O planejamento, sonho e a pesquisa para imigrar para o Canadá são divididos em duas partes: organização e tomada de decisões no Brasil e depois ações quando a família ou pessoa já estiver em solo canadense. Neste artigo vamos falar de um item que começa a ser pesquisado em solo brasileiro, mas só é de fato experimentado e adaptado quando se está nas terras do hemisfério Norte: o transporte públiconas províncias canadenses.

O meio mais econômico de locomoção, depois da caminhada e bicicleta, costuma ser muito utilizado no Canadá, por todos, independentemente da classe social, pois a maioria dos sistemas é integrado, limpo, sinalizado, pontual e eficiente, o que estimula e torna mais fácil o seu uso, tanto por quem quer explorar a cidade em um intercâmbio ou viagem de férias, quanto para aqueles que moram e dependem dele diariamente para trabalhar e cumprir as tarefas do dia a dia.

É importante já informar, logo de cara, que não é incomum ver catracas livres, nos sistemas integrados e terminais das maiores cidades, como Toronto por exemplo, sem ninguém para vigiar ou cobrar a passagem, mas não se engane. O espaço é todo monitorado por câmeras e todos, quase que praticamente sem exceção, mostram o ticket para a câmera e pagam a passagem de acordo com a quantia cobrada. E caso isso não aconteça, existem profissionais que fiscalizam o sistema e aplicam multas aos não pagantes. Um detalhe bacana sobre o transporte: em quase todas as cidades é possível levar seu pet de graça com você no ônibus ou metrô. Certifique-se no site da empresa responsável pela administração do sistema se ele precisa estar na caixinha ou pode ir somente com a coleira.

Fique atento também aos descontos de cada local, acessando o site da empresa de transporte. Certas cidades permitem que a família usufrua do transporte usando um único passe diário aos finais de semana, em outras localidades existem descontos nos feriados e a maioria aplica um bom atrativo no valor da passagem mensal. Além disso estudantes e idosos também pagam mais barato.  Falando em monthly pass (passe mensal) veja as diferenças entre os tickets abaixo:

  • Passe único: te dá direito a uma viagem somente para um sentido, ou um determinado período de tempo a partir do embarque para a integração;
  • Passe diário: você pode utilizar o quanto quiser no mesmo dia (algumas cidades oferecem passagens para três dias também);
  • Passe semanal: sem limite de uso para uma semana (se atente a regra de cada cidade, pois muitas delas tem o ticket iniciado em dias determinados e outras começam a contar de quando você utiliza a primeira vez);
  • Passe mensal: use quantas passagens quiser em um mês (da mesma maneira, verifique a regra de início de cada localidade).

Abaixo descrevemos informações a respeito do funcionamento do transporte público das principais províncias do Canadá. A maioria das capitais possuem mais de um tipo de transporte urbano, como metrô, streetcar (bonde elétrico) e ônibus, que é o caso de Toronto, por exemplo.

British Columbia

Aqui vamos nos atentar para a cidade atrativo da província: Vancouver. A companhia responsável pelo transporte na cidade é a Translink, que cobre não só a cidade, mas todos os locais nos arredores, incluindo as regiões de Burnaby, Richmond, Surrey e New Westminster. O sistema público inclui ônibus que são movidos a diesel e energia elétrica, o metrô que é externo e recebe o nome de Skytrain e uma balsa que faz o trajeto entre Vancouver e North Vancouver.

O preço da passagem na capital depende de pra onde você quer ir. A região metropolitana é dividida em três zonas. A zona um, que é somente a cidade de Vancouver, a zona dois que abriga New Westminster, North Vancouver, Burnaby e Richmond e, por fim, a zona três, que vai para locais mais distantes como Coquitlam, Port Mood, Surrey, White Rock e Pitt Meadows.

provincias canadenses

Preços para adultos com tarifa regular:

Zona um: CAD $2,85

Zona dois: CAD $4,10

Zona três: CAD $5,60

Mais informações, tarifas diferenciadas e trajetos: https://www.translink.ca/.

