Sem dúvida, o Express Entry (EE) é o principal programa de imigração do governo canadense. O EE é um sistema de imigração econômica, que abriga três categorias onde você pode preencher seu perfil: o Canadian Experience Class, o Federal Skilled Worker Class e o Federal Skilled Trades Class.

Neste sistema, os candidatos são elegíveis para aplicar em uma das categorias mencionada através de  um sistema de pontos. Para participar, é necessário que o aplicante preencha um perfil – ao fim do preenchimento do perfil, o sistema emite a pontuação do aplicante. Os candidatos são selecionados de acordo com essa pontuação em rodadas de sorteios que são realizadas, em média, a cada quinze dias. A cada rodada os candidatos que atingem a pontuação mais alta – levando em consideração a pontuação de corte de cada sorteio – são convidados a aplicar para a tão sonhada residência permanente. É importante ressaltarmos, também, que a data em que o candidato criou o perfil é um critério eliminatório, isso quer dizer que: se dois candidatos atingem a mesma pontuação, aquele cujo perfil foi criado mais tarde, será eliminado.

O ranking do sistema é baseado em: idade, formação, experiência profissional, proficiência no idioma (inglês e/ou francês), trabalho dentro do NOC, de acordo com as classificações do governo canadense (saiba mais sobre as classificações e trabalho no Canadá aqui), informações do cônjuge, convite provincial, oferta de emprego e ter experiência de estudo no país. No caso do estudo, é importante lembrarmos que não é qualquer programa de estudo que soma pontos ao perfil no EE (confira aqui quais programas de estudo são aceitos para o EE). Quantos mais pontos o aplicante conseguir atingir, obviamente melhor será a colocação dele dentro do ranking e maiores são as chances de receber a Invitation to Apply (ITA). 

perfil-ee

O máximo de pontos que o candidato pode atingir é 1200 (há uma diferença na pontuação de uma pessoa solteira e uma pessoa casada, no quesito aplicante principal. Saiba mais aqui). De acordo com os últimos cortes, o ideal é estar entre 450 e 500 pontos, mas acima dos 400 já é uma ótima colocação com grandes chances de receber o Invitation to Apply (ITA). No último draw do programa (18/09/2019) a nota de corte foi 462 e foram emitidas 3.600 ITAs (nas redes sociais da Immi Canada, nós publicamos as notas de corte dos draws sempre que eles acontecem, acompanhe nosso Instagram e Facebook). 

Infelizmente, não é tão fácil atingir uma pontuação entre 400 e 500. Além disso, devido a todos os critérios, documentos e procedimentos é sempre bom ter o auxílio de um consultor de imigração regulamentado pelo governo canadense (a Immi Canada oferece essa consultoria e acompanhamento, para mais informações basta mandar um email para contact@immi-canada.com).

Como melhorar a pontuação? 

Quando o candidato aplica para o Express Entry, o perfil fica válido dentro do site da imigração por um ano. Durante todo este período, o aplicante participa das rodadas de sorteio do EE. Caso o candidato tenha o perfil ativo e insira alguma informação que vai adicionar mais pontos ao perfil, a pontuação é atualizada automaticamente. E o contrário também acontece. Ou seja, o candidato também pode perder pontos de forma automática, no sistema. Por exemplo: se o aplicante faz aniversário e entra na faixa etária em que a pontuação começa a cair, os pontos são descontados automaticamente. 

perfil

Para fazer a atualização do perfil, basta acessar a sua conta no site da imigração canadense (clique aqui para acessar) e fazer as alterações à medida que sua situação for mudando. Se você fizer uma nova prova de proficiência, ou se formar em outro curso, por exemplo, basta editar esses fatores no seu perfil. Existem algumas formas de melhorar a pontuação, que são: 

  • Idioma: invista no estudo das línguas oficiais do Canadá. Exceto a província de Quebec, que tem o francês como idioma principal, as outras exigem somente o inglês para a aplicação. Claro que, se você tiver os dois, também terá alguns pontos a mais pelo francês. É imprescindível ter uma boa nota no IELTS (na categoria General Training) ou Celpip. Por isso, caso o inglês não esteja tão afiado, vale a pena se dedicar e estudar ou investir em um dos cursos da língua no Canadá;
ingles

*Saiba mais sobre a proficiência nos idiomas oficiais aqui.

  • Idade: o máximo dado a esta categoria é 110 pontos. Para isso, o aplicante deve ter entre 20 e 29 anos, após esta idade perde-se cinco pontos a cada ano. O fator é relevante pois em um casal, muitas vezes pode ser feita a escolha por quem será o principal no EE;
  • Experiência de trabalho: o critério é que se tenha um ano contínuo de experiência nas profissões com NOC 0, A ou B (em um período de até três anos antecedentes a aplicação). O tempo pode ser no Canadá ou não – em terras canadenses, claro, a pontuação é maior. Por isso, se o aplicante ainda não atingiu esse montante, muitas vezes pode valer a pena tentar chegar ao número. A graduação e pós-graduação também podem contribuir com pontos extras para o perfil;
  • Estudo no Canadá: são contabilizados 15 pontos para quem fizer um curso pós-secundário com um ano de duração e 30 pontos para dois anos ou mais. Essa medida justifica o fato de que muita gente procura estudar no Canadá. Então, caso o candidato não atinja os pontos necessários com base nos draws do programa, mas chegue perto, pode optar por um ano ou mais de estudo no país e, depois do estudo, aplicar para a residência permanente;
  • Oferta de emprego por LMIA: quando você recebe uma oferta de emprego canadense e consegue uma resposta positiva para o processo da LMIA, seu score no EE pode aumentar de 50 a 200 pontos (para saber mais clique aqui);
  • Cônjuge: como cada ponto vale muito, sempre que um casal aplicar é importante colocar também as informações do(a) parceiro(a). Caso tenha mestrado, irá valer 10 pontos a mais. O teste do idioma também pode valer alguns pontos extras, assim como experiência de trabalho canadense;
casais

Quer viver no Canadá? A Immi Canada está sempre disposta a te auxiliar da melhor maneira possível Agende sua consulta de imigração. Entre em contato conosco pelo site www.immi-canada.com/loja-virtual/ ou mande um email para contact@immi-canada.com.

Fontes: 

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/corporate/publications-manuals/express-entry-system-technical-briefing.html

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/express-entry/eligibility/federal-skilled-workers.html

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/express-entry/eligibility/skilled-trades.html

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/express-entry/eligibility/canadian-experience-class.html

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/immigrate-canada/express-entry/submit-profile.html

http://www.gazette.gc.ca/rp-pr/p1/2016/2016-11-12/html/notice-avis-eng.html#na1

https://www.canada.ca/en/employment-social-development/services/foreign-workers/unamed.html

Maria Augusta Brandt

Comentários Facebook