Grupo 1
Grupo 1
Viajando pelas estradas canadenses: de Winnipeg a Calgary

Viajando pelas estradas canadenses: de Winnipeg a Calgary

23 de Maio de 2017

Uma das melhores coisas da vida é viajar, ainda mais quando estamos em um país onde conhecemos pouco da cultura, geografia, relevo, costumes, clima e todas as demais características. Desbravar o Canadá de carro é uma ótima opção para quem quer conhecer as estradas e explorar as cidades e atrações no meio do caminho.

Uma dica importante para quem vai se aventurar de carro: escolha o verão caso você não tenha experiência dirigindo com neve e condições climáticas adversas. Fizemos, recentemente, um texto sobre dicas de como viajar pelo Canadá sem crise, que pode ser acessado clicando aqui. No inverno diversas estradas chegam a ficar fechadas por dias devido a tempestades de neve, portanto sempre é bom estar atento e ir com segurança.

O próximo passo é a carteira de motorista nacional/internacional caso o motorista esteja somente de passagem ou a habilitação canadense, quando o condutor é residente no país (para saber mais informações sobre como obter o documento, clique aqui). Depois disso é só reservar os hotéis, pegar o carro, fazer as malas e pé na estrada!

Estradas canadenses

O país tem belezas naturais incríveis e sua paisagem não deixa a desejar em alguns trechos. Fizemos o percurso de Winnipeg, capital da província de Manitoba, a Calgary que é a maior cidade em Alberta. O caminho todo tem cerca de 1.330 quilômetros. O ideal é realizar o trajeto em dois dias, sendo que uma boa opção é conhecer a cidade de Regina, que fica no meio do percurso em Saskatchewan, sendo a segunda maior cidade da província central do país.

estradas canadenses

Geração de energia eólica na província de Saskatchewan.

A paisagem durante o trajeto é bonita, mas um pouco monótona, devido a ausência de diferentes tipos de vegetação e relevo, além do percurso ser, em quase toda a sua extensão, uma enorme reta que se perde no horizonte. Manitoba e Saskatchewan são conhecidas no país devido a sua forte agricultura, com cultivo comum e principal de grãos. Sendo assim, o cenário da viagem são fazendas e mais fazendas, em um território bastante plano.

estradas canadenses

Território plano com fazendas: províncias se destacam no cultivo de grãos.

 

estradas canadenses

Grain Elevator: estrutura usada para armazenar e processar grãos, presentes durante toda a extensão da viagem.

A condição e conservação da Trans Canada Highway 1 é impecável. Durante o verão acontecem muitas obras de revitalização de rodovias, mas o percurso tem pista duplicada em toda a sua extensão, com acostamentos e o asfalto bem conservado e limpo. Ao contrário dos Estados Unidos, tirando as pequenas cidades no caminho, o número de postos de gasolina e áreas de descanso é pequeno, então é bom estar atento ao nível de combustível e sempre manter o carro abastecido. Outro detalhe é que na estrutura rodoviária do país todo não existem pedágios, portanto no planejamento financeiro do passeio não precisa existir este custo.

estradas canadenses

Estradas canadenses: sem pedágios e em bom estado de conservação.

O limite de velocidade na auto estrada é de 110 quilômetros e, embora a condição da rodovia até permita um pouco mais, a segurança sempre vem em primeiro lugar e existem policiais ao longo do caminho atentos aos apressados. Portanto é importante dirigir com segurança e tranquilidade.

Regina

estradas canadenses

Centro de Regina: pequena metrópole fica no caminho entre Winnipeg e Calgary.

A segunda maior cidade e capital da província de Saskatchewan é uma pequena metrópole localizada na região sudeste do estado. Ela possui mais de 350 mil árvores plantadas a mão e eventos culturais durante o ano todo, para turistas e residentes. Além disso, Regina é conhecida por seu clima bastante seco e por ser um local bem ensolarado, com uma média de 2.370 horas de sol por ano.

estradas canadenses

Wascana Centre: parque urbano com árvores plantadas a mão.

Um dos pontos mais bonitos da cidade, além do centro comercial, é o parque metropolitano chamado de Wascana Centre, que tem em uma das suas extremidades o imponente Saskatchewan Legislative Building, construído em 1908. No local ainda existe um lago artificial que abriga a ilha de WillowIsland, que pode ser visitada através dos ferries. O parque é acessível a todos e a entrada é gratuita e vale a visita. O acesso ao prédio legislativo também é permitido das 8h às 17h e a arquitetura do local é bastante bonita, além de conter peças que fazem parte da história política da província.

estradas canadenses

Saskatchewan Legislative Building: construção fica em uma das extremidades do parque.

