Sabe aquelas informações e dicas que são preciosas, mas difíceis de encontrar com relação a morar no Canadá? Pois é, tentamos reuni-las neste artigo. Claro que existem diversas outras informações importantes quando mudamos, mas vamos falar de alguns aspectos práticos, do dia a dia, que devem ser levados em consideração e, como já dissemos aqui, quanto mais informação, melhor!

Os brasileiros com o sonho de morar no Canadá, ou ainda aqueles que estão prestes a embarcar, guardam o desejo de aprender um novo idioma, conhecer uma nova cultura e, claro, ter uma qualidade de vida superior, além de melhores oportunidades. E para quem busca tudo isso, as terras do True North são o local ideal, pois além de ser um dos melhores países do mundo para se viver, eles possuem abertura e precisam de imigrantes (confira o plano canadense de imigração clicando aqui e também neste link).

Portanto, confira abaixo algumas informações importantes para quem está prestes a mudar de país ou ainda para aqueles que estão planejando a viagem de mudança:

1 – Planeje a viagem

O primeiro passo e talvez um dos mais importantes é o planejamento (já falamos sobre o plano Canadá, clique aqui). Além de todos os documentos, passaportes com vistos e passagens em mãos, é importante fazer um check list e levar com você alguns papéis impressos na bagagem de mão como: carta da escola, seguro saúde, comprovante de reserva de hotel, casa de família ou outro, extrato bancário ou de renda, documentos do Permanent Resident (PR) se for o caso e, por último, fique tranquilo e fale a verdade ao oficial de imigração. Não acredite em teorias que vê pela internet e simplesmente fale a verdade, pois caso isso não aconteça, o candidato pode ter problemas com o controle de fronteiras do aeroporto.

Conselhos básicos também são essenciais, como se atentar na hora de comprar a passagem com o tempo entre as escalas, ter endereços e telefones úteis tanto do Brasil como do Canadá, verificar previamente a distância do aeroporto até a estação onde você precisa chegar e escolher o melhor meio de transporte, estar atento aos horários, quantidade e valor de bagagem despachada, o que pode e não é permitido levar na bagagem (confira os itens aqui) para não ter problemas ou surpresas desagradáveis.

morar no canada

2 – Programe seus primeiros dias

Os primeiros dias no Canadá são o período mais tenso. Além da diferença de horário que o nosso corpo encontra para se adaptar, temos a diferença de comida, cultura, língua e aquele desconhecido de quase tudo que sempre nos causa um frio na barriga. Por isso é importante se programar e fazer uma lista de tudo o que é necessário ser feito, além de maneiras de atingir os objetivos, como dar entrada em processos para solicitação de documentos (SIN Number, ID ou carteira de habilitação), conhecer a cidade, contratar uma operadora de celular, dentre outros pontos.

Sobre o aluguel de residência, a dica número um é não alugar, de forma alguma, assinar contrato e, ainda, transferir algum valor em dinheiro antes de chegar ao Canadá. Existem muitos golpes aplicados e a melhor maneira é reservar uma residência temporária para um período de até 60 dias, dependendo da necessidade de cada um, e resolver isto na cidade, pessoalmente, visitando casas ou ainda entrando em contato com um realtor.

3 – Tome cuidado

O Canadá é um país infinitamente mais seguro que o Brasil, com toda certeza. Caixas eletrônicos ficam nas calçadas, não existe um sistema de segurança complexo para você entrar no banco e não há assalto a mão armada. Mas não é por isso que não existe gente mal intencionada. Tome ainda mais cuidado no caso de ir para as maiores cidades, como Montreal, Toronto e Vancouver. No site da polícia de cada uma destas cidades existe uma espécie de mapa do crime, onde a instituição mapeia as regiões mais perigosas e as localidades de maior incidência de crimes. O que geralmente fazemos é não nos preocuparmos com nada e saímos deixando a bolsa para trás com a mente de que nada vai acontecer, o que realmente pode ser verdade e alguém devolver seus pertences, mas pode ser que eles não estejam mais no local que você deixou quando retornar.

Neste tópico também é importante prestar atenção nas fraudes, como mencionamos acima a respeito do aluguel. Não aceite ofertas milagrosas de empregos que prometem alto rendimento para trabalhar sem sair de casa, não acredite em alugueis que são abaixo da média e que você não possa visitar antes de fechar o contrato ou o dono do imóvel está em uma viagem de negócios, sugerindo que você deposite e pega a chave depois. Verifique sempre a procedência e confiabilidade antes, para não ter surpresas desagradáveis depois.

*Confira os sites da polícia de Toronto, Vancouver e Montreal

4 – Conheça os costumes e cultura local

Tome um café da manhã canadense, passeie nas principais avenidas, experimente as comidas típicas, conheça os pontos turísticos locais e preste atenção no ritmo de vida da cidade. Tire um tempo para dar uma olhada com calma no sistema de transporte, saber mais ou menos qual ônibus pegar para os principais pontos da cidade e também em casos de emergência. Um fator super importante aqui é dar gorjeta, ou tips, como são conhecidas em inglês. Assim como nos Estados Unidos, é normal e comum deixar gorjeta no Canadá. É obrigatório? Não, mas é necessário e quase que uma obrigação. É normal deixar 15% sobre o valor da conta. Porém, saiba que este costume não vem do nada: garçons ganham um valor de salário um pouco menor que a média exatamente pela questão das tips. E como isso é um costume no país, caso você realmente queira viver ou vivenciar a cultura do local, respeitando os nativos, dê gorjetas.

morar no canada

5 – Seja pontual

Assim como os britânicos, canadenses são pontuais, em TUDO! Ah, mas na festa de aniversário no bar, que está marcada para 18h, eu posso chegar às 18h30, certo? ERRADO! Eles prezam muito pela pontualidade em tudo. E quando falamos de ser pontuais, é chegar no horário, não antes e nem depois. Caso você tenha uma entrevista marcada para 13h, se programe para chegar ao local uns 15 minutos antes, mas só informe sua presença às 13h. Ser pontual é a primeira qualidade para causar uma boa impressão, não só com seu possível futuro chefe, mas com seu colega, professor e até com amigos no aniversário no barzinho.

6 – Se atente a programação da cidade

Cada cidade canadense sempre tem uma programação cultural nas diferentes épocas do ano. Tem algo para ver no parque, festivais, feiras, eventos esportivos, acontecimentos gastronômicos, enfim. Principalmente nas maiores cidades, tem eventos, muitas vezes gratuitos, para todos os gostos e para toda família. Então fique atento ao site da cidade e aproveite tudo o que ela tem a oferecer!

7 – Mude seus hábitos de compra

No Brasil ainda não é muito comum ou difundido comprar e vender coisas usadas. No Canadá isso é extremamente normal. Não é nenhum tipo de vergonha comprar móveis, utensílios e roupas usadas em sites como Kijiji ou Craiglist, por exemplo. E sabendo procurar, existem produtos em ótimo estado.

Ademais, em algumas cidades não existe um dia específico, mas em outras sim, temos o “give away”, que é um dia ou época do ano em que os moradores colocam coisas usadas em frente a sua casa, que não vão mais usar. E entre estes objetos você pode encontrar televisores, computadores e muitas outras coisas em ótimo estado,  que o antigo dono simplesmente está doando porque aquilo não tem mais utilidade para ele.

8 – Aprenda a se localizar

Os canadenses utilizam um sistema de indicação baseado nos pontos cardeais: Norte, Sul, Leste e Oeste. E estas direções estão presentes em quase tudo no país quando falamos de localização. Se você pedir informação na rua, não será incomum ouvir: vá para o Norte e depois vire sentido Leste. Como no Brasil não estamos acostumados a isso, é bom se familiarizar e tentar saber pelo menos o básico, para começar. Por vezes é bacana memorizar uma rua ou ponto de referencia famoso e saber para qual direção ele fica.

morar no canada

9 – Clima

O Canadá é frio. E também pode ser instável (confira mais informações sobre as estações do ano no artigo que fizemos clicando aqui). Pode nevar na primavera e fazer temperaturas positivas no inverno. Por isso é fundamental primeiro estar preparado para o inverno canadense e sempre ter no celular um aplicativo de temperatura para checar antes de chegar na cidade e também antes de sair de casa.

10 – Enjoy!

Aproveite tudo que o país tem a lhe oferecer e tenha a mente aberta. Você está pisando em um dos solos mais multiculturais do mundo, então tire proveito da quantidade de informações e coisas diferentes que pode aprender, provar e conhecer. Esteja ciente também que nenhum local é 100% perfeito e que problemas vão existir, mas devemos estar atentos e prevenidos, além de encará-los da melhor forma possível para se estabelecer em um dos melhores países do mundo!

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.