Vou morar com a minha família no Canadá e precisarei matricular as crianças na escola… e agora? Essa com certeza é uma situação vivida por muitas pessoas e quando o assunto é educação não se pode brincar. Preparamos essa matéria com algumas informações importantes e específicas sobre o sistema de ensino da cidade de Toronto, que fica na província de Ontário (existem diferenças entre as leis de cada província).

Todas as escolas que são públicas e as ligadas à doutrina católica, são subsidiadas pelo governo e gratuitas. Desta forma, os filhos dos residentes locais que nasceram no Canadá, dos que imigraram, aqueles pais que possuem um visto de trabalho, são refugiados, entre outras situações no país, estão com o direito garantido de frequentar uma dessas unidades.

Os primeiros anos de estudo são denominados “junior kindergarten” e “sênior kindergarten” (para crianças de 4 e 5 anos). Depois vem a “elementary school”, que são as séries de 1 a 8, para crianças de 6 a 13 anos. Na sequência tem a escola secundária que se divide em blocos de ensino que vão do nono ao 12º ano. Portanto o aluno completa a “high school”, que é equivalente ao ensino médio, entre 17 e 18 anos.

As escolas

É possível fazer a matrícula em uma das unidades públicas da Toronto District School Board, o TDSB (www.tdsb.on.ca), que é responsável por quase 600 escolas espalhadas pela cidade. E existe também a Toronto Catholic District School Board, TCDSB (www.tcdsb.org), cuja exigência é que a criança seja católica ou filho de católicos.

A escola que o estudante irá frequentar é determinada principalmente pelo local de residência da família. Entre outros documentos, é preciso apresentar um comprovante de endereço no momento de se matricular. Com isto, o governo acredita estimular a proximidade com a vizinhança, bem como a independência do estudante e as suas relações tanto como indivíduo quanto perante a sociedade.

No sistema educacional de Toronto existem algumas regras e benefícios, como direito a transporte escolar gratuito disponibilizados por algumas escolas para estudantes elegíveis das séries iniciais, por exemplo. Embora as diretrizes de ensino sejam ditadas pelo governo, e mesmo se pertencente a mesma rede administrativa, cada escola em que o aluno frequenta pode conter programas de estudo, estrutura e programações distintas.

Por ser uma cidade multicultural em que convivem pessoas de todo o mundo, há regiões em que a maioria dos moradores são imigrantes de um determinado país. Então nestes casos é bem provável que as crianças da localidade possam ter alguma aula ou atividade na língua mãe da comunidade a qual convivem.

shutterstock_163834646

Experiência positiva

Muitas famílias brasileiras conhecem bem o sistema de Educação de Ontário, como a fonoaudióloga Danielle Brito que é estudante de mestrado no Canadá e veio junto com o marido e suas duas filhas (de 6 e 7 anos de idade). Segundo ela, a receptividade da escola pública que está localizada na região de East York, em Toronto, foi muito positiva. Entre os benefícios, todo o material escolar foi disponibilizado gratuitamente.

“Nós tivemos o apoio necessário e o processo de matricula foi rápido e simples: assim que chegamos as crianças já começaram a estudar. No primeiro dia de aula as meninas foram recepcionadas por um aluno que falava português e integradas a rotina escolar. Elas contaram ainda com aulas extras no processo de alfabetização em inglês”, afirmou Danielle.

Fique sabendo!

Diferente calendário brasileiro, o ano letivo começa em setembro e vai até junho. Não existe pagamento de mensalidades nas escolas públicas, mas é preciso se atentar para aquelas unidades em que é necessário pagar pelo uniforme ou outros itens que os alunos precisarão no ano letivo. Em Ontário também tem opções para quem quer matricular o filho em escola particular.

Para os procedimentos de matrícula no ensino público os pais devem buscar as informações nos sites oficiais do TDSB e TCDSB, ir diretamente a uma unidade escolar ou no Conselho Regional de Educação da cidade (Board of Education). Há ainda os sites oficiais do governo de Ontário como o do Ministério da Educação, o www.edu.gov.on.ca, e o específico de apoio aos imigrantes www.ontarioimmigration.ca.

Comentários Facebook