Ontario

Não falaremos da capital Ottawa (mas pra quem quiser saber mais sobre o sistema público de transporte por lá, basta clicar aqui), mas sim da cidade mais populosa da província e também destino de muitos brasileiros: Toronto. Quem administra o sistema de metrô (subway), streetcars e ônibus no local é a Toronto Transit Comission (TTC), sendo o terceiro maior da América Latina. Na região também existem companhias alternativas para deslocamento, como a Via Rail Canada e o Go Transit que fazem o deslocamento com caminhos mais distantes e entre cidades.

Em Toronto o seu token, que é o passe único válido para uma viagem, te dá direito a pegar qualquer modalidade do transporte interligado, desde que para o mesmo sentido. Só não esqueça de pegar o transfer, que é um comprovante de pagamento da tarifa, para ter direito a embarcar no próximo veículo. Este papel é entregue a você pelo motorista do ônibus ou pode ser retirado nas máquinas em todas as estações de metrô.

Preços para adultos com tarifa regular:

Pagamento em dinheiro para um ticket: CAD $3,25

Compra acima de três tokens: CAD $3,00 cada um

Passe diário: CAD $12,50

Passe semanal: CAD $43,75

Passe mensal: CAD $146,25

Mais informações, tarifas diferenciadas e trajetos: http://www.ttc.ca/.

Quebec

A maior e mais populosa cidade de Quebec, que é Montreal, possui um sistema de public transportation administrado pela Société de Transport de Montreal (STM). A cidade tem uma boa linha de metrô, que abrange os principais pontos turísticos, bairros e centros de trabalho. Além disso, a vasta malha de ônibus leva o turista ou morador para todos os lugares. Também é possível comprar vários tipos de tarifa, dependendo da necessidade. Lembrando que é recomendável pedir informações e verificar o site da empresa, para ver as opções promocionais e a que melhor se encaixa no que cada um precisa.

Preços para adultos com tarifa regular:

Um ticket válido para 120 minutos a partir da entrada: CAD $3,25

Dois tickets válidos para 120 minutos a partir da entrada de cada um: CAD $6,00

10 tickets válidos para 120 minutos a partir da entrada de cada um: CAD $27,00

Passe diário: CAD $10,00

Passe semanal: CAD $25,75

Passe mensal: CAD $83,00

Mais informações, tarifas diferenciadas e trajetos: http://www.stm.info/fr.

Alberta

Na província de Alberta a cidade de Calgary ganha destaque, por ser a maior. A empresa que administra o transporte público no local é City of Calgary Transportation Department, por meio do Calgary Transit, que reúne todas as informações a respeito do sistema integrado.  Ela também é servida por metrôs e ônibus, que interligam toda a extensão do território. Como em quase todas as cidades, existem máquinas para a compra de tickets, porém caso o pagamento seja feito em dinheiro, tanto no ônibus como na máquina, você deve ter o valor exato, pois elas não dão troco.

provincias canadenses

Preços para adultos com tarifa regular:

Um ticket válido para 90 minutos a partir da entrada: CAD $3,25

Passe diário: CAD $10,00

Passe mensal: CAD $101,00

Mais informações, tarifas diferenciadas e trajetos: http://www.calgarytransit.com/.

Manitoba

Na capital e cidade mais povoada da província, Winnipeg, o sistema coletivo possui somente ônibus como meio de transporte, diferente das localidades que vimos até agora. Porém, na maioria dos casos, ele é pontual e eficiente, possuindo pontos de descida e embarque bem próximos um do outro, para facilitar a locomoção de pessoas com necessidades especiais e evitar que o morador ande um longo caminho com as temperaturas congelantes do inverno. Também é preciso ter a quantia exata de dinheiro, caso você não possua o cartão Peggo Card ou um ticket em papel.

Preços para adultos com tarifa regular:

Passe válido para 1h15 a partir da entrada: CAD $2,70

Cinco passes comprados antecipadamente: CAD $2,35 cada

Passe para dias úteis da semana, válido de segunda a sexta: CAD $21,15

Passe semanal: CAD $23,50

Passe mensal: CAD $90,50

Mais informações, tarifas diferenciadas e trajetos: http://www.winnipegtransit.com/.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet