Quem nunca sentiu um frio na barriga quando dá início a qualquer novo projeto? Pode ser o primeiro dia de aula no curso, na faculdade, o começo no emprego novo, a inauguração do seu novo negócio ou até o primeiro dia de férias em um lugar escolhido. Agora, some a isso um novo país desconhecido, uma nova língua, novos costumes, pessoas de todas as partes do mundo, matérias novas e um lugar que você não conhece. É o que acontece no primeiro dia de college no Canadá.

Quando o objetivo é fazer um college no Canadá, o período de permanência de tempo no país é maior e ele é geralmente seguido pelo sonho da imigração e da mudança de vida. A primeira coisa que deve-se ter em mente é que não é simples. E é só passando pela real experiência de mudar de país e somar isso a um novo curso no sistema de ensino canadense é que realmente se entende o quanto isso pode ser desgastante nos primeiros dias.

Quando a família ou o recém chegado pisa no aeroporto, depois de passar pela imigração, a sensação é um misto de alegria e alívio, que dura pouco tempo, pois logo lembramos que muitos desafios ainda estão por vir. A principal e maior preocupação de quem chega com a família é encontrar um local para morar (para saber mais sobre o tema, clique aqui e neste link https://www.immi-canada.com/aeroporto-imigracao-primeiros-passos/). Depois disso, vem os primeiros dias de aula.

  • Preparação

O planejamento para estudar no Canadá começa muito cedo, com a escolha do curso ainda no Brasil. Tudo deve ser pensado e muito bem preparado, pois o investimento não é baixo. O valor sempre depende do curso e da duração escolhida, mas para os estudantes internacionais ele pode variar de CAD$ 12 a 35 mil dólares canadenses, sendo que o primeiro valor é para um ano de curso e o segundo é a média de preço dos cursos mais caros para dois anos.

college no canada

Após a escolha, o futuro estudante deve se atentar para as exigências do curso: score no teste de proficiência em inglês, valor da matrícula, documentos necessários, diplomas, históricos escolares anteriores, currículo, dentre outros. Algumas instituições aplicam os próprios testes para provar a fluência necessária na língua inglesa ou francesa, caso a opção tenha sido por Quebec. Neste caso, o aluno deve estar no Canadá para a prova, o que acaba ficando mais complicado na maioria dos casos.

Lembrando que não ter a nota necessária no idioma para ingressar no college não é um grande problema. Diversos alunos vão ao Canadá para fazer o pathway, que nada mais é que um curso de inglês de alguns meses que faz com que o aplicante consiga o nível desejado. Para mais informações sobre este tipo de visto clique aqui.

Pois bem, após juntar todos os documentos necessários para a instituição de ensino, o estudante recebe a Letter of Acceptance (LOA). É ela primordial para se dar entrada em um visto de estudante de mais de seis meses, onde o aplicante recebe o visto de estudo, com permissão de trabalho part time e o cônjuge tem direito ao Open Work Permit, que é o visto de trabalho full time.

Existem muitos fatores que devem ser levados em consideração na hora de optar por um curso: sua área de atuação, nível de inglês ou francês, experiência profissional, demanda da ocupação no Canadá, mercado de trabalho, localização, dentre outros. Nesta etapa de escolha o melhor é sempre a pesquisa e a consulta com um profissional de imigração, caso o seu objetivo seja morar no Canadá depois do college (a Immi pode te ajudar, clique aqui para saber mais).

  • Primeiros dias

O frio na barriga tem vários motivos: será que vou entender o que os professores vão falar? Como vou me adaptar? Vou conseguir manter conversas com meus colegas de classe? Como vou apresentar um trabalho na frente da turma toda? Como serão minhas notas?

Tenha calma, persistência e paciência. A melhor coisa é não chegar ao país somente cinco ou seis dias antes de iniciar os estudos, principalmente se a viagem for em família. O ideal é chegar com pelo menos 15 a 30 dias de antecedência. Este é um período ideal para se planejar, resolver alguns trâmites burocráticos como fazer documentos e procurar uma residência definitiva.

college no canada

Antes das aulas começarem, vá até a instituição, calcule a distância entre a futura casa ou até avalie a possibilidade de morar nos arredores. É aconselhável verificar o sistema de transporte coletivo da cidade, pois muitos deles dão descontos a estudantes.

Também é crucial, na universidade, pesquisar a data da integração para alunos internacionais, comum nas maiores instituições canadenses. Neste dia, que é marcado bem próximo do início do ano letivo, a faculdade dá as boas vindas aos estrangeiros, com palestras, tour pelas instalações e explicações a respeito de todo o processo e procedimentos, inclusive sobre o seguro de saúde atrelado ao college.

Uma constatação bastante comum dos alunos é que o sistema de ensinar é diferente e todos os cursos possuem bastante conteúdo. As leituras são constantes e o ritmo é puxado, pois o curso é full time, ou seja, estudo em tempo integral, o que também torna-o mais acelerado.

Em um primeiro momento a língua é um empecilho, principalmente pela insegurança. Mas acreditem, em um país onde existem muitos imigrantes, o sotaque ou pequenos deslizes no inglês não são um problema para ninguém. O importante é entender e se fazer compreender e, já nas primeiras semanas, a língua se torna algo natural e a insegurança vai embora. Além disso, a atenção deve estar voltada aos prazos, normas acadêmicas de trabalhos e sistemas de avaliações. Estes detalhes costumam ser diferentes dos aplicados no Brasil, portanto é imprescindível pesquisar e esclarecer qualquer dúvida com os professores.

Algumas instituições exigem um teste de nivelamento antes do início das aulas. Este exame, chamado de Placement Test, é obrigatório a todos os alunos e não somente aos internacionais, quando aplicado. No geral, a prova é composta por questões de matemática e inglês (alguns cursos e universidades possuem exigências específicas). Caso o aluno não atinja a nota mínima estipulada, ele não perde a vaga na faculdade, mas terá que cursar algumas cadeiras extras.

college no canada

Por último, porém não menos importante: enjoy! Mantenha a cabeça aberta e faça vários novos colegas das mais diversas partes do mundo. Esta é uma possibilidade única de trocar muitas experiências e conhecer diversas culturas. Tire o máximo de proveito do curso escolhido, de toda a estrutura que a instituição oferece e recursos disponíveis, assim como do conhecimento das aulas. As universidades geralmente oferecem uma série de atividades e espaços gratuitos aos alunos: academia, aulas de dança e yoga, aconselhamento profissional, ajuda na hora de montar um currículo, direcionamento de carreira, feiras de emprego, descontos em restaurantes e programas culturais, dentre outros benefícios. Portanto, pesquise os convênios e gratuidades da instituição em que vai estudar e aproveite!

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.