 

estradas canadenses

O local possui diversos eventos culturais durante o ano todo.

Outra atração é o Royal Saskatchewan Museum, que conta com exibições de ciências naturais, aborígenes, ciências da terra, histórias, viagens, dinossauros, fauna e flora. O museu também oferece estruturas para pesquisa e uma loja com lembranças da cidade e do local. A entrada é o valor que o visitante achar que deve doar e ele é aberto diariamente das 9h30 às 17h. Para mais informações basta acessar o link: https://www.royalsaskmuseum.ca/rsm.

A localidade também possui diversos outros atrativos, como um conservatório de flores, a MacKenzie galeria de arte, centro de ciências, o shopping Cornwall, centro esportivo e um casino.

Calgary

Com certeza os amantes de centros urbanos vão gostar mais de Calgary. Ela é a terceira cidade mais populosa do Canadá. Chegando o viajante já se depara com uma paisagem diferente, pois o local fica a cerca de 80 quilômetros das montanhas rochosas do Parque Nacional de Banff. A estrada, reta e com plantações de grãos, ganha a novidade de diversos poços de petróleo com os equipamentos de extração em sua superfície.

estradas canadenses

Extração de petróleo na província de Alberta.

A cidade tem orgulho do estilo country e dos rodeios, mas suas construções e edifícios são modernos e imponentes. A atração mais visitada da capital é a Calgary Tower, que tem a altura de um prédio de 60 andares e proporciona uma vista exuberante em todos os ângulos. O observatório panorâmico do topo da edificação tem um chão de vidro, possibilitando uma visão a 190 metros de altura.

estradas canadenses

Calgary Tower: vista panorâmica da cidade.

Calgary tem em sua população um pouco mais de um milhão de habitantes, sendo um centro financeiro e comercial, onde estão localizadas as principais sedes das empresas petrolíferas do Canadá. Embora moderna, a localidade se orgulha de suas tradições. O principal evento da cidade é o Stampede, realizado sempre no mês de julho, é considerado um dos maiores festivais countries do mundo.

estradas canadenses

Prédio da prefeitura da cidade.

O Heritage Park é parada obrigatória, pois é considerado o maior museu histórico vivo do mundo. Ele traz diversas atrações como exibições, lojas, passeios, restaurantes, dentre outros que fazem o visitante mergulhar em uma verdadeira viagem no tempo. Para mais informações acesse o site http://www.heritagepark.ca/.

Para os amantes de esporte e arquitetura, o estádio Pengrowth Saddledome é para obrigatória. Ele é a casa do time de hockey da cidade, o Calgary Flames e também palco de diversos eventos ao longo do ano. O Studio Bell é um imponente museu de música, além de conservatório, que também merece ser visitado.

estradas canadenses

Pengrowth Saddledome: cartão postal da cidade e palco de diversos eventos.

Os edifícios arquitetônicos do centro são um espetáculo a parte. O destaque vai para o The Bow, segundo maior prédio do Canadá, perdendo apenas para a CN Tower, em Toronto. Para a vida noturna, bons restaurantes, bares, pubs e também para uma caminhada, a Stephen  Avenue Walk não pode ficar de fora do roteiro. A rua é super charmosa e repleta de opções para alimentação, música e bons drinks.

estradas canadenses

The Bow: segundo maior arranha-céu do Canadá.

 

estradas canadenses

Stephen Avenue: bares, restaurantes e muito charme.

O CORE Shopping Centre é um bonito centro de compras que abriga o Devonian Gardens, um jardim que ocupa boa parte dos quatro andares de lojas, entretenimento e alimentação do local, possuindo mais de 20 mil plantas. Calgary não para por aí, diversas são as atrações como o templo muçulmano Batun Nur Mosque, o parque provincial de dinossauros, o Olympic Plaza, a Peace Bridge, casinos e diversos outros locais e eventos ao longo de todo ano.

estradas canadenses

O Studio Bell se destaca pela arquitetura e pela história da música.

Texto e imagens: Fabíola Cottet

Comentários Facebook
Categorias
Siga-nos!
120 mil
likes
+600
seguidores
53 mil
seguidores
13,9 mil
inscritos
+20 mil
cadastrados
Grupo 1
CONTATO
contact@immi-canada.com
VANCOUVER: +1 (604) 684-0530
TORONTO: +1 (647) 351-5800
Redes sociais
Caminho 139
cartmagnifiercrosslist