Desde o dia 1º de Janeiro de 2015 está no ar o novo sistema de imigração canadense, o Express Entry– (EE). Pelo alto número de informações divulgadas recentemente, grande parte dos interessados estão com dúvidas a respeito da pontuação necessária para se qualificar.

O atual Sistema gerencia as submissões dos processos de imigração para o Federal Skilled Worker Program (FSWP), Federal Skilled Trades Program (FSTP) e Canadian Experience Class (CEC) e será um facilitador para a nomeação dos candidatos por meio dos programas provinciais.

Com base nas informações que o candidato à imigração envia ao sistema e cria o perfil, o mesmo irá gerar um ranking com os demais candidatos, utilizando a pontuação alcançada na junção dos requerimentos, onde a mesma poderá chegar a um máximo de 1.200.

Fatores

Os fatores a serem julgados são: Idade, Nível de Escolaridade, Proficiência no Idioma, Experiência Profissional entre outros.

Mas é importante saber que não basta somente criar o perfil no Express Entry, é necessário estar dentro dos padrões exigidos, sempre relatando fatos verdadeiros, evitando assim problemas com o Citizenship and Immigration Canada (CIC).

Vale ressaltar que ao criar o perfil com informações falsas, o CIC poderá julgar o caso como Misrepresentation (Deturpação de Informações) e banir o candidato de aplicar para qualquer programa ou visto por até 5 anos.

Antes de criar o perfil no EE, certifique-se que você atende aos requisitos do FSW, FST e/ou CEC.

Veja mais aqui:

FSW – http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/apply-who.asp

FST – http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/trades/apply-who.asp

CEC – http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/cec/apply-who.asp

Além das informações acima, quais são os pontos obrigatórios para a criação do perfil no EE?

1)      Comprovação de Proficiência no Idioma – Inglês e/ou Francês (IELTS, CELPIP ou TEF) – Qualificação Mínima: Benchmark CLB7. É obrigatório ter o exame de proficência feito, uma vez que serão solicitados informações sobre o mesmo. No caso dos aplicantes casados ou em União Estável, o acompanhante tendo a também a comprovação, fará uma soma de 40 pontos mais.

2)      ECA – Education Credential Assessment – Um dos requerimentos do Express Entry é a comprovação do Nível de Escolaridade. Sendo assim, aos que não possuem diploma ou certificado de uma instituição canadense, deverão realizar o processo de Equivalência, para que os mesmos tenham validade semelhante aos documentos emitidos pelas instituições canadenses. Aos que querem aplicar para o EE por meio o Federal Skilled Worker o ECA é obrigatório, no caso do Federal Skilled Trades Program e Canadian Experience Class, o ECA é opcional, mas é aconselhável que todos façam, já que ajuda na contagem de pontos.

São 5 (cinco) as instituições que realizar o processo do ECA, confira abaixo:

 

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Deborah Calazans

Deborah Calazans, Graduada e Pós-graduada em Jornalismo, é membro da equipe da Immi Canada desde 2013 e atualmente atua como a Gerente Geral dos escritórios da Empresa no Brasil, sendo responsável por todo acompanhamento nos processos dos Vistos de Residência Temporária.