes durante os três anos de programa.

*Veja mais sobre as diversas maneiras de imigrar para o Canadá neste link.

Ontario anuncia política pública para trabalhadores na área da construção

A província de Ontario anunciou recentemente uma nova política pública para conferir o status de residente permanente aos trabalhadores da construção civil de Toronto e GTA, que entraram no país legalmente e acabaram permanecendo de forma ilegal. Serão 500 aplicações no total, divididas em dois grupos, dos quais falaremos abaixo.

imigracao-canadense-ontario

Serão elegíveis aqueles que:

Os NOC’s que podem ser elegíveis são os do grupo 72 e 73, que correspondem a área de manutenção de equipamentos, indústria metalúrgica, carpinteiros, instaladores, eletricistas e pintores. Além desses, temos também o NOC 7441 de serviços de manutenção comercial e residencial, 7521 para operadores de equipamentos pesados e 7611, que corresponde a trabalhadores da construção e ajudantes.

Serão 500 vagas no total. A maior parte, 400 delas, serão destinadas aos trabalhadores que receberam autorização para exercer as atividades na construção anteriormente e 100 para os que entraram no país legalmente como residentes temporários de alguma maneira. As aplicações devem iniciar no dia 2 de janeiro de 2020 e o programa deve durar dois anos, ou até acabarem as 500 aplicações. 

A consultora de imigração Celina Hui realizou uma live para falar a respeito das novidades da imigração de Ontario. Ela abordou a nova política pública que irá conferir o status de residente permanente para trabalhadores da construção civil de Toronto e GTA e a profissional também falou a respeito do programa Tech Pilot do Ontario Immigration Nominee Program.

Para quem não conseguiu ver, o vídeo já está publicado no nosso canal do YouTube, confira:

Os profissionais da Immi Canada estão capacitados para lhe auxiliar neste processo, seja para os pilotos rurais ou aplicando para a nova política do governo de Ontario. Para isso, é necessário que você marque a sua consulta de imigração para saber se é elegível a um dos programas e, após isso, podemos lhe auxiliar em todo o caminho. Não esqueça que, contratando a assessoria da Immi Canada, o valor da consulta é descontado do seu processo. Acesse https://www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou mande um email para contact@immi-canada.com

Fontes: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/news/2019/07/ new-agri-food-immigration-pilot.html;

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/corporate/mandate/policies-operational-instructions-agreements/permanent-residence-construction-workers-gta.html.

Fabíola Cottet

O Statistics Canada divulgou seu estudo trimestral de vagas de emprego no Canadá e trabalhadores para os três primeiros meses do ano. Não só o número de vagas subiu novamente este ano, se comparado a 2018, como mais de 500 mil postos de trabalho não foram preenchidos em todo o país, sendo que 80% dessas vagas eram para cargos permanentes e full time, segundo o órgão.

O crescimento de número de vagas foi percebido em seis províncias e também no território de Nunavut. O número de novas posições no primeiro trimestre de 2019 atingiu o recorde de 507 mil, um aumento de 45 mil postos quando comparamos 2019 com o ano passado. Isto fez com que o período de três meses fosse o décimo consecutivo a registrar um crescimento de vagas e também de postos vagos.

A justificativa para essa grande quantidade de posições sem ter trabalhadores para ocupa-las é um problema que o país enfrenta há vários anos: escassez de mão de obra ligada ao envelhecimento da população e ao crescente número de canadenses que estão atingindo a idade de aposentadoria.

emprego

Para Celina Hui, CEO da Immi Canada e consultora de imigração, o dado é um sinal de que o número de imigrantes no país vai aumentar cada vez mais. “O Canadá precisa de imigrantes. Prova disso é o plano plurianual divulgado pelo governo federal, que pretende trazer mais de um milhão de novos habitantes ao território até 2021. Analisando o estudo repassado pelo governo, as categorias de imigração econômica são as que mais vão aceitar novos imigrantes nos próximos anos. O que é uma ótima notícia para todos que querem aplicar ao Express Entry e também para os processos provinciais relacionados às categorias econômicas”, conta a profissional.

O objetivo de 2019 são 191,6 mil novos imigrantes (não incluindo as admissões de Quebec), sendo que este número pode chegar a cerca de 209 mil. Para o ano seguinte, 2020, o país pretende receber 195,8 mil sob as classes econômicas de imigração e, por fim, em 2021, a meta é de 202,3 mil recém-chegados para suprir a falta de mão de obra qualificada e ocupar as posições de emprego no Canadá, porém esta quantidade pode aumentar para cerca de 212 mil.

*Para saber todos os detalhes do plano de imigração do Canadá acesse o artigo completo que fizemos a respeito do tema clicando neste link

Regiões com mais posições de trabalho

A província de Quebec registrou o maior aumento ano a ano nas vagas de emprego no Canadá, nos primeiros três meses de 2019, com crescimento de 23%, criando 21,4 mil novos empregos. Segundo o relatório do Statistics Canada, quase metade das posições estão distribuídas em três principais setores: saúde e assistência social, manufatura e logísitica e, por fim, serviços de alimentação.

Duas regiões de Quebec ocuparam o topo do ranking: La Mauricie e Laurentides, ficando em primeiro e terceiro lugar, respectivamente, na geração de novos empregos. A primeira, La Mauricie, teve um aumento de 89,4% em job offers, abrindo 1,6 mil novos empregos. A segunda viu um crescimento de 57,1%, abrindo 2,1 mil vagas para trabalhadores.

Ontario ficou com o segundo lugar da lista quando falamos de províncias, registrando o segundo maior aumento anual da história, com 12,4 mil ofertas de trabalho a mais que em 2018 nos primeiros três meses do ano. Os setores que mais necessitam de mão de obra são o de assistência social, varejo, serviços científicos e técnicos, setor hoteleiro e alimentício.

emprego

British Columbia também não desapontou e teve um crescimento ano a ano de 9,3 mil vagas, com destaque para as áreas de transporte e armazenagem, serviços profissionais científicos e técnicos. Além disso, a região teve uma média de vagas sem preenchimento mais alta do que a do país: 4,4% no primeiro semestre de 2019. A federal ficou, em média, nos 3,1%.

Novamente, 80% dos trabalhos vagos eram permanentes e full time, semelhante ao que foi registrado em 2018. O emprego não temporário se caracteriza por um contrato de trabalho sem prazo para terminar. Além disso, o Statistics Canada afirma que estes empregos estão frequentemente associados a salários mais altos, mais benefícios, uma maior possibilidade de sindicalização e mais treinamentos oferecidos pelos empregadores do que nas posições temporárias.

Setores industriais

Comparadas com os três primeiros meses de 2018, as posições de trabalho aumentaram em sete dos 10 setores industriais. A pesquisa revela que o crescimento foi impulsionado por demanda na assistência médica, social e profissionais qualificados para o ramo científico e técnico. 

Na área de serviços de saúde a assistência social, as vagas aumentaram 9,9 mil, quando comparamos com o ano anterior. Essas novas posições foram mais notadas ainda por enfermeiros e cuidadores residenciais, tanto de idosos quanto de crianças. 

As vagas de emprego de profissionais qualificados, na área científica e técnica registraram um aumento de 28%, ou 9,1 mil posições a mais que em 2018, com o crescimento da economia observado na maioria das províncias canadenses. Estes setores também tiveram um aumento de salários no período. Por fim, as áreas de manufatura, comércio varejista, hotelaria, serviços de alimentação e educação também experimentaram um boom de vagas no período do levantamento. 

Fonte: https://www150.statcan.gc.ca/n1/daily-quotidien/190618/dq190618b-eng.htm.

Fabíola Cottet

Recentemente, a província francófona do Canadá aprovou uma controversa lei de reforma da imigração que eliminou milhares de pedidos em andamento para viver e trabalhar na região, dentro dos seus programas provinciais. Conhecida como Bill 9, o projeto foi introduzido em fevereiro, propondo o cancelamento imediato de requerimentos de trabalhadores qualificados pendentes, apresentados antes de 2 de agosto do ano passado. A medida irá retornar os pedidos de 18 mil profissionais que estavam no sistema, reembolsando suas taxas e fazendo com que os mesmos reapliquem e reiniciem o processo, caso continuem com o desejo e requisitos necessários para serem aceitos pelo sistema de imigração.

Porém, existem ótimas notícias para quem pretende imigrar para o Canadá por meio de um Provincial Nominee Programs (PNPs): as províncias estão correndo ao contrário da localidade de língua francesa. As admissões por meio dos programas de imigração provinciais devem aumentar consideravelmente nos próximos três anos. Os PNPs dão o direto de os territórios indicarem um número específico e definido de trabalhadores estrangeiros como candidatos a residência permanente canadense a cada ano.

A controversa medida adotada por Quebec não reflete a vontade das outras províncias, visto que somente em 2019 o Canadá pretende absorver em seu território cerca de 61 mil recém-chegados, falando só dos processos provinciais. E em 2020 o número deve aumentar para 67,8 mil, crescendo ainda mais em 2021: 71,3 mil. Estes dados foram divulgados no plano plurianual de imigração do governo federal canadense, que pode ser acessado clicando aqui.

*Acesse o artigo completo da decisão do governo provincial de Quebec clicando neste link.

Programas de imigração provinciais de Ontario e British Columbia

Nove províncias canadenses e dois territórios participam do PNP, incluindo as regiões mais populosas e procuradas pelos imigrantes: Ontario e British Columbia. Ambas as localidades tiveram a maior taxa de vagas de emprego sem ocupação nos primeiros três meses do ano. As duas vão se beneficiar muito das nomeações para residência permanente de imigrantes, por meio de seus respectivos PNPs, visto que Ontario está com um número determinado de 6,9 mil novos trabalhadores para 2019 e British Columbia, por sua vez, poderá convidar 6,5 mil pessoas.

