Uma das primeiras perguntas que ouço de brasileiros que estão aqui no Canadá, quando sabem que morei em Toronto antes de viver em Winnipeg, é sobre qual das duas é melhor para se morar. Como isso depende muito do gosto e personalidade de cada um, este texto vai expor algumas características marcantes e diferenças entre a maior cidade do Canadá (Toronto, localizada na província de Ontário), e a capital de Manitoba (Winnipeg).

Iremos falar sobre a cultura e os aspectos interessantes e diferentes de cada cidade para ajudar quem está em dúvida entre uma cidade menor como Winnipeg, e uma metrópole como Toronto. Não será julgado o melhor ou pior, quem deve decidir isso é o estudante ou profissional que está fazendo seus planos de vir ao Canadá, baseado em suas preferências e objetivos.

Aspectos geográficos e demográficos

Começando pela demografia das cidades é importantíssimo citar que Toronto é a maior cidade do Canadá. O último censo foi realizado pelo governo em maio de 2016, mas foi divulgado somente em fevereiro deste ano. Segundo dados do Statistics Canada, Toronto conta com uma população de cerca de 6,2 milhões de pessoas, enquanto Winnipeg com sua região metropolitana possui cerca de 780 mil habitantes.

Este é um dos primeiros pontos a se levar em consideração, se você quer morar em uma metrópole ou em uma cidade menor, sendo importante analisar a sua adaptabilidade ao local. Incluso neste tópico está a localização geográfica das duas cidades. Toronto fica na província de Ontário, no Sudeste do país, e está a cerca de 150 quilômetros de Buffalo, cidade norte-americana mais próxima. A distância de Toronto a Nova Iorque também não é tão grande: cerca de 600 quilômetros. Já Winnipeg fica no centro do país, onde está localizada a província de Manitoba. A cidade mais próxima dos Estados Unidos é Pembina, em Dakota do Norte, que fica a cerca de 115 quilômetros de distância.

Clima

Devido à geografia das duas cidades e sua localização, elas possuem diferenças climáticas que com certeza devem ser levadas em consideração na hora de tomar a decisão. Como o leitor pode notar no mapa abaixo, Winnipeg fica muito mais a Norte quando comparada a Toronto, o que faz com que ela seja mais fria.

Mapa do Canadá

Primeiramente, não devemos cometer o erro de verificar a temperatura marcada no termômetro, o que deve ser levado em consideração é a sensação térmica. Em Toronto, no auge do inverno que é atingido nos meses de janeiro e fevereiro, a média de temperaturas gira em torno de máximas de 0°C e a mínimas de -10°C. Mas não se engane, as sensações térmicas nesse período podem atingir a marca dos -20°C facilmente.

A cidade também é marcada pelas estações do ano bem definidas, com flores na Primavera, neve no Inverno, calor no Verão e folhas caindo e deixando o local com um charme único no Outono. Também temos temperaturas bastante elevadas no verão, que chega ao pico nos meses de junho, julho e agosto. Neste período, as máximas chegam aos 32°C e as mínimas 17°C, com sensação térmica podendo atingir os 40°C com facilidade.

Já em Winnipeg os meses de frio intenso começam em novembro e vão até meados de março. Em janeiro e fevereiro os termômetros atingem a máxima de -10°C e a mínima de -40°C, com sensações térmicas ainda menores, chegando a -48°C. O verão vai de junho até setembro, com temperaturas de picos que podem atingir 35°C. A cidade também tem estações definidas, porém o inverno é mais longo e mais rigoroso, nevando com mais frequência e intensidade que em Toronto.

Cultura, eventos e atividades

Caso você seja uma pessoa que gosta muito da vida noturna, baladas, bares e eventos culturais, Toronto é o seu lugar (clique aqui para ver a lista dos lugares para se ir a noite na cidade). A vida na metrópole não para e sempre tem alguma coisa acontecendo, muitas vezes a programação é gratuita (para ver a lista anual de eventos de 2017, basta clicar aqui). A cidade tem diversos festivais, de cinema, música, várias exposições e opções de lazer e entretenimento para todos os gostos e em todas as épocas do ano, sendo que no verão o número de eventos aumenta (confira no link algumas dicas para aproveitar o verão em Toronto).

Além de toda a programação cultural da cidade, Toronto possui diversos restaurantes, parques, praças, museus, prédios com arquiteturas únicas e milhares de atrações. Um dos pontos positivos da cidade também é a facilidade para chegar aos locais com serviços e comércios básicos, como mercados e farmácias. Em todas as regiões de cada bairro, mesmo nos mais afastados do centro da cidade, existem centros comerciais que suprem toda a necessidade da população, com mercados, farmácias, lojas de roupas e confecções, lojas de conveniência, locais de venda de bebidas alcoólicas, cafés e postos de gasolina.

Toronto x Winnipeg

Atração turística em Toronto: Casa Loma.

Por ser uma metrópole e a quarta maior cidade da América do Norte, Toronto também tem um pouco daquele ar apressado característico das cidades grandes, com trânsito pesado em horários de pico e transportes públicos mais cheios. Enquanto isso, em Winnipeg, é muito difícil ocorrer um grande congestionamento ou levar mais meia hora para atravessar a cidade de carro. A cidade tem mais as características de uma média cidade do interior, com traços do dia a dia mais calmos e shoppings fechando às 18h aos finais de semana no inverno. Winnipeg é uma cidade menor, mas um pouco mais espalhada, embora seja mais rápido para se deslocar devido à proximidade, não se tem tudo disponível na esquina de casa e em todos os bairros.

A capital da província de Manitoba também tem diversos eventos ao longo do ano, como festival de jazz, de inverno e vários outros que geralmente acontecem nos meses mais quentes. Mas pelo tamanho, Toronto tem opções bem mais variadas nesse quesito, até pelo tamanho da cidade e por sua diversidade cultural. Winnipeg também conta com diversos parques, museus, praças, atividades de inverno, centros comerciais, dentre outros (para saber quais são as principais atrações da cidade basta clicar aqui).

Catedral de St. Boniface: igreja que atrai diversos visitantes em Winnipeg.

Vale também citar que o Canadá é um país de imigrantes. Você encontrará pessoas de todos os países do mundo em ambas as cidades, com as devidas proporções. Como Toronto tem cerca de sete vezes a população de Winnipeg, a multiculturalidade é maior e mais lá, porém na capital da província de Manitoba você encontrará canadenses e índios nativos da região com mais facilidade.

Custo de vida     

Naturalmente neste ponto a cidade de Winnipeg é a opção para quem quer economizar. No link a seguir, da ferramenta Numbeo que compara os custos de vida nas principais cidades do mundo, você pode ver os valores de ambas as cidades para bens básicos de consumo e serviços, como aluguel, restaurantes, alimentação, luz, e etc. O site também dá a porcentagem que um local é mais caro com relação ao outro. Acesse: https://www.numbeo.com/cost-of-living/compare_cities.jsp?country1=Canada&city1=Winnipeg&country2=Canada&city2=Toronto.

Winnipeg só é mais cara que Toronto em um dos tópicos: alimentos no mercado. Neste ponto a metrópole fica 3,9% mais em conta que a cidade menor. Ainda de acordo com o comparativo,  em Toronto você precisa de cerca de $5.360,00 CAD por mês para manter o mesmo estilo de vida que teria em Winnipeg por $4.600,00 CAD mensais.

Para saber mais sobre o custo de vida em Manitoba, você pode acessar o link: https://www.immi-canada.com/quanto-custa-morar-no-canada/.

Transporte público, táxis e Uber

O transporte público tem suas diferenças, inclusive de valores. Toronto tem três tipos de transporte público comandados pela Toronto Transit Comission (TTC): metrô, ônibus e street car (ônibus elétricos que funcionam em algumas regiões da cidade. O valor da passagem para adultos é de $3,25 CAD e um bilhete te dá direito a trocar de modalidade de transporte, mas somente em um sentido, ou seja, o mesmo ticket não é válido para o retorno.

Street car Toronto

Street car em Toronto: bonde elétrico da cidade.

Já em Winnipeg o único meio de transporte público são os ônibus, com um valor de bilhete adulto a $2,70CAD. Uma passagem te dá direito de rodar a cidade por 1h15, independentemente do sentido. É importante frisar que em ambas as cidades, caso você seja um usuário frequente do transporte ou vá visitar o local e vai utilizar várias vezes, o passageiro pode adquirir o passe diário, para três dias, semanal ou mensal (para detalhes e valores basta acessar a página da TTC de Toronto ou da Winnipeg Transit). Também há descontos para estudantes, crianças e idosos, que são detalhados na página de cada empresa.

Winnipeg x Toronto

Ônibus em Winnipeg: várias rotas e pontualidade.

Toronto possui uma boa rede de táxis e Uber, com preços competitivos. Já Winnipeg fica somente com os táxis, sendo o que o Uber está para ser liberado ainda este ano, mas não há uma data definida.

Comentários Facebook