O ano de 2018 foi um grande marco para a imigração canadense. Muitas foram as boas novidades e renovações. Não podemos deixar de citar que ele foi o primeiro ano que fez parte do plano plurianual de imigração, divulgado no final de 2017, com a meta de trazer um milhão de novos imigrantes aos país até 2020 (clique aqui e leia o artigo que fizemos sobre o tema). Ele continua sendo um dos mais abertos do mundo a imigração, com diversos programas para trazer estrangeiros ao seu território que tenham, preferencialmente, uma profissão em demanda na região, um bom nível de inglês ou francês e queiram morar em um dos países com a melhor qualidade de vida do mundo.

Para resgatar um pouco do que 2018 significou na história da imigração canadense, preparamos este artigo, com uma breve retrospectiva das principais mudanças e acontecimentos no ano que passou e as perspectivas, segundo a nossa consultora de imigração e diretora da Immi Canada, Celina Hui, para 2019. Confira!

Retrospectiva da imigração 2018

Janeiro: uma das primeiras notícias divulgadas no ano passado é com relação aos profissionais de TI, que podem ainda ter seu visto de trabalho aprovado em apenas 10 dias. O país está, desde julho de 2017, facilitando a entrada de profissionais do ramo para suprir a alta demanda do local. Este programa é para os trabalhadores que já saem de sua origem com emprego garantido no Canadá. As chances de isso acontecer são bem menores do que quando você está em solo canadense. No entanto, este processo rápido de vistos e os dados do governo canadense não mentem: não é impossível conseguir um emprego no Canadá estando ainda no Brasil, principalmente para profissionais de TI. Para ler o artigo completo, clique aqui.

Também em janeiro a província de Ontario reabriu seu processo de imigração do Ontario Immigrant Nominee Program (OINP), aumentando o número de convidados para viver dentro de suas fronteiras em 600 pessoas. Acesse este link e confira a notícia na íntegra.

imigracao

Fevereiro: o Canadá foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, como o segundo melhor país do mundo, de acordo com pesquisa conduzida pela U.S News & World Report. Entre 80 países analisados, as terras canadenses ficaram com o primeiro lugar em qualidade de vida, quarta posição no quesito cidadania, segundo mais transparente do mundo e o terceiro melhor país no quesito educação. Leia a análise completa acessando o artigo “Canadá é eleito o segundo melhor país do mundo”.

Ainda no mesmo mês, as terras do True North anunciaram as profissões mais requisitadas para 2018, incluindo operador de empilhadeira, engenheiro de software, gerente de contas, gerente de projetos de TI, analista de negócios, dentre outras. Confira todas as ocupações clicando aqui.

Março: o governo canadense anunciou um plano de imigração para aumentar o número de falantes da língua francesa fora da província de Quebec. Sendo que, o objetivo do país é que 4,4% de todos os imigrantes que se estabeleçam fora da província de Quebec, até 2023, sejam francófonos. O motivo é que os falantes de francês contribuem ainda mais para a economia e prosperidade do país, aumentando também a diversidade linguística, visto que o território é considerado bilíngue. Veja o anúncio completo do plano clicando aqui.

Também em março o Canadá foi considerado o melhor país para estudantes internacionais, segundo uma pesquisa feita pela indústria global de educação. Acesse este link e leia todos os dados a respeito de estrangeiros estudando em território canadense.

imigracao

Abril: no começo de abril a província francófona de Quebec anunciou um novo sistema de imigração, regido no estilo do Express Entry (EE). Na ocasião não foram dados muitos detalhes, mas hoje o processo já está em vigor. Saiba mais informações clicando neste link. A imigração provincial também atingiu recordes no primeiro trimestre do ano, como mostram os dados divulgados pelo Statistics Canada e que podem ser vistos com mais detalhes neste link.

Um estudo interno realizado pelo governo canadense revelou que os imigrantes chamados highly skilled, ou altamente qualificados, ganham um salário igual ou superior a renda média anual canadense logo após a chegada no país. Para acessar todos os detalhes, clique aqui.

Maio: nos 30 dias do mês de maio Ontario anunciou a criação de um projeto piloto de imigração (para ver detalhes, clique aqui). Além disso, um estudo feito pela empresa Gallup revelou que o Canadá é o quarto país no mundo que melhor aceita imigrantes, perdendo para Islândia, Noza Zelândia e Ruanda, em um ranking de 140 países. Leia a matéria completa no artigo “Canadá é quarto país que melhor aceita imigrantes”.

Junho: na metade da nossa retrospectiva, British Columbia aumentou o salário mínimo, passando de CAD$ 11,35 para CAD$ 12,65 (entre neste link e saiba mais informações). No mesmo mês o governo canadense divulgou um relatório, com dados mostrando que a imigração provincial do país cresceu através do EE, aumentando 80% em 2017 se comparada com o ano anterior. Clique aqui e confira todos os dados divulgados.

Também em junho a província de Alberta deu detalhes sobre seu novo sistema de imigração provincial, lançando dois novos fluxos: o Alberta Opportunity Stream (AOS) e um através do Express Entry. Acesse aqui todos os detalhes.

imigracao

Julho: este mês trouxe mudanças no maior meio de imigrar do Canadá, o Express Entry. O prazo para apresentar a aplicação, depois de receber a Invitation to Apply (ITA), caiu de 90 para 60 dias, dentre outros detalhes. Clique aqui e saiba de todas as modificações. Também em julho, diversas províncias anunciaram mudanças em seus programas, acesse: www.immi-canada.com/imigracao-provincias-do-canada/.

No sétimo mês da retrospectiva a província de Quebec finalmente revelou as regras do seu novo sistema de imigração. Para saber todos os detalhes a respeito clique no link.

Agosto: mais territórios anunciaram mudanças em seus Provincial Nominee Programs (PNP’s). São eles: Quebec, Saskatchewan, Nova Scotia e Newfoundland and Labrador. Saiba mais informações neste link. O governo federal anunciou, em agosto do ano passado, novos tempos de processamento para processos de Permanent Resident (PR), que você pode conferir clicando no link www.immi-canada.com/imigracao-provincial-confira-mudancas/.       

Setembro: só boas notícias! Neste mês o Canadá foi classificado com um dos países mais ricos do mundo em estudo realizado pela consultoria New World Wealth. Confira todo o relatório da instituição neste link.

Outubro: mais dados vieram a tona no Statistics Canada, desta vez informando que a imigração atingiu recordes em 2018. A chegada no Canadá representou 82% do crescimento populacional do país entre abril e julho do ano passado, atribuído aos estrangeiros que resolveram se estabelecer em terras canadenses. O aumento populacional total foi o segundo maior registrado para um período de três meses desde 1971. Entre no artigo clicando aqui e confira mais informações.

imigracao

Novembro: ótima novidade para quem pretende fazer das terras do True North sua morada: o governo canadense divulgou uma revisão do seu plano de imigração plurianual. Além de aumentar as metas de novas admissões de imigrantes, o país elevou a quantidade de recém-chegados que devem ser admitidos por meio das categorias de imigração econômica, revelando também os números de 2021. Neste link você pode conferir todos os números.

No mesmo período Manitoba revelou duas novas modalidades em seu programa de imigração:  o International Student Entrepreneur Pathway e o Graduate Internship Pathway, ambos destinados aos que concluíram um curso pós-secundário na região. Veja todos os detalhes no link.

Dezembro: para dezembro com certeza a notícia mais impactante foi que, a partir do dia 31, os brasileiros que entrarem com o pedido de visto do território nacional, precisam fazer a biometria para retirar visto de turista, estudo, trabalho e residência permanente (quem tem direito ao eTA está excluso da regra e não precisa fornecer as digitais). Confira todos os procedimentos necessários neste link.

Perspectivas para 2019

O ano mal começou e já tivemos ótimas notícias. Em breve serão abertas as aplicações do programa de imigração federal Parents and Grandparents (PGP), que possibilita que residentes permanentes ou cidadãos patrocinem seus pais ou avós e os levem para morar de maneira permanente no Canadá.

Com a nova exigência da biometria, a diretora de Immi Canada e consultora de imigração, Celina Hui, ressalta a importância de não deixar os procedimentos para a última hora. “O requerente do visto tem de ir até o VAC para ceder seus dados biométricos, o que acrescenta mais uma etapa no pedido. Por isso é imprescindível não deixar para a última hora e fazer o pedido com bastante antecedência”, aconselha.

Sobre as perspectivas da imigração, a profissional está otimista. “Já começamos o ano com a notícia da abertura e maior número de aceitos no PGP. Além disso, o primeiro draw do Express Entry do ano foi expressivo, com 3,9 mil convidados recebendo o ITA e uma pontuação de 449. Por fim temos o plano plurianual, que é sólido e promete trazer mais imigrantes ao país a cada ano. Por tudo isto o cenário de 2019 para a imigração é otimista”, finaliza.

Fabíola Cottet

Comentários Facebook
The following two tabs change content below.

Fabiola Cottet