Isolamento obrigatório

O governo do Canadá tornou mandatório, no dia 15 de abril, o ato de autoisolamento para quem desembarca no país, seja por via aérea, terrestre ou marítima. É obrigatório cumprir o isolamento por 14 dias, mesmo que não se apresente nenhum sintoma de COVID-19.

É preciso confirmar a existência de um local adequado para se manter isolado. Esse ambiente precisa dispor de acesso as necessidades básicas como alimentos e remédios, e não pode haver contato direto com idosos ou pessoas consideradas vulneráveis.

Se os viajantes não tiverem um local apropriado para se isolarem, eles devem procurar um designado pelas autoridades de saúde do Canadá, como um hotel por exemplo. Também é recomendado aos recém-chegados o uso de máscara.

Todas essas exigências têm que estar organizadas em um plano para ser apresentado ao oficial de imigração na sua entrada no país.

O não cumprimento das regras de isolamento pode gerar multa ou prisão.

Por isso, preparamos este conteúdo com informações que podem ajudar no seu planejamento antes do embarque para o Canadá e com informações atualizadas de quem chegou recentemente no país e teve que cumprir o isolamento mandatório.

Documentos necessários para apresentar na imigração:

Ao desembarcar no Canadá, será necessário apresentar a imigração um plano de quarentena, no qual os oficiais irão averiguar:

– Endereço de acomodação por 14 dias;
– Número de pessoas na acomodação e se haverá pessoas vulneráveis no local;
– Se é possível o recebimento de alimentos, medicamentos ou outras necessidades na acomodação.

Caso não haja um plano de quarentena adequado, o agente poderá encaminhar o passageiro para a agência de saúde pública do país, para que a pessoa seja instalada em um local previamente aprovado pelo governo canadense, para que dessa forma seja possível cumprir com todos os requisitos de quarentena/isolamento.

Aplicativo para informar o plano de quarentena:

Para auxiliar na redução do tempo de espera nas portas de entrada do Canadá, e também para limitar os pontos de contato, o governo do Canadá (através do Canada Border Services Agency) lançou o aplicativo ArriveCAN.

Essa ferramenta é usada para facilitar a coleta de informações necessárias para administrar e conter o avanço do COVID-19. Todas as informações obtidas pelo aplicativo, serão administradas pela agência de saúde pública do Canadá.

Você pode baixar esse aplicativo gratuitamente. O app está disponível em inglês, francês e espanhol. O aplicativo funciona no modo avião e permite que você salve suas informações para enviar na chegada aos aeroportos canadenses ou de modo terrestre, pelas fronteiras.

Autorização de entrada no país

Desde o dia 21 de março, em comum acordo entre os países, foi decidido o fechamento das fronteiras entre Canadá e Estados Unidos. No último dia 16 de julho de 2020, o primeiro ministro Justin Trudeau anunciou que as fronteiras permanecerão fechadas até o dia 21 de agosto, deixando claro que esta data poderá ser estendida novamente se o governo julgar necessário.

Atualmente, as regras autorizam cidadãos canadenses e alguns estrangeiros a desembarcarem em solo canadense. No entanto, os estrangeiros só podem viajar para o Canadá, se a viagem for considerada essencial. Familiares de cidadãos canadenses, e residentes permanentes, tem permissão para entrar no Canadá por razões não essenciais desde que tenham uma autorização consular para reunificação familiar e documento de viagem para o Canadá válido.

Confira abaixo quem tem autorização:

– Cidadãos canadenses

– Residentes permanentes

– Família imediata de cidadãos canadenses e residentes permanentes (cônjuges, parceiros legais, filhos dependentes, netos, pais ou padrastos ou tutor),desde que tenham documento de viagem válido.

– Candidatos a residentes permanentes que foram aprovados para residência permanente em ou antes de 18 de março de 2020

– Trabalhadores estrangeiros temporários (que já possuam permissão de trabalho válida e possam confirmar sua condição de trabalho atual).

– Estudantes internacionais que possuem uma permissão de estudo válida ou que foram aprovados para uma permissão de estudo antes do dia 18 de março de 2020 (mas vale atentar às publicações recentes para este público em: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/corporate/publications-manuals/operational-bulletins-manuals/service-delivery/coronavirus/temporary-residence/study-permit.html

Todas essas regras estarão efetivas até a data de 31 de agosto de 2020.

Para acessar o documento oficial do governo com todas as informações a respeito do ato de quarentena mandatório, acesse este link.

O que pode ser feito durante a quarentena?

Diversas medidas preventivas foram adotadas para diminuir o contato entre as pessoas, evitando a disseminação do vírus.

No entanto, faz parte do plano de quarentena você estar apto a receber comida ou medicamentos, se for necessário. Nesses casos, deve-se seguir os protocolos estabelecidos pelo governo.

Os restaurantes, por exemplo, adaptaram o serviço, para que fosse possível atender os clientes ao mesmo tempo que cumprem as ordens de segurança. Os pedidos podem ser feitos através do telefone, ou por aplicativos, e para retirada dos entregadores, foi criada uma área especial que evita aglomerações e contato direto.

Para que seja possível o contato zero entre entregador e cliente, os pagamentos são efetuados online. O cliente pode solicitar como a entrega deve ser feita. O pedido pode ser deixado do lado de fora da porta de casa, ou o cliente pode encontrar o entregador do lado de fora do prédio, mantendo o distanciamento.

Também deve ser respeitado as regras estabelecidas pelos condomínios residenciais, pois alguns não permitem a entrada do entregador, sendo necessário o cliente buscar a encomenda na porta de entrada.

Para alimentação, você pode efetuar seu pedido utilizando os aplicativos Uber Eats, Doordash, Skip The Dishes, entre outros, que são populares no país e costumam atender uma grande área de cobertura.

As mesmas regras de entrega se aplicam para medicamentos.

Relato de clientes que desembarcaram durante a pandemia:

Sabemos que uma mudança de país requer muito planejamento e que mesmo assim, é importante se preparar para possíveis imprevistos. O que ninguém estava contando era que no meio do caminho surgiria uma pandemia mundial que afetaria tudo e a todos.

E não foi diferente com o casal de professores de inglês, Aline e Arnaldo Mehedin, responsáveis pela empresa parceira I AM in Canada English Services. O plano Canadá do casal começou a ganhar formato no ano de 2015, de lá para cá eles fizeram algumas visitas ao país e por fim optaram por imigrar para a província de Alberta, e morar na cidade de Calgary.

Aline e Arnaldo esperando o embarque no aeroporto

De acordo com o plano inicial, o casal desembarcaria no Canadá no dia 21 de abril em um voo direto saindo de Guarulhos com destino a Toronto, e de lá pegariam uma conexão até a sua nova residência.

“Tivemos nossos voos reagendados e cancelados 5 vezes. Quando vimos que por este trajeto provavelmente não conseguiríamos vir, compramos novas passagens via Estados Unidos e no mesmo dia, as fronteiras fecharam para passageiros vindos do Brasil. Então compramos passagens via Portugal, mas tivemos o voo cancelado também. Por sorte, acabamos conseguindo um encaixe de última hora via Frankfurt. No final das contas, o nosso planejamento não serviu para muita coisa, mas felizmente, conseguimos vir para Calgary, mesmo que tenha sido dois meses depois do planejado.”, relata Aline.

Para cumprir as regras de apresentação do plano de quarentena, o casal optou por utilizar o aplicativo ArriveCan ao desembarcar no país.

“Passamos pela imigração em Montreal, o aeroporto estava bem lotado e um pouco desorganizado. Passamos pela imigração rapidamente, por termos o PR card (residência permanente), e como já tínhamos baixado o aplicativo da quarentena, já estávamos com tudo planejado, organizado e preenchido. Então o agente só perguntou se teríamos onde ficar no isolamento, como chegar no local e se ficaríamos com mais pessoas na mesma casa. E reforçou que deveríamos ficar em isolamento em casa por 14 dias. Durante a nossa quarentena, recebemos e-mails do governo canadense duas vezes, reforçando as regras e penalidades.”.

Com alguns obstáculos em decorrência da Covid-19, Aline e Arnaldo contaram com o apoio de uma amiga na cidade onde iriam morar para que a mudança em plena pandemia tivesse menos impacto e imprevistos. Dessa forma, eles conseguiram alugar uma residência quando ainda estavam no Brasil, e com esse auxílio foi possível chegar a Calgary com a casa semi mobiliada, chip de celular, e com luz e internet instalada.

“Infelizmente, por conta da pandemia, tivemos que vir com menos bagagem, por causa de limite de peso, e sem os nossos pets, o que nos deixou de coração partido.”.

O período de isolamento (quarentena mandatória) dos professores acabou no dia 1º de julho, data onde se comemora o Canada Day. Desde então eles têm aproveitado os momentos de folga entre o trabalho e adaptação à nova rotina para conhecer um pouco melhor a região que eles escolheram morar.

Bairro escolhido pelo casal em Calgary

“Desde que chegamos para ficar, esse sentimento de acolhimento tem só se confirmado. A cidade é linda e as pessoas são muito cordiais, amigáveis, simples, educadas e privadas. Estamos muito felizes por estarmos aqui, principalmente depois de todos os nossos esforços, estudos, trabalho e sacrifícios. Mas, no geral, está sendo uma experiência muito rica.”.

Passeios Virtuais pelo Canadá

Uma opção para os recém-chegados ao Canadá, que devem se isolar por 14 dias, é aproveitar um pouco do país por meio de visitações online.

Em uma publicação recente em nosso blog, nós separamos diversas atividades que podem ser feitas por um tour virtual no Canadá. Você pode acessar esse conteúdo clicando aqui.

Se a quarentena for na província de Ontario, nós também preparamos um guia para um passeio virtual por diversos pontos turísticos. Basta acessar este link.

Em nossas redes sociais nós já publicamos algumas opções de passeios incríveis que são possíveis virtualmente, veja abaixo:

– Cirque du Soleil: A maior companhia circense do mundo, sediada em Montreal, está disponibilizando gratuitamente, toda sexta-feira durante esse período de isolamento, uma compilação com trechos de diversos espetáculos famosos da companhia, apresentados mundialmente. Você pode assistir acessando o link: https://www.instagram.com/p/B-hScCTpmZl/

– Aurora Boreal: Na pequena cidade de Churchill, na província de Manitoba, além de ser considerada o habitat ideal para ursos polares, também é o lugar perfeito para observar o espetáculo das luzes que refletem no céu. Para desfrutar dessa maravilha, basta acessar o link https://www.instagram.com/p/B_FV1anp4Rp/

– Royal Tyrrell Museum: Que tal revisitar o passado e aprender um pouco mais sobre os dinossauros em um passeio virtual por esse museu de Calgary? Para mais informações, acesse o link: https://www.instagram.com/p/B_7YXtApxDw/

– Icerberg em Newfoundland: Esse período do ano no Canadá, final de primavera e começo do verão, é a melhor época para admirar icebergs na região de Newfoundland no Canadá. Esse passeio será liderado pelo capitão Bob Bartlett, para começar a sua aventura pelas águas canadense, acesse: https://www.instagram.com/p/CANbVBeJrX5/

Para mais dicas de lugares incríveis no Canadá, siga nosso perfil nas redes sociais, toda sexta-feira nós apresentamos uma opção de entretenimento.

Instagram: @immicanada
Facebook: @immigratenow

Comentários Facebook