Na semana anterior divulgamos os números surpreendentes do Express Entry no ano passado (acesse o artigo clicando aqui).  O Immigration Refugees and Citizienship Canada (IRCC) revelou os dados completos do relatório referente a imigração em 2017. Entre eles, o Express Entry (EE) não só bateu recordes no ano passado, mas também a imigração provincial, por meio do programa federal, aumentaram em cerca de 80% no mesmo período.

Os candidatos que foram admitidos no EE, juntamente com sua família, e possuíam uma indicação provincial, foram de 7.818 em 2016, para 13.528 em 2017. Além disso, o número de aplicantes ao programa federal por meio de uma indicação das regiões também aumentou significativamente: foram de 13.292 em 2016 para 17.520 no ano passado, o que representa um crecimento de cerca de 32%.

No ano passado, o Canadá admitiu mais de 286 mil novos residentes permanentes, através de seus vários programas de imigração. Deste número, 65.401 candidatos foram convocados por um dos programas econômicos de imigração que compõem o Express Entry: Canadian Experience Class, Federal Skilled Worker Program e Federal Skilled Trades Program. Já os Provincial Nominees Programs (PNPs) permitem que cada província canadense nomeie um determinado número de candidatos para residir dentro de seu território, dando a carta convite que conta 600 pontos para aplicação do EE.

imigracao provincial

*Como você pode perceber, existem diversas maneiras diferentes de imigrar para o Canadá e você pode se encaixar em uma delas, que não necessariamente é o Express Entry. Por isso indicamos o auxílio e consulta com um profissional de imigração para traçar a melhor estratégia com base no seu perfil e da sua família. A Immi Canadá oferece este serviço com expertise. Para mais detalhes acesse www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou envie um email para [email protected].

A grande maioria das províncias tem, pelo menos, um meio de imigração provincial alinhado com o EE, que passa pelo seu crivo, exigências e o candidato deve ter um perfil ativo no sistema federal. É importante ressaltar que, com a nomeação provincial, o candidato recebe os 600 pontos e garante o convite federal, com o posterior recebimento da Invitation to Apply (ITA) pelo sistema do EE (confira mais informações sobre os processos de imigração provinciais clicando aqui). Segundo o relatório divulgado, dos candidatos que receberam pontos adicionais além do seu score no EE, 22% tiveram a carta convite de uma das regiões do país.

Províncias que mais admitiram imigrantes em 2017

Ontario foi a região que mais admitiu novos imigrantes no ano passado, seguida por British Columbia e em terceiro lugar temos Saskatchewan. Porém, se analisarmos o crescimento do número de convites emitidos em 2017, comparados a 2016, Ontario, New Brunswick e British Columbia foram os locais onde o aumento de convites da imigração provincial foi mais significativo, como podemos ver na tabela abaixo.

imigracao provincial

Analisando os dados, verificamos que o aumento de admissões em Ontario foi o mais significativo, crescendo mais do que o dobro, indo de 1.948 em 2016, para 4.420 no ano passado. Já New Brunswick registrou o maior aumento percentual de novos moradores em suas terras, admitidos através do pool federal: foi de 367 em 2016, para 1.249 em 2017, um boom de cerca de 240%.

Os convites provinciais ganharam destaque nos últimos anos entre os candidatos e interessados em morar no Canadá. Além de muitas das localidades possuírem exigências diferentes do processo federal, a popularidade dos Provincial Nominees Programs (PNPs) cresceu também devido a redução de pontos dados no pool do EE quando o aplicante possui uma oferta de emprego canadense (até o final de 2016 a job offer valia 600 pontos, depois passou a contar como 50 ou 200, dependendo do cargo ocupado).

Além disso, determinadas províncias, ou ainda uma opção do sistema de imigração das mesmas (como já sabemos as diferentes regiões canadenses possuem autonomia para determinar suas regras de imigração), não exigem que os candidatos alcancem uma pontuação mínima no Comprehensive Ranking System (CRS) para serem elegíveis ao PNP, o que permite que muitos aplicantes que não possuem pontos suficientes para imigrar pelo EE tenham uma chance de conseguir a residência permanente.

imigracao provincial

Ademais, nem todos os fluxos dos PNPs exigem uma ligação com a província em questão, um estudo já concluído ou em andamento no Canadá e, ainda, uma oferta de emprego. As estatísticas do IRCC mostram que 64,7% dos imigrantes admitidos no país entre 2010 e 2015, por meio de um dos programas provinciais, eram residentes temporários anteriores. Isto nos leva a conclusão de que mais de um terço das nomeações provinciais foram para candidatos que não tiveram nenhum vínculo anterior com terras canadenses.

Os dados de entrada geral do Express Entry também mostram que o número de ITAs emitidas para candidatos que residem fora do Canadá aumentou entre 2016 e 2017, indo de 36% para 51% do total, respectivamente. Outra constatação importante é que o número de aplicações no EE de pessoas que já possuíam o convite de uma das regiões do Canadá também cresceu, passando de 13.292 em 2016 para 17.520 em 2017.

Estes são dados importantíssimos divulgados pelo governo federal canadense, em conjunto com o plano plurianual de imigração, revelam estatísticas, números e projeções animadoras para quem quer imigrar. O IRCC espera que este ano a imigração provincial atinja 55 mil nomeados.

Fonte: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship.html.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet