Grupo 1
Grupo 1
Vai dirigir no Canadá? Você precisa saber disso!

Vai dirigir no Canadá? Você precisa saber disso!

12 de Julho de 2017

O Canadá possui belas estradas, com paisagens espetaculares, de costa a costa, além de um trânsito bem seguro. Seja como turista, estudante ou morador, se você quer se locomover por este país dirigindo é fundamental saber que há diferenças na legislação e regras de condução, tanto em comparação ao Brasil quanto entre as províncias e territórios canadenses.

Portanto, é preciso ter em mente que mais do que pesquisar a respeito das exigências para se tirar uma licença para dirigir no local, por exemplo, existem informações importantes para proceder dentro da lei nesta parte da América do Norte. Lembrando que as penalidades para as pessoas que não cumprem as normas de trânsito são bem rigorosas!

Confira a seguir as diversas dicas que selecionamos sobre este tema:

 

Leis e regras de condução

Antes de começar a guiar é necessário aprender as regras da província ou território em que está (ou que pretende visitar), e saiba que elas podem sim mudar de acordo com a localidade. Para conhecer essas normas, uma sugestão é buscar a cópia do guia de condução específico do lugar em que irá guiar.

Confira abaixo os links de sites oficiais dos departamentos responsáveis em cinco províncias canadenses (aproveite também para saber mais sobre o tema “permissão de dirigir” em cada uma delas):

Alberta

British Columbia

Manitoba

Ontário

Quebec

 

Em caso de acidente de trânsito, nunca se esqueça de...

Se você sofrer um acidente com outro veículo ou ainda atingir um pedestre, saiba que é considerado um crime grave deixar a cena da ocorrência. O governo do Canadá orienta que diante dessas situações é preciso ligar para o número de emergência, que é o “911”, para chamar a polícia e uma ambulância (se necessário). Caso a ocorrência envolva mais de um carro, você deve trocar as seguintes informações com o outro motorista: nome, endereço, número de telefone, placa do automóvel, número da carteira do motorista, nome da empresa de seguros e o plano contratado.

Compra, aluguel e seguro de automóvel

Você pode comprar um carro novo, usado de um revendedor de automóveis ou ainda direto de um proprietário. Neste momento, pode-se obter mais informações a respeito do veículo junto ao departamento responsável na respectiva província e checar também os direitos e deveres no “Manual do Consumidor do Canadá”.

Caso você opte por alugar um carro, além das empresas tradicionais as quais paga-se uma diária ou período maior, há ainda cidades do Canadá, como Toronto e Vancouver, em que existe a possibilidade de utilizar um veículo compartilhado. Assim, na Car2go e na Modo, por exemplo, é possível fazer o aluguel por apenas algumas horas, contando já com o seguro e a gasolina embutidos no valor total do serviço.

É ilegal dirigir um automóvel sem seguro no Canadá! Desta forma, seja um carro próprio ou alugado, é obrigatório que o mesmo esteja segurado. Se você precisar conduzir regularmente em veículo de um amigo ou parente, deve certificar-se de que seu nome está listado entre os condutores autorizados da seguradora.

Assim como no Brasil, existem distintas coberturas como aquelas que indenizam apenas os valores relativos aos custos de danos de seu carro, de terceiros, podem incluir as lesões do condutor e passageiros, etc. Além disso, no momento de fechar o contrato com a seguradora será levado em conta aspectos como: a sua idade, experiência e histórico de condução, endereço de residência, entre outros.

Dirija sempre com muita segurança

No período que neva no Canadá é preciso ter a atenção redobrada e existem vários itens e procedimentos de segurança que devem ser considerados. Entre eles, saiba que há pneus específicos para estes meses de frio, que inclusive são obrigatórios em várias províncias. A velocidade também deve ser reduzida, bem como a distância do carro da frente precisa ser maior, já que aumenta o risco de se perder o controle do automóvel.

Se tiver filhos, conforme citamos, cada província e território tem suas próprias restrições para o assento infantil para o carro e o uso do banco auxiliar. Mas em linhas gerais, a criança sempre deve estar no banco de trás e a verificação da relação de peso e altura ideal junto ao fabricante também são procedimentos indispensáveis.

No caso de um recém-nascido no país, é mandatório deixar o hospital com a cadeirinha específica, e há locais em que um profissional da maternidade inspeciona o item antes de autorizar a saída do bebê. De acordo com o site do Ministério dos Transportes do Canadá, existem quatro estágios quando o assunto é a famosa “cadeirinha infantil”:

Estágio 1: fase em que as crianças utilizam o assento voltado para trás

Estágio 2: quando o assento deve ser voltado para a frente

Estágio 3: necessidade do uso do assento de elevação

Estágio 4: fase do cinto de segurança

É necessário se atentar também para o fato de que os assentos possuem data de validade que se estiver expirado, com algum tipo de dano ou esteve em um carro que sofreu algum tipo de colisão, deve ser imediatamente substituído. Mais detalhes a respeito da utilização de cadeiras de bebês em carros no Canadá você encontra clicando aqui.

Aproveite para ler também!

Ontário: posso dirigir com a CNH do Brasil?

Dirigindo no Canadá: Tudo o que você precisa saber - Parte 1 e Parte 2

 

 

 

Principal fonte: http://www.cic.gc.ca/english/newcomers/after-transportation-driving.asp

Proibida a reprodução do texto sem autorização prévia.

 

 

 

 

Comentários Facebook
Categorias
Posts mais acessados
Siga-nos!
120 mil
likes
+600
seguidores
53 mil
seguidores
13,9 mil
inscritos
+20 mil
cadastrados
Grupo 1
CONTATO
contact@immi-canada.com
VANCOUVER: +1 (604) 684-0530
TORONTO: +1 (647) 351-5800
Redes sociais
Caminho 139
cartmagnifiercrosslist