O Canadá é sim um país que deve servir de exemplo para o mundo, juntamente com outros territórios desenvolvidos do globo. Morar no Canadá é o sonho de muitos brasileiros em busca de melhores condições de vida. Só quem já passou um tempo em terras canadenses, visitando, estudando e morando sabe o quão eficiente e igualitária é a sociedade do True North. Claro, nada é perfeito e o que pode ser incrível para uma pessoa e pesar muito quando se pensa em qualidade de vida, pode não fazer tanta diferença assim para outra.

Porém, contra números e fatos não há argumentos. O Canadá é um país maravilhoso para se viver. Anualmente, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), realiza uma pesquisa que elege os países com a melhor qualidade de vida. No ano passado, o Canadá ficou em sexto lugar, atrás de regiões como Dinamarca, Austrália e Suíça. Para o estudo, a instituição leva em consideração 11 diferentes critérios que são essenciais para se ter uma boa vida (acesse o ranking completo clicando aqui). Existem diversos outros relatórios e rankings feitos ao redor do mundo por órgãos críveis. Em todos eles o Canadá ocupa uma boa posição.

Abaixo nós agrupamos 10 bons motivos para morar no Canadá e trazemos também números de outros critérios e aspectos do dia a dia no país da América do Norte.

Segurança

Você vai se sentir seguro andando com o seu laptop de última geração no metrô ou utilizando o aparelho em praça pública, cafés e até simplesmente em um banco na calçada. Além disso, as casas não possuem grades e nem portões. As que os constroem geralmente são extremamente baixos para delimitar a área, jardim ou deixar os animais soltos.

Obviamente que existe violência no país. Porém, em 2016, o Canadá registrou apenas 611 homicídios durante os 12 meses, sendo 1,68 crimes deste tipo por 100 mil habitantes. Comparado ao Brasil, em 2015, o número é absurdo: 59.080 homicídios, o que dá 28,9 mortes a cada 100 mil pessoas. Só por estes dados já podemos ter uma ideia de que a insegurança diária que nos assola em terras brasileiras não está presente em solo canadense. A força policial do país está sempre presente, se tornando eficiente para ajudar o cidadão de bem.

Emprego e oportunidades

Para todos os níveis educacionais, o Canadá oferece oportunidades de emprego com salários competitivos e justos. Para se ter uma ideia, a taxa de desemprego, de acordo com o último relatório divulgado em abril deste ano, manteve recorde positivo. O número ficou me 5,8%, sendo o menor nível registrado desde 1976, segundo dados do Statistics Canada. Já no Brasil, no mesmo período de 2018, o desemprego foi a 13,1%, resultando em 13,7 milhões de brasileiros sem trabalho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Outro ponto bastante relevante e que torna o país do Hemisfério Norte muito melhor em empregos e oportunidades é a média de ganhos semanais e o salário mínimo. Este último varia de acordo com cada província, porém em todas elas o trabalhador consegue arcar com despesas básicas se trabalhar em período integral durante 40 horas por semana.

morar no canada

*Confira dicas de como conseguir um bom emprego no país clicando aqui.

Educação

De acordo com o Social Progress Index, que analisa a educação em vários países todos os anos e segue critérios determinados, como saúde, bem-estar e educação, o território possui o sétimo melhor sistema de ensino do mundo. Enquanto isso, no mesmo ranking, o Brasil ocupa o 38o lugar. Para acrescentar, 99% da população canadense é alfabetizada e o governo investe cerca de 5,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação.

Também neste quesito, as terras do True North ficaram entre os 10 melhores países em matemática, ciência e interpretação de texto, na última rodada do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), onde são feitos exames que avaliam o desempenho dos estudantes. O país tem seu sistema de ensino mais voltado a formação de um senso crítico no aluno, com métodos de ensino e avaliação distintos.

*Saiba mais informações sobre o sistema de ensino canadense clicando aqui e acessando este link.

Serviços públicos

Claro que sempre existem exceções, mas na maioria dos lugares e cidades, o transporte, saúde e serviços públicos no geral funcionam, estão em boas condições e são eficientes. O transporte é pontual, limpo, as regras de trânsito são respeitadas e as pessoas que ocupam espaços coletivos se preocupam com as regras de convivência e, no geral, as respeitam.

Além disso, os serviços prestados pelo governo como emissão de documentos, carteira de motorista, matrícula dos filhos nas escolas e estas pequenas burocracias do dia a dia costumam ser descomplicadas e mais simples do que no Brasil. O sistema público de saúde canadense é referência para diversos países, com planos provinciais que atendem as demandas do cidadão e residente permanente (em alguns locais residentes temporários também podem ter direito, acesse este artigo e confira).

Organização

Seja para abrir uma conta bancária, uma empresa, contratar um funcionário ou demitir, alugar ou comprar um imóvel, dentre outros procedimentos, o Canadá tem processos objetivos e organizados. Todos que desejam adquirir um imóvel, por exemplo, passam por algumas etapas, o mesmo funciona para abrir uma conta em banco, independentemente do seu saldo nela. A burocracia sem fim que, por vezes impera no Brasil, não existe em terras canadenses. Outro ponto importante e que demonstra a organização do local é a infraestrutura das estradas, a conservação, o sistema de transporte público e o preparo para os dias mais frios do ano.

Respeito: individualidade, escolhas e diversidade

Para se ter uma ideia do respeito às escolhas pessoais e individualidade de cada um, o candidato não deve colocar no currículo canadense sua idade, se é casado ou não e se possui filhos, além de ser ilegal fazer este tipo de pergunta em uma entrevista de emprego. O que interessa para as empresas são as aptidões do empregado e não aspectos da sua vida pessoal. Ademais, o “sorry” é um vício de linguagem no país e os canadenses possuem a fama de serem muito educados, e de fato são.

O respeito a diversidade se apresenta em vários setores, como a relação com estrangeiros, pessoas de diferentes etnias e homossexuais. Apenas como curiosidade, o Canadá foi o quarto país do mundo a legalizar o casamento homo afetivo, em 2005.

morar no canada

Aberto à imigração

Além de possuir diversos programas de adaptação para imigrantes, o país precisa de mão de obra, devido ao envelhecimento da população e ao seu constante crescimento econômico ao longo dos anos. Por isso eles possuem processos e inclusão para recém chegados que vão desde ajuda com o idioma até palestras gratuitas sobre como conseguir emprego.

Nós já escrevemos sobre isto várias vezes, porém o argumento prova o que escrevemos acima: o Canadá possui mais de 50 diferentes processos de imigração. Muito se fala a respeito do Express Entry, porém as maneiras de imigrar não param por aí. Por isso é sempre adequado fazer uma consulta de imigração com um consultor especialista no assunto, que além de esclarecer suas dúvidas, vai analisar seu perfil e indicar o melhor caminho. A Immi Canadá oferece a consulta e também auxilia em todo o processo de imigração. Acesse www.immi-canada.com/consultoria-de-imigracao-para-canada/ ou mande um email para [email protected].

*Clique aqui e confira mais dados a respeito da aceitação de imigrantes no país.

Respeito ao consumidor

Semelhante ao que ocorre nos Estados Unidos, o respeito ao consumidor é um fator que as empresas levam muito a sério no Canadá. Caso o cliente tenha comprado um produto e chegou em casa e simplesmente não gostou, não serviu ou apresentou algum defeito, o mesmo tem 30 ou 60 dias para realizar a troca ou pedir o reembolso, dependendo da empresa no que diz respeito ao prazo, sem aqueles milhares de questionários existentes no Brasil. O respeito e atenção também está no atendimento em restaurantes, agilidade com que sua comida chega no delivery e qualidade dos produtos que você está comprando.

Belezas naturais e vida cultural

A natureza canadense, juntamente com sua diversidade de festivais e programação cultural acontecendo durante o ano todo, atrai diversos turistas, além de ser um prato cheio aos moradores, que sempre frequentam o que acontece na cidade além de visitar belezas do território nacional.

No que diz respeito a natureza, a preocupação com a preservação ambiental é muito forte e se faz presente em todos os anos da educação básica. O país abriga diversos parques naturais, preservados e abertos a visitação em reservas administradas pelo governo, além de possuir atividades ao ar livre para todos os gostos (confira a lista de parques clicando aqui).

morar no canada

Economia

Em crescimento econômico constante, precisando de mão de obra para as mais diversas ocupações e com uma inflação que não passa dos 2%. Este é o cenário da economia canadense. Os juros são baixos e controlados pelo sistema conhecido como inflation targeting, implantado em 1990, que permite aos cidadãos ter estabilidade financeira.

Segundo dados do Statistics Canada, em 2016 a economia canadense cresceu 1,4%, sendo a décima maior do mundo, de acordo com o seu Produto Interno Bruto (PIB). E ainda pela pesquisa do Fórum Econômico Mundial, o país ocupa o 12o lugar no ranking de competitividade.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet