O Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC) anunciou que mudará as regras do Parents and Grandparents Program (PGP) e também que pretende receber, no próximo ano, um limite máximo de 20 mil aplicações para o processo de patrocínio de pais e avós. O número é quatro vezes maior do que na ocasião de reabertura do processo, em 2014, quando a quantia máxima era de apenas cinco mil candidatos.

O objetivo, segundo o comunicado oficial feito pelo departamento de imprensa do IRCC, é reunir ainda mais pais e avós com suas famílias em solo canadense, tornando o programa melhor e mais acessível. Além disso, outra mudança significativa é que o governo encerrará a seleção aleatória para o processo familiar. Antes, as chamadas para aplicações e convites eram feitos por um sorteio, sem critério de seleção. Em 2019, o órgão irá reverter a abordagem para o esquema de first come, first server. Ou seja, os que se inscreverem mais rápido terão seus processos avaliados, até o número limite de aplicações e convites.

No ano passado (2017), o departamento de imigração canadense mudou o anterior sistema de aplicações do Parents and Grandparents Program para o atual aleatório, feito por sorteio. Esta mudança foi amplamente discutida e questionada entre os aplicantes e especialistas em imigração, levando em consideração que ela não leva em conta nenhum critério e é subjetiva. Alguns veículos de comunicação até acharam a medida “injusta” para os candidatos.

O IRCC declarou que as decisões foram tomadas a partir de pesquisas que incluem a avaliação dos usuários. “Como resultado de ouvir as partes interessadas e fazer uma análise detalhada do Parents and Grandparents Sponsorship, além das mudanças anunciadas o governo também fará algumas modificações no processo de registro das solicitações, para simplificar o acesso ao programa e melhorar a experiência dos aplicantes”, explicou o órgão responsável pela imigração.

parents and grandparents

*Recentemente o país anunciou mudanças no tempo de processamento de alguns tipos de pedidos de Permanent Resident (PR), incluindo o PGP. Para saber detalhes, clique aqui.

O ministro da imigração canadense, Ahmed Hussein, disse que mais detalhes das mudanças no sistema serão divulgadas em outubro. “Nos últimos anos, fizemos melhorias substanciais no processo do PGP e eliminamos o acúmulo de pedidos. Agora, ao aceitar ainda mais pedidos em 2018 e também no próximo ano, melhorando também o sistema de registro de informações, o governo está demonstrando e reforçando seu compromisso para ajudar as famílias a viver, trabalhar e prosperar juntas no Canadá”, acrescentou Hussein.

Números e projeções

A explicação para o aumento da aceitação de solicitações é o resultado de uma demanda continuamente alta de inscritos, além da redução de pedidos na fila de espera para análise. Os números são animadores: a quantidade de processos parados esperando análise caiu, indo de 167 mil em 2011 para pouco menos de 26 mil em junho deste ano.

Outra notícia importante que beneficiou quem está na fila ou aplicou ainda este ano é que o número de processos quase dobrou para análises em 2018, passando de 10 para 17 mil. O anúncio seguiu um comunicado do órgão de imigração, dizendo que aconteceria a retomada de convites que estavam dentro do PGP, chamando para aplicar os inscritos que haviam submetido o formulário de interesse entre janeiro e fevereiro deste ano. Quem recebeu a invitation nesta última rodada de convites do ano, tem 60 dias para apresentar os documentos e uma aplicação completa.

Para 2019, já com o novo sistema em funcionamento, os candidatos também terão que preencher o formulário online, no site do IRCC (para acessar clique aqui), ainda no início do ano. Porém, ao contrário do sistema de sorteio aleatório, o órgão irá enviar o convite para aplicar com base na ordem de recebimento do formulário de aplicação, até atingir o limite de 20 mil pedidos completos para o ano. Já para 2020 o governo canadense anunciou que pretende enviar 21 mil convites.

Critérios de elegibilidade

A modalidade é somente para imigrantes que já são cidadãos canadenses ou residentes permanentes no país. Para ser elegível, os aplicantes devem ser pais ou avós da pessoa que já mora no Canadá, ser autorizado a entrar no país e cumprir algumas outras exigências que vamos especificar abaixo.

parents and grandparents

Ambos, tanto aplicante quanto o patrocinador devem provar que:

  • Que o filho(a) ou neto(a) possuem um valor de renda anual mínima declarada no tax return dos últimos três anos. Para ver quais são os valores estabelecidos basta clicar aqui;
  • Provar que o residente canadense irá patrocinar o candidato financeiramente, caso seja necessário;
  • Fazer e ser aprovado nos exames médicos para imigração;
  • Para quem aplicar para o programa com a intenção de residir em Quebec, terá que atender às exigências da província depois de ser aprovado no processo federal.

*Saiba mais sobre como aplicar para o programa de patrocínio de pais e avós clicando neste link.

A Immi Canadá, por meio de seus especialistas em imigração, oferece o serviço de assessoria também para o Parents and Grandparents Program, preparando e conferindo todos os documentos, tanto os brasileiros como os canadenses, para que o processo seja aplicado e aprovado com sucesso. Envie um email para [email protected] e saiba mais detalhes!

Fontes: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/news/2018/08/more-families-to-reunite-in-canada.html;

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/news/2018/08/speaking-notes-for-ahmed-hussen-minister-of-immigration-refugees-and-citizenship-at-a-news-conference-to-announce-changes-to-the-parents-and-grandp.html.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.