Ontario

provinciais

No ano passado, quase metade das indicações da província de Ontario foram destinadas a aplicantes que se candidataram pelo Express Entry (EE), que também é a principal porta de entrada para trabalhadores estrangeiros qualificados no Canadá. Ele administra as principais categorias econômicas de imigração em terras do True North: Federal Skilled Worker Class, Canadian Experience Class e Federal Skilled Trades Class. Os que recebem uma nomeação provincial garantem 600 pontos adicionais para aplicação a residência permanente, além de prioridade nas rodadas de convites.

O Ontario Immigrant Nominee Program (OINP) possui três programas alinhados com o EE: Human Capital Priorities, French-Speaking Skilled Worker e Skilled Trades. Estes fluxos permitem que o departamento de imigração da região pesquise no pool do EE os candidatos que atendam os critérios de elegibilidade do processo, convidando-os a aplicar por meio da província, enviando uma Notification of Interest (NOI) para que, posteriormente, o aplicante receba os 600 pontos e dê entrada em sua Permanent Resident (PR). 

Em 2019 o Human Capital Priorities Stream foi o mais ativo dos programas, convidando 2.565 candidatos que estavam no pool do EE para aplicarem por meio da região. 

*Clique neste link e saiba mais sobre a imigração por meio do OINP.

British Columbia

provinciais

A província de BC indicou 3,1 mil candidatos pelo sistema do EE no ano passado, por meio de seu programa provincial de imigração, o British Columbia Provincial Nominee Program (BC PNP). A maior parte dessas nomeações foram emitidas por meio do stream Express Entry BC (EEBC) Skilled Worker Category, que está aberto para trabalhadores estrangeiros qualificados com experiência e oferta de emprego em uma ocupação de alta demanda na região (a lista completa de profissões pode ser acessada clicando aqui).

Outros 936 convites foram emitidos para aplicantes do EEBC International Graduate Category e, por fim, 165 pessoas receberam nomeações através da EEBC International Post-Graduate Category. No período (2018) a província ainda não divulgou dados de quantas foram as nomeações para os programas regulares provinciais e o Tech Pilot. Além disso, a região também emite convites semanais através de outras categorias dentro do BC PNP, que não estão inseridas no Express Entry.

*Saiba mais como imigrar pelo Canadá por meio da província de British Columbia clicando aqui.

Alberta

A região possui uma cota de seis mil imigrantes para convidar por meio de seu processo provincial, o Alberta Immigrant Nominee Program (AINP). Destes, 2.476 já foram destinados à candidatos no último 17 de junho. 

provinciais

O Alberta Express Entry Stream foi introduzido no ano passado e, da mesma forma que os processos que são acoplados ao EE em outras regiões, permite que a província procure candidatos que atendam suas necessidades econômicas e de mão de obra dentro do sistema do governo federal. Até agora, em 2019, foram emitidos 3,5 mil convites para inscritos no ranking, em 15 rodadas de chamadas. É interessante salientar que a pontuação dos que foram chamados chegou aos 300 pontos no pool no EE, o que é um número baixo para ser convidado a aplicar por meio do programa federal, que neste ano teve seu corte mínimo em 438 pontos.

*Confira todas os detalhes para imigrar pelo processo provincial de Alberta clicando aqui.

Saskatchewan e Manitoba

A imigração provincial de Saskatchewan a Manitoba também esteve bastante ativa neste ano de 2019. O Saskatchewan Immigrant Nominee Program (SINP) realizou sorteios regulares através de suas subcategorias do Express Entry e Occupation In-Demand. Foram 898 convites enviados a candidatos inscritos no programa federal e mais 1.196 para os profissionais que possuem uma profissão em demanda na região (esta última categoria não é vinculada ao EE).

Ambos os processos requerem experiência de trabalho em uma das ocupações em demanda no território (para saber quais são elas clique aqui), entre outras exigências. Para serem considerados, os interessados devem primeiramente preencher uma manifestação de interesse no site do SINP.

Já o Manitoba Provincial Nominee Program (MPNP) prioriza muito os trabalhadores qualificados e estudantes que concluíram uma graduação, pós ou programa de estudos na região. O processo também é baseado em preencher uma Expression of Interest e suas subcategorias mais populares são: Skilled Worker in Manitoba e Skilled Worker Overseas. Em 2018 o MPNP bateu recorde de nomeações provinciais e também realizou mudanças em seus critérios (saiba mais clicando aqui). 

*As províncias do Atlântico também possuem seus próprios processos para chamar e reter imigrantes. Para saber mais sobre eles acesse este link e também clique aqui.

A Immi Canada, presente há 13 anos no mercado e com uma equipe qualificada de consultores de imigração, pode indicar qual é o melhor processo de imigração para você, com base em no seu perfil e no da sua família. Entre no site https://www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ e saiba mais ou mande um email para contact@immi-canada.com

Fabíola Cottet

O Canadá é um país aberto a imigração e com mais de 50 programas diferentes que possibilitam que interessados manifestem a intenção de morar em solo canadense, com a residência permanente. Entre eles podemos citar o Express Entry, que é o funil de imigração econômica federal que mais leva estrangeiros para viver no país, os Provincial Nominees Programs (PNP’s) que são processos provinciais, Parents and Grandparents Program, Caregiver Program, Family Sponsorship, dentre vários outros.

*Confira o artigo completo que fizemos com as maneiras de imigrar para as terras do True North clicando aqui.

Fato é que existem diversas formas de realizar o sonho de morar no país com uma das melhores qualidades de vida do mundo. Pensando nisso, a Immi Canada está realizando uma promoção imperdível no seu aniversário de sete anos: 15% de desconto em qualquer processo de residência permanente. Isso mesmo! Quem agendar uma consulta inicial de imigração, entre os dias 1º e 12 de julho (até sexta-feira desta semana) vai receber um cupom de desconto de 15% que pode ser utilizado até 30 dias após a data da consulta. 

Para se ter uma ideia, o valor da assessoria completa do Express Entry fica com um desconto de CAD$ 675 dólares, indo de CAD$ 4,5 mil para CAD$ 3.825. Além disso, caso o candidato seja elegível para qualquer outro processo de imigração, ele também pode usar o benefício. Isso quer dizer que a redução vale para PNP’s, Family Sponsorship, Self-Employed, Caregiver Program, qualquer categoria de investidores, Atlantic Immigration Pilot, dentre outros.

residencia permanente

Sendo assim, agendando uma consulta de imigração até sexta-feira (ela não precisa ser realizada até esta data, mas sim ser adquirida em nosso site), automaticamente o cliente recebe o cupom de 15%, com validade de 30 dias, para qualquer assessoria em processos de imigração que resultem na residência (não é válido para vistos temporários). Para agendar sua consulta, basta acessar nosso site no link https://www.immi-canada.com/consulta/, escolher qual das modalidades, efetuar o pagamento e pronto! Você receberá seu cupom. Não perca esta oportunidade única.

Pensando em explicar um pouco os processos que podem resultar no tão sonhado Permanent Resident Card (PR), elencamos os principais abaixo no texto, confira!

Express Entry

Resumidamente, o Express Entry é um sistema de imigração econômico canadense que convida candidatos qualificados e que cumprem suas exigências a estabelecer residência no país. O sistema gerencia aplicações da categoria Economic Classes, sendo elas o Federal Skilled WorkerFederal Skilled TradesCanadian Experience Class. Ele foi implantado no país em janeiro de 2015, substituindo um antigo sistema que não estabelecia um pool com um ranking de pontuações, mas sim era analisado por ordem de chegada.

Agora o candidato deve criar o perfil no site do governo canadense dedicado a imigração (clique aqui para visualizar) e, com todos os dados preenchidos, o sistema determina, com base nas informações fornecidas pelo aplicante, se o mesmo é elegível ou não para entrar no pool juntamente com os outros inscritos, já determinando a pontuação que tem no total.

residencia permanente

Após a preenchimento e entrada no esquema de ranqueamento, o candidato deve aguardar os sorteios. Eles não possuem uma regra pré-estabelecida para ocorrem, mas geralmente são realizados draws quinzenais e, em alguns períodos, até três vezes no mês. Os inscritos com as maiores pontuações recebem o Invitation to Apply (ITA) e podem enviar seus documentos para análise (todo o processo é feito online). Após a verificação e retorno do IRCC, os aplicantes enviam os passaportes e, por último, recebem a carteira de Permanent Resident (residência permanente). Aí é só comemorar e comprar as passagens aéreas.

Provincial Nominee Programs (PNP’s)

As províncias canadenses tem seu processo de imigração independente, que são chamados de Provincial Nominee Programs (PNP’s), ou processos provinciais de imigração. Cada um deles tem suas próprias características e regras. Muitos abrem somente durante um curto período de tempo e depois ficam fechados o resto do ano. 

residencia permanente

Além disso, hoje a maioria delas possui também um subprocesso dentro dos PNP’s que passam pelo pool do Express Entry. O que significa que estar inscrito no pool do EE pode te dar também chances de ser chamado para aplicar por uma das regiões do Canadá que possuem este funil, obtendo postariormente a residência permanente. Elas podem selecionar um determinado número de candidatos, de acordo com a demanda interna de mão-de-obra e exigências de cada um dos programas, manifestando o interesse por meio de um convite aos candidatos que estão inscritos no processo federal.

Lembrando que quem expressa a decisão final é sempre o governo federal por meio do departamento de Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC). Embora com características específicas, eles possuem em comum alguns critérios básicos: oferta de trabalho ou profissão em demanda na província, inglês e/ou francês e comprovação financeira. Quebec, como em outros diversos casos, não entra na regra dos processos provinciais pois tem um sistema diferenciado de seleção para seus futuros habitantes (para mais informações, clique aqui).

Um detalhe importantíssimo para quem quer imigrar por algum processo provincial: o imigrante precisa ter a real intenção de residir e trabalhar na localidade, contribuindo com a economia e sociedade local.

*Para saber sobre os detalhes de cada processo, acesse este link.

Fontes: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/express-entry.html;

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/provincial-nominees/works.html.

Fabíola Cottet

O governo de imigração canadense anunciou dois novos programas pilotos de imigração na categoria de cuidadores: Home Child Care Provider Pilot Program e Home Support Worker Pilot. Eles substituem os antigos Caring for Children e Caring for Peolpe with High Medical Needs. Ambos os processos oferecem aos cuidadores elegíveis um caminho para que os profissionais requisitem a residência permanente, após dois anos de trabalho e experiência no Canadá.

Os pedidos apresentados por meio dos dois procedimentos antigos de imigração, que foram desativados no dia 18 de junho deste ano (2019), ainda serão processados, de acordo com as regras e requisitos dos programas anteriores. Porém, os mesmos não estão mais aceitando aplicações e foram encerrados. Os novos processos oferecem permissões de trabalho para cuidadores que tenham uma job offer no país e que atendam aos seguintes critérios:

Os profissionais da categoria que já trabalharam por, pelo menos, um ano em uma empresa no território canadense também já podem aplicar por esses dois novos programas pilotos. Além disso, os especialistas com a ocupação na National Occupational Classification (NOC) 4411, com exceção aos pais adotivos, são elegíveis para se candidatar à residência permanente por meio do Home Child Care Provider Pilot. Ademais, os cuidadores com trabalho comprovado no NOC 4412, excluindo as donas de casa, também são elegíveis através do Home Support Worker Pilot.

cuidadores

O Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC) declarou que os novos programas pilotos possuem um padrão de processamento de 12 meses para pedidos de permissão de trabalho e apenas seis meses aos que solicitam a Permanent Resident (PR), o tempo médio é de seis meses, desde que os aplicantes atendam aos requisitos de experiência de trabalho.

Atualizações

As principais mudanças ocorridas nos processos para os profissionais que cuidam de crianças e também aqueles especializados em pessoas com altas necessidades médicas incluem:

O IRCC acredita que as mudanças vão trazer uma transição aos profissionais, do status de trabalhadores temporários para residentes permanentes aos cuidadores e suas famílias, uma vez que o aplicante principal tenha adquirido os dois anos necessários de experiência canadense. Esses 24 meses devem ser adquiridos nos últimos três anos antes do candidato solicitar a residência permanente.

*Saiba mais como era a imigração para cuidadores clicando aqui e também neste link.

“O Canadá está cuidando dos nossos caregivers. Estamos nos comprometendo a melhorar a vida dos trabalhadores que vêm do mundo todo para cuidar dos nossos entes queridos e, com esses novos pilotos, pretendemos fazer exatamente isso”, declarou Ahmed Hussein, Ministro da Imigração do Canadá.

cuidadores

Os novos programas possuem um número limitado de aceitações no ano: 2.750 para cada um deles, totalizando 5,5 mil candidatos principais, além de sua família de primeiro grau. Os pilotos proporcionam atualizações importantes aos cuidadores, como permissões de trabalho abertas e também estudo aos membros da família, o que dá aos futuros aplicantes à residência o apoio necessário para que continuem trabalhando e se dedicando ao projeto.

Juntamente com o anúncio dos novos pilotos, o Canadá também vai reabrir seu Interim Pathway for Caregivers para novas aplicações a partir do dia 8 de julho próximo, aceitando inscrições por três meses. 

Este caminho é para indivíduos que adquiriram experiência de trabalho em terras do True North a partir do dia 30 de novembro de 2014, como cuidador de crianças em residências, trabalhador auxiliar em casas ou, ainda, uma combinação dos dois através do Canada’s Temporary Foreign Worker Program. A descrição do trabalho deve corresponder às iniciais ou às funções do grupo 4411 ou 4412 da National Occupational Classification.

O Interim Pathway para os cuidadores irá reabrir para aqueles que possuem a intenção de morar fora da província de Quebec e possuem os requisitos abaixo:

cuidadores

*Saiba como validar seu diploma no Canadá para imigração clicando neste link.

Como já falamos aqui em outros artigos, existem dezenas de maneiras diferentes de imigrar para o Canadá e concretizar o sonho de viver no país com a melhor qualidade de vida do mundo. Para saber qual é o melhor caminho para você, nada melhor do que uma consulta de imigração com um consultor especializado. A Immi Canada oferece este serviço, além de toda  a assessoria durante o processo, possuindo mais de 13 anos de experiência no mercado e uma equipe qualificada para lhe atender. Para mais informações acesse https://www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou mande um email para contact@immi-canada.com

Fonte: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/news/2019/06/canada-caring-for-caregivers.html.

Fabíola Cottet  

A província francófona do Canadá aprovou, na semana passada, uma controversa lei de reforma da imigração que irá eliminar milhares de pedidos em andamento para viver e trabalhar na província. Conhecida como Bill 9, o projeto foi introduzido em fevereiro, propondo o cancelamento imediato de requerimentos de trabalhadores qualificados pendentes, apresentados antes de 2 de agosto do ano passado.

A medida foi votada em uma sessão atípica de 19 horas na Assembleia Nacional, que se estendeu pela madrugada do dia 16 para o 17 de junho, passando por 62 votos a favor contra 42. A decisão irá retornar os pedidos de 18 mil trabalhadores qualificados que estavam no sistema, reembolsando suas taxas e fazendo com que os mesmos reapliquem e reiniciem o processo, caso continuem com o desejo e requisitos necessários para serem aceitos pelo sistema de imigração.

*Para saber mais sobre como imigrar para a província de Quebec, clique aqui e também acesse este link.

Os partidos de oposição, que votaram contra a aprovação, ressaltaram a sua insatisfação, dizendo que a decisão é extremamente antidemocrática. Já o objetivo da legislação, segundo o governo, é fazer com que os imigrantes que aplicam para o processo de Quebec sejam mais bem integrados e, portanto, estejam mais bem preparados para suprir as necessidades econômicas da província. “Estamos mudando o sistema de imigração de acordo com o interesse público, pois temos de ter certeza de que o nosso processo está alinhado às nossas necessidades do mercado de trabalho”, declarou o Ministro da Imigração da região, Simon Jolin-Barrette.

lei

Incluindo as famílias dos candidatos, a estimativa é que cerca de 50 mil pessoas serão afetadas pela aprovação da lei.  

Motivos

Segundo o premier Jolin-Barrette, o cancelamento dos pedidos em atraso era necessário visto a mudança realizada no Quebec Skilled Worker Program (QSWP), anunciada em julho do ano passado (para ver o artigo completo que escrevemos a respeito, clique aqui), e em vigor desde setembro de 2018. A principal troca ocorrida na ocasião foi a transição do sistema de ordem de chegada para um espelhado no federal, baseado em Expression of Interest (EOI) e ranqueamento dos candidatos.

Esse, segundo o governo, é um dos principais motivos de aprovação da lei. As aplicações feitas no sistema anterior de “first-come, first-served” não estavam alinhadas com o que o mercado de trabalho e a economia de Quebec precisam no momento. Agora os candidatos terão de acessar o portal Arrima para se candidatarem, preenchendo online seus detalhes e enviando o formulário eletronicamente. A EOI requer dados como educação, experiência de trabalho, habilidades linguísticas, dentre outros fatores.

lei

O Ministro da Imigração informou que os candidatos que tiveram suas solicitações canceladas devem enviar uma Expression of Interest por meio do Arrima para participar do novo processo, que convida candidatos a aplicar para receber uma carta convite, que é chamada de Quebec Selection Cerfiticate (CSQ). Este chamado é baseado em uma série de fatores, incluindo a necessidade de mão de obra em regiões mais afastadas da província de Quebec, onde a falta de trabalhadores é sentida em um nível maior.

Já a Federation of Quebec Chambers of Commerce (FCCQ), que nada mais é do que uma federação do comércio da região, comemorou a aprovação do projeto, declarando que a medida irá alinhar as necessidades dos empregadores com as do mercado de trabalho e, consequentemente, da imigração, o que trará benefícios à economia e a região.

Celina Hui, proprietária da Immi Canada e consultora de imigração regulamentada, diz que esta é uma atitude isolada e não comum. “O programa de imigração de Quebec já acontece a parte dos processos federais, a língua é outra e as regras são diferentes. Não acredito e não há indícios de que isso irá acontecer em outras localidades”, declara a profissional.

lei

*Para saber mais a respeito dos diversos processos de imigração existentes, acesse o artigo completo que escrevemos a respeito neste link.

Os representantes do partido liberal no território não ficaram felizes com a notícia. Eles acreditam que o sistema de imigração canadense, incluindo o de Quebec, está tentando atrair os melhores talentos para as terras do True North. Para os integrantes, o Canadá sempre passou a mensagem ao mundo de ser um país que recebe muito bem os imigrantes, o que contradiz a decisão, e pode trazer consequências drásticas no futuro. O sentimento foi ecoado por todos os partidos de oposição da casa.

Fonte: https://www.ctvnews.ca/canada/quebec-passes-controversial-immigration-reform-bill-in-rare-overnight-vote-1.4468732.

Fabíola Cottet

Um dos feriados mais importantes do Canadá é hoje: 1º de julho. O Canada Day é o dia em que os canadenses comemoram o aniversário do país, que é o segundo maior do mundo em extensão territorial. Sendo um dia de descanso e comemorações nacional, ele marca o estabelecimento do território como país, fato que ocorreu em primeiro de julho de 1867. Neste ano as terras canadenses completam seus 152 anos.

Na ocasião do nascimento, o British North America Act juntou as colônias da Província do Canada, Nova Scotia e New Brunswick em uma única federação, criando efetivamente o território como uma nação soberana sob o domínio britânico. No início, o Reino Unido manteve algumas das suas características políticas e da época da colonização, porém com a Constituição do Canadá, em 1982, estes costumes acabaram por ser eliminados.

O Canada Day é comemorado de forma muito parecida ao 4 de julho nos Estados Unidos, com celebrações, queima de fogos, churrascos nas residências, piqueniques, programações culturais nas cidades, desfiles, passeatas, dentre outras atividades.

Não importa se você mora no país, está estudando, trabalhando ou somente visitando as terras do True North, a ordem do dia é comemorar e aproveitar a programação da cidade onde você se encontra. E acredite, em todas as localidades do país a data é celebrada de alguma maneira. 

canada day

Além disso, como diversos eventos são organizados pelo governo, você pode ser voluntário em algum deles (clique aqui para saber como você pode fazer parte do time de voluntariado). As comemorações são planejadas com antecedência, então caso você não tenha conseguido participar neste ano, pode se inscrever para os próximos.

*Leia mais a respeito das comemorações dos anos anteriores clicando aqui e acessando este link.

O governo federal mantém um site com a programação por cidade, que pode ser acessado clicando aqui. A página também conta com várias informações a respeito dos artistas que irão se apresentar no dia, quais os locais estarão abertos e vão oferecer entrada gratuita (o que costuma ser muito comum neste dia), planejamentos de rota para os turistas, informações importantes para os visitantes, horários e locais da queima de fogos, dentre outros detalhes.

canada day

Veja abaixo a linha do tempo da história do Canadá:

1867 – A Lei Constitucional dá ao Canadá mais independência da Grã-Bretanha, embora o poder final permaneça com a Coroa Britânica.

1931 – O Estatuto de Westminster passa no parlamento britânico, dando ao Canadá plena jurisdição sobre assuntos externos.

1949 – A Suprema Corte do Canadá torna-se o tribunal supremo para todas as questões legais de jurisdição Federal e provincial.

1957 – A legislação é introduzida para confirmar a distribuição de receitas do Governo Federal para as províncias com o objetivo de apoiar a administração e a prestação de serviços públicos.

1982 – O Canadá se torna totalmente independente quando o parlamento britânico aprova a Lei Constitucional de 1982, dando ao país o poder de alterar sua Constituição e todos os outros atos anteriores do parlamento britânico.

1982 – A Carta Canadense de Direitos e Liberdades (seções 1 a 34) é introduzida como parte da Lei Constitucional de 1982.

Hoje o Canadá é formado por 10 províncias e três territórios.

Fonte: https://www.canada.ca/en/canadian-heritage/campaigns/canada-day.html.

Fabíola Cottet

[et_pb_section admin_label="section"]
[et_pb_row admin_label="row"]
[et_pb_column type="4_4"][et_pb_text admin_label="Text"]

Os canadenses vão às urnas este ano, em outubro, para eleger um novo governo federal, o que pode trazer mudanças significativas para as atuais políticas de imigração no país. As pesquisas mostram que, nas eleições neste ano, os conservadores estão na frente dos liberais, que foram os que introduziram as mudanças mais benéficas e interessantes nos programas de imigração canadense desde 2015.

Os três principais partidos políticos do Canadá – os liberais, que estão no poder no momento, o Conservative Party of Canada, que é o lado conservador, e o New Democratic Party (NDP), na tradução literal é o Novo Partido Democrático – são a favor da imigração econômica para o território, mas existem diferenças na abordagem de cada um e, estas divergências, podem trazer novidades para os processos que levam estrangeiros para as terras do True North no próximo ano.

Com o poder na mão dos liberais, as políticas de imigração canadense tomaram uma direção que os coloca em contraste com as diretrizes atuais dos Estados Unidos e também de muitos países europeus. Um dos focos das propostas de Justin Trudeau e seu partido foi elevar o número de imigrantes que chegam ao país, traçando planos para ter mais de um milhão de novos residentes permanentes até 2021 (confira o plano de imigração divulgado clicando aqui), impulsionando o crescimento da população.

eleições

Outra das atitudes tomadas pelos liberais, foi a de reduzir o tempo necessário para obter a cidadania canadense, ao mesmo tempo que reformularam as regras de inadmissibilidade médica, enfatizando também a reunificação familiar.

*Confira as regras para cidadania canadense clicando aqui. Com relação à saúde, você pode acessar mais informações no artigo completo que fizemos a respeito acessando este link. E, por fim, clique aqui e veja uma das medidas do governo canadense para unificar as famílias.

Em seus três anos de mandato, os liberais também introduziram importantes mudanças no programa que mais leva estrangeiros qualificados ao país, o Express Entry (EE). Que é o sistema que gerencia o grupo de candidatos para três das principais categorias de imigração econômica do Canadá: a Federal Skilled Worker Class, a Federal Skilled Trades Class e a Canadian Experience Class.

Desde que assumiu, o partido que está no governo desde 2015, viu um aumento dramático no número de Invitations to Apply (ITA’s), ou convites para aplicar para residência permanente, emitidos pelo EE: de 33.782 em 2016, para 86.023 em 2017 e, por fim, 89.800 no ano passado. Além disso, eles também introduziram mudanças no Comprehensive Ranking System (CRS), que nada mais é do que o sistema de pontos que determina a posição do candidato no pool do EE. As principais foram a concessão de pontos adicionais para quem conclui um curso de um ano ou mais no país e a redução da pontuação para os que tem uma oferta de emprego.

Embora a oferta de emprego não seja um requisito obrigatório para ser chamado para aplicar ao Express Entry, o governo conservador, anteriormente aos liberais assumirem o poder, recompensava os candidatos com um trabalho garantido no Canadá, por meio da Labour Market Impact Assessment (LMIA), com 600 pontos adicionais. Esta pontuação garantia efetivamente um convite do programa federal ao candidato. Críticos a esse sistema acreditaram que a medida favorecia a mão de obra pouco qualificada e com salários mais baixos, frente aos candidatos com mais qualificação e maior potencial de ganho, tanto para o país quanto para o aplicante. Isto fez com que os liberais reduzissem o número de pontos para um máximo de 200 para os que possuem a job offer.

A medida beneficiou os aplicantes com uma maior pontuação nos fatores de capital humano do CRS, que incluem idade, proficiência em inglês e francês, educação e experiência de trabalho qualificada. Além disso, a atitude fez com que a pontuação pela oferta de trabalho ficasse equilibrada com o score central do EE. Para se ter uma ideia do que esta mudança impactou, cozinheiros e supervisores de serviços alimentícios, por exemplo, figuraram entre as cinco principais ocupações convidadas pelo sistema federal de imigração em 2016. No ano seguinte eles caíram 28º e 14º lugar, respectivamente, dando lugar a profissionais como contadores, assistentes administrativos e contadores.

eleições

Conservadores

Se os conservadores vencerem em outubro, como mostra a pesquisa da CBC Canada, onde o partido aparece com seis pontos de vantagem sobre dos liberais, as mudanças nas políticas de imigração do Canadá são possíveis. Apesar do partido ainda não ter fornecido em seu plano um planejamento detalhado e extenso para a imigração, eles declararam que consideram um sistema justo, organizado e compassivo, que atenda tanto a capacidade de um estrangeiro se tornar autossuficiente no país, quanto às necessidades econômicas das terras canadenses.

Uma das medidas, segundo o partido, é vincular diretamente o número de habilidades das pessoas que querem se tornar residentes no Canadá por razões econômicas às necessidades da economia canadense. A questão das necessidades de mão de obra e da economia sempre foram linhas que guiaram a imigração do país enquanto os conservadores estavam no governo, o que resultou na criação e implantação do Express Entry.

Embora não tenham divulgado ainda as mudanças que pretendem fazer no sistema, um ponto muito criticado pelo partido conservador, são as metas de imigração estabelecidas pelo governo liberal.

New Democratic Party

O terceiro maior partido político do país, o NDP é conhecido por ser de centro-esquerda e encabeçar o movimento pela saúde pública universal para todos os canadenses. Embora o partido nunca tenha estado no governo, eles pregam um equilíbrio que contribui para a formação da política de imigração, enfatizando a compaixão pelos imigrantes e sendo extremamente favoráveis ao reagrupamento familiar.

eleições

Projeções

O Canadá se tornou líder e referência em imigração nos últimos quatro anos, o que está fazendo com que o sistema seja reconhecido e aplaudido em todo o mundo. Desde o EE, até os programas provinciais, o sistema de imigração do país quebrou vários recordes nos últimos períodos e ainda está programado para alcançar números ainda maiores nos próximos três anos.

Embora a imigração possa influenciar as eleições, é improvável que ela seja ponto principal ou tome grandes proporções internacionais, como aconteceu nos EUA ou em outros países, visto que os três partidos são declaradamente favoráveis aos programas para trazer estrangeiros ao território.

Segundo especialistas no assunto, a escassez de mão de obra em todo o país e o apoio dos canadenses ao sistema de imigração econômica significa que, provavelmente, os processos serão mantidos. A grande questão será como os sistemas serão modificados e a maneira que isso afetará o processo no todo.

Para Celina Hui, diretora da Immi Canada e consultora de imigração, é importante que, quem é elegível ou precisa de pouco para aplicar para o atual sistema de imigração, o faça o quanto antes. “Como ainda não temos o plano detalhado dos partidos no que diz respeito à imigração, quem já pode aplicar ou precisa de somente melhorar algum detalhe que possa ser alcançado ainda neste ano, é aconselhável se antecipar para evitar possíveis mudanças, caso o partido conservador seja eleito”, aconselha a profissional.

Fontes: https://www.cbc.ca/news/politics/grenier-immigration-poll-1.4907577;

https://newsinteractives.cbc.ca/elections/poll-tracker/canada/;

https://www.cbc.ca/news/canada/newfoundland-labrador/nlvotes-dead-heat-crosbie-ball-coffin-election-2019-1.5128968.

Fabíola Cottet

[/et_pb_text][/et_pb_column]
[/et_pb_row]
[/et_pb_section]

Grupo 1
CONTATO
contact@immi-canada.com
VANCOUVER: +1 (604) 684-0530
TORONTO: +1 (647) 351-5800
Redes sociais
Caminho 139
cartmagnifier