Tanto para quem aplica para um programa de imigração, quanto para quem vai estudar no Canadá, equivaler o diploma no país é uma etapa obrigatória e importantíssima do processo. Os caminhos são diferenciados dependendo do objetivo e podem custar mais ou levar um período maior de tempo dependendo da modalidade. Por isso é importante sempre pesquisar e planejar as etapas com antecedência para dispor do tempo e dinheiro necessários para cada processo (a Immi Canadá presta o serviço de assessoria de reconhecimento de diploma, para mais informações clique aqui).

Como existem inúmeras diferenças no sistema de ensino dos dois países, aqui existem Universities e Colleges, sendo que os cursos oferecidos nestas instituições têm objetivos diferentes. Este é o primeiro passo na validação, saber em qual tipo de instituição a graduação é oferecida no Canadá. Nos Colleges o aluno pode optar por caminhos mais práticos, como turismo, jornalismo, design ou administração. Se sua formação segue a linha teórica como filosofia, biologia ou matemática, ele será oferecido em uma University.

Para estudo, licenças ou emprego

Para fins de estudo, documentos ou licenças especiais e trabalho, existem algumas diferentes maneiras de revalidar um diploma ou certificado, dependendo de qual instituição de ensino escolhida e qual tipo de curso irá fazer no Canadá. O primeiro passo é verificar com o College ou com a University qual é a revalidação que eles aceitam.

As instituições existentes para o serviço estão listadas abaixo:

O mais comum no país é o WES, mas várias faculdades pedem por outros reconhecimentos. O processo pode mudar alguns detalhes entre os órgãos, mas no geral as exigências são as mesmas ou bem parecidas. Geralmente o aplicante vai precisar dos seguintes documentos:

  • Formulário disponível no site de cada órgão preenchido e assinado;
  • Cópias dos diplomas (bacharelado, licenciatura, pós-graduação, mestrado ou doutorado);
  • Segunda via original dos históricos escolares de cada instituição;
  • Tradução juramentada dos históricos e diplomas.

Se o órgão achar necessário, ele pode pedir para verificar o documento original de cada cópia solicitada. É importante saber que, caso o aplicante queira reconhecer somente um doutorado, por exemplo, ele não pode somente enviar o diploma e histórico do doutorado. Neste caso os certificados de graduação, especialização (se aplicável) e mestrado devem ser enviados também.

Quando o estudante vir ao Canadá para dar continuidade aos seus estudos, o reconhecimento do diploma anterior pelas instituições não é necessário para fazer a matrícula em uma faculdade no Canadá. Por exemplo, o aluno tem bacharelado em pedagogia no Brasil e quer fazer uma pós-graduação no Canadá. Neste procedimento, a própria universidade canadense, na qual o estudante irá cursar o programa, valida o diploma.

WES Canadá

Para imigração

Para quem deseja aplicar para um dos vários processos de imigração existentes, provavelmente terá de passar pela World Education Services Canada (WES). O órgão oferece reconhecimento de diplomas para o Canadá e Estados Unidos, tendo em sua gama de serviços os dois tipos de processos para o Canadá: estudos ou emprego e imigração.

No que diz respeito aos futuros moradores do Canadá, as exigências para a equivalência dos certificados costumam ser um pouco mais burocráticas. O primeiro passo é entrar no site da WES e fazer uma equivalência ou simulação gratuita que está disponível na página (http://www.wes.org/ca/evaluations/preliminary.asp). Com isso o aplicante fica sabendo se a sua instituição de ensino no Brasil é reconhecida no Canadá. É importante ressaltar que essa equivalência online gratuita não vale para fins acadêmicos e nem migratórios, ela só é o passo básico para uma verificação inicial das credenciais e qualificações do aluno ou imigrante.

Após passar pelo reconhecimento inicial oferecido pelo órgão, é necessário escolher a opção de equivalência para imigração (ECA Aplication for IRCC) e seguir os passos. Primeiro é requerido um preenchimento de um formulário com todos os dados no site e, após isso, a escolha de qual é o grau de instrução do aplicante. Esse procedimento gera um código chamado WES Reference Number, que deve ser colocado nos documentos e nos envelopes que serão enviados, impressos e entregues pelo serviço de postagens internacionais de preferência do aluno, para a WES no Canadá. Com esse número também é possível verificar o status do pedido entrando na conta pessoal no site. Os documentos necessários são:

  • Formulário disponível no site de cada órgão preenchido (um para cada diploma);
  • Cópias dos diplomas (bacharelado, licenciatura, pós-graduação, mestrado ou doutorado);
  • Segunda via original dos históricos escolares, enviados juntamente com o formulário, em papel timbrado da instituição de ensino brasileira, com formulário assinado pelo responsável e em envelope lacrado que deve ser encaminhado diretamente pela faculdade de ensino no Brasil para a WES no Canadá;
  • Tradução juramentada dos históricos e diplomas;

A diferença é a exigência do envio de históricos originais diretamente pela instituição de ensino. Por exemplo, se o aluno cursou administração na Pontifícia Universidade Católica e depois fez uma pós-graduação na Uninter, ele terá que imprimir dois formulários e preencher com os dados, WES Reference Number e assinatura. Depois disso terá que solicitar em cada uma das universidades a segunda via original do histórico, levar o formulário do WES e pedir pela assinatura e complementação, além de verificar junto a instituição o envio dos dois documentos diretamente ao Canadá. Muitas das faculdades no Brasil possuem esse serviço, transferindo ao solicitante os custos. Já outras universidades não enviam os documentos, restando a opção ao aluno de pedir um envelope lacrado e enviar por conta própria.

O reconhecimento tem prazo de 20 dias úteis para ficar pronto a partir da data de chegada da papelada na WES Canadá. Ele fica disponível no site, dentro de sua conta pessoal, e também é enviado para o endereço que o aplicante escolher. O documento tem validade de cinco anos dentro do Canadá.

Valores

A taxa de pagamento para reconhecimento e validação de diploma no Canadá varia dependendo da urgência do requisitante, do órgão escolhido para realizar o serviço e da quantidade de diplomas. É importante ter planejamento financeiro, que é um dos primeiros requisitos quando se pensa em imigrar, pois somente para este processo, incluindo valores de taxas do órgão, traduções e envios, o montante pode chegar a custar cerca de $600 CAD por pessoa para uma aplicação normal com dois certificados.

O valor para envio em 20 dias úteis, incluindo dois certificados, na World Education Services, fica em $230 CAD, tirando o custo das traduções e envios. Já na Comparative Education Services (CES), o valor pode variar de $190 a $800 CAD, dependendo da quantidade de diplomas e do tempo que o aplicante tem para ter o serviço concluído. É importante verificar as tarifas da instituição antes de começar o processo, disponíveis no site de cada uma, lembrando que  o reconhecimento não é garantido, ele depende dos parâmetros de cada órgão.

Regulamentação de profissão

Este procedimento é para quem tem uma das profissões regulamentadas no Canadá e quer exercer a prática no país (para consultar quais são basta clicar aqui). O processo sempre começa com o reconhecimento do(s) diploma(s) como indicado acima, mas esta é só a primeira etapa, que é seguida de avaliações, provas, exigências e outros fatores. Para saber mais sobre o assunto, basta acessar o link: https://www.immi-canada.com/o-que-e-e-como-funciona-a-validacao-do-diploma-no-canada/ .

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet