Detalhes do novo sistema de imigração da província de Quebec foram revelados ontem (quarta-feira, 01 de agosto). O recém-lançado Quebec Skilled Worker Program (QSWP) será baseado em um banco de dados, chamado de Expression of Interest System, que funcionará de maneira similar ao Express Entry federal. O programa entra em vigor hoje e alguns detalhes a respeito do sistema de classificação foram revelados.

A primeira grande novidade é que a província de Quebec levará em conta experiência de trabalho do candidato nos Estados Unidos (EUA). Isso a torna a única dentre as canadenses que dá pontos e leva em consideração o tempo trabalhado no país vizinho ao classificar os candidatos.

*Clique aqui e acesse o artigo que fizemos com as informações a repeito do novo sistema.

Os candidatos do QSWP que submeterem seu perfil no Expression of Interest System serão classificados em dois grupos: o primeiro deles é para os aplicantes que possuam uma oferta de trabalho da província francófona ou estejam vivendo na localidade e obedeçam a regras específicas. O segundo é destinado aos que aplicam e vivem fora de Quebec.

provincia de quebec

De acordo com as regras publicadas, para entrar no primeiro grupo os candidatos devem seguir alguns critérios que seguem abaixo:

  • Ter uma oferta de trabalho em tempo integral e não provisória em Quebec;
  • Residir na província e ter como atividade principal o trabalho, obedecendo aos seguintes critérios: possuir uma permissão de trabalho e um diploma de uma instituição de ensino elegível (veja quais são as Designated Learning Institutions da região clicando aqui) ou ter uma permissão de trabalho válida por 12 meses ou mais, seis meses experiência em um emprego full time e estar, atualmente, trabalhando em período integral.

Este primeiro grupo será classificado e pontuado de acordo com os sete fatores a seguir:

  1. Idade;
  2. Diploma de instituição de ensino da província;
  3. Experiência de trabalho canadense ou norte-americana;
  4. Proficiência em francês;
  5. Conhecimento em inglês;
  6. Educação;
  7. Educação e proficiência na língua francesa de um cônjuge ou parceiro.

O segundo grupo é destinado aos aplicantes que residem fora da província. Estes candidatos serão classificados com base em pontuações obtidas sob oito fatores:

  1. Idade;
  2. Diploma de uma instituição na província;
  3. Experiência de trabalho canadense ou norte-americana;
  4. Experiência de trabalho (fora de Quebec) em uma das profissões que a região listou como em demanda (clique aqui e veja quais são, de acordo com a última atualização);
  5. Proficiência em francês;
  6. Conhecimento em inglês;
  7. Educação;
  8. Educação e proficiência na língua francesa de uma cônjuge ou parceiro.

Ambos os candidatos, tanto do primeiro grupo como do segundo, serão contemplados com pontos extras por combinações de habilidades e fatores, confira abaixo quais são:

  • Educação combinada com proficiência em francês (pode ser do aplicante principal ou do cônjuge, sempre levando em consideração o que possuir o score mais alto);
  • Educação combinada com experiência de trabalho no Canadá ou nos EUA, ainda associada à proficiência em francês;
  • Experiência de trabalho estrangeira associada à proficiência em francês;
  • Experiência de trabalho no exterior associada a tempo de trabalho canadense e nos EUA, ambas combinadas com a proficiência no francês.

provincia de quebec

A província francófona ainda não revelou a pontuação de cada fator e nem quantos pontos serão creditados para as combinações de características. Entretanto, o regulamento do Quebec’s Ministry of Immigration (MIDI) determina que eles podem emitir convites ao Quebec Selection Certificate (QSC) aos candidatos com maior pontuação no ranking ou com base em critérios de seleção e condições consideradas prioritárias pela província.

As revisões da lei de imigração da localidade (que pode ser acessada em sua totalidade neste link), contemplam que um candidato pode ser convidado a aplicar de acordo com a sua capacidade de se estabelecer com sucesso na região, a escolha da região de destino em Quebec, se for proveniente de um país afetado por uma crise humanitária e, ainda, a existência de um compromisso internacional.

Fontes: http://www2.publicationsduquebec.gouv.qc.ca/dynamicSearch/telecharge.php?type=1&file=103602.pdf

https://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/fr/immigrer-installer/travailleurs-permanents/conditions-requises/index.html

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet