As opções para quem deseja estudar no país são muitas. Aos que querem cursar um doutorado ou mestrado no Canadá a variedade também é grande. O primeiro passo para este caminho é o domínio do idioma. Após escolher a cidade, a universidade e o curso, você deve se certificar se a instituição exige somente o inglês, o francês ou ambos e qual a nota mínima nos testes de proficiência para ser incluído no programa.

O segundo ponto são as notas na graduação, na pós graduação e, para o caso de doutorado, o desempenho no mestrado. Todo o currículo e histórico do aluno é avaliado. Ainda com relação às notas, as universidades vão solicitar que as mesmas estejam no formato aceito pelo Canadá, que é o Grade Point Average (GPA), que vai de zero a quatro pontos. Para saber como calcular e converter, clique aqui.

Todos os documentos vão precisar ser enviados em inglês ou traduzidos de maneira juramentada. Alguns mestrados ou doutorados ainda exigem provas de admissão, que são obrigatórias para administração, direito e medicina. Nas outras áreas varia de acordo com cada instituição de ensino. Os testes costumam ser feitos no computador e o candidato ainda pode estar no Brasil para realiza-los.

mestrado no canada

*Para saber mais sobre bolsas de estudo no Canadá clique aqui.

Ainda são exigidas as cartas de recomendação, feitas pelos professores do estudante. Elas são protocolares e únicas, então o candidato deve enviar o email do professor para a universidade no Canadá, que é quem costuma fazer contato com o docente e envia todo o processo online necessário para a recomendação. Existe também uma declaração pessoal, que é uma espécie de carta de intenção, onde o candidato explica o motivo de ter escolhido determinada universidade, o projeto da sua pesquisa, como está qualificado para isso, quais trabalhos ou artigos já escreveu sobre o assunto, quais são os professores da universidade canadense que irão apoiá-lo, etc.

Por fim, a instituição canadense exige um exemplo de trabalho escrito e documentos como diplomas, certificados e históricos. Um detalhe importante é que os valores de mestrados e doutorados no país variam muito de acordo com a universidade e com a especialidade. Um mestrado em arquitetura, planejamento urbano ou design, custa cerca de $11 mil dólares canadenses (CAD) por ano, o preço para finanças fica em torno de $30 mil CAD pelo mesmo período e em odontologia pediátrica, por exemplo, o valor fica próximo dos $54 mil CAD anuais.

*O site www.estudarfora.org.br tem diversas matérias sobre estudar fora do Brasil, com materiais gratuitos para a preparação acadêmica exigida. Na página Estudos de Doutorado o candidato pode acessar uma lista com todas as universidades que fornecem o programa do Canadá, além de exigências de cada uma delas.

Bolsa de estudos

Além dos caminhos citados acima, alguns estudantes entram em contato diretamente com um docente em sua área de atuação, para verificar alguma possível vaga em um projeto de pesquisa. Este procedimento também pode render bons frutos. Além disso, na área de bolsa de estudos para doutorado e mestrado no Canadá, o país costuma abrir vagas para inscrições no segundo bimestre do ano (clique aqui e saiba das ofertas deste ano), que são ofertadas aos interessados em embarcar entre junho do ano vigente e fevereiro do próximo.

mestrado no canada

O país também disponibiliza outras oportunidades de bolsas. Elas são baseados em mérito acadêmico em sua maioria (este site possui uma extensa lista com todas as possibilidades de ajuda nos estudos). Elencamos alguns exemplos abaixo:

Vanier Canada Graduated Scolarship: oferece CAD$ 50 mil por ano para alunos internacionais altamente qualificados nas áreas de ciências sociais ou humanas, ciências naturais e engenharia da saúde;

The University of British Columbia Four Year Doctoral Fellowship: oferece ao menos CAD$ 18,2 mil por ano e mais todos os custos relacionados ao curso para estudantes notáveis, durante os quatro anos de curso;

Pierre Elliott Trudeau Foundation Doctoral Scholarship: este programa oferece CAD$ 40 mil anuais para estudantes canadenses e internacionais, sendo que os últimos devem ser, preferencialmente, de países em desenvolvimento. Para aplicar o aluno precisa ser nomeado pela instituição.

Imigração e trabalho

Sim, os alunos que cursam doutorado ou mestrado no Canadá podem trabalhar durante o período de estudos por até 20h semanais, ganhando, juntamente com o visto para estudos, o work permit part-time. Caso vá com o cônjuge, o mesmo recebe o Open Work Permit, que lhe permite trabalhar por período integral. Durante o período de férias das universidades o aluno também pode trabalhar em período integral. Alguns cursos específicos de PhD não permitem as 20h, mas somente 10h semanais, principalmente se o estudante estiver recebendo bolsa.

O mestrado, doutorado ou ainda o pós-doutorado é uma porta de entrada para a imigração canadense. Além de conceder o Post Graduation Work Permit (PGWP – saiba mais detalhes sobre este tipo de visto clicando aqui), em muitas províncias o aluno tem benefícios e vantagens na hora de aplicar para um Provincial Nominee Program (PNP), além de estar  preparado para ingressar no mundo acadêmico, de pesquisa ou no mercado de trabalho do país.

mestrado no canada

Se você não sabe como escolher seu curso, a nossa parceira na área de estudos no Canadá pode te ajudar: a 3RA Intercâmbio.  Para verificar sua possibilidades de imigração e vistos, entre em contato com os nossos consultores de imigração e marque uma consulta que iremos traçar um caminho com base no seu perfil. Acesse www.immi-canada.com/consulta/ ou mande um email para [email protected].